Prisma Literário: Como Criar o Hábito de Ler

Como Criar o Hábito de Ler

Olá pessoas.
Hoje escolhi falar um pouco mais sobre leitura. Percebi que tenho o blog há muitos anos, e apesar de tê-lo há muitos anos, nunca falei sobre como criei o hábito de ler e nunca dei dicas sobre como melhorar esse hábito.


Desde cedo, a escola nos impõe um tipo de leitura mais clássica e adulta, é esperado que as crianças - que nunca leram nada na vida - comecem a ler e obtenham prazer ao ler com livros do tipo: Dom Casmurro, Senhora, Vidas Secas, entre outras obras exigidas no vestibular. A maioria das pessoas passa a vida pensando que odeia ler por ter criado um ranço no fundamental já que teve um má experiência com narrativas que não entendia e não fazia sentido para a vida dela. Ler clássicos é ótimo, assim como não ler clássicos também é.

Cheguei a conclusão há alguns anos, que somos influenciados a não ler, até porque seria bem preocupante uma sociedade que gosta tanto de ler e procurar informações, certo? Nada de novo sob o sol, essa informação não é segredo para ninguém. Sendo assim, por que não correr atrás do tempo perdido e tentar começar a criar o hábito de ler a partir de agora?

Primeiramente, não espere que se você nunca teve esse hábito desde cedo, obviamente, não vai começar lendo um livro de 500 páginas em dois dias. Tenha o seu tempo, respeite o seu limite, até porque o importante é ler, independente de quantas páginas, concentra-se em absorver o conteúdo que está sendo lido. Por que não começar com uma ou duas páginas ao dia, por exemplo?

Um motivo ou desculpa que muitas pessoas dão quando o assunto "leitura" é colocado na mesa, é a falta de tempo. Pense quanto tempo gastamos ao rolar a timeline do Facebook, e ás vezes só por rolar mesmo, pois estamos entediados sem ter o que fazer, substitua isso por cinco minutos de leitura que for. Seja no caminho para o trabalho, ou ao chegar em casa depois de um longo dia e até mesmo no banheiro.

A desculpa de que ler da sono é a segunda mais usada. Lembre-se que ler não precisa ser necessariamente um clássico ou um livro didático da faculdade. Comece a pesquisar gêneros que você pensa que poderiam te agradar. E muitas vezes é normal um livro não te prender, e não se sinta culpado por isso, pois tem mais bilhões que poderiam funcionar para você. Talvez você prefira livros de contos, daqueles com várias histórias de duas páginas (e acredita, tem de monte e são os mais gostosos), ou talvez você prefira um livro cheio de aventura e ação ou um romance água com açúcar. Independente de qual escolha, com certeza irá acrescentar algo na sua vida.

Lembre-se: a leitura é um momento de prazer, então não se sinta na obrigação de ler aquele clássico que todos dizem ser obrigatório ou um best seller famoso que não te interessa. Leia aquilo que te faça sorrir, que te faça chorar, gritar e querer muito mais.

4 comentários:

  1. Olá querida
    Eu criei o hábito da leitura graças aos gibis. Não sei direito como aconteceu, mas eu sempre gostei de ler. Lembro que na escola, ainda na primeira série, eu vivia na biblioteca da escola. Era uma salinha apertada, pequena e sem janelas, com quatro estantes e a mesinha da bibliotecária. Tinha somente livros infantis, já que a escola era de jardim até quarta série. Eu lia tantos os livros daquela salinha que acabei ganhando alguns da escola (não sei onde eles foram parar). Em nenhuma das duas escolas que frequentei tinha leitura obrigatória, o que eu acho uma pena, por não haver o incentivo a leitura, mas também agradeço por não ter tido que ler nenhum clássico para o qual eu não estava preparada. Por alguns anos, o governo de São Paulo mandava pra cada aluno um kit com três livros para serem trabalhados pelos professores como eles quisessem. Eu amava esses kits e tenho os livros até hoje. Alguns amigos de outras séries, que recebiam kit diferentes e não gostavam de ler, me davam seus livros também. Paixão, simples assim.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Eu sou apaixonada com a leitura desde muito nova, os livros sempre me encantaram e chamaram a minha atenção. Só comecei a comprar livros de fato depois que terminei a faculdade, antes tinha um ou outro, mas sempre procurava livros em bibliotecas, o fato de ter prazo para devolve-los, me fazia ter mais agilidade para ler. Hoje, mesmo com a correria do dia-a-dia, tiro pelo menos trinta minutos para ler um pouco. Sempre recomendo para as pessoas procurarem livros que se pareçam com os filmes que elas gostam e talvez se o filme for uma adaptação de um livro já, porque não começar por ele.
    Ótimas dicas!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Adorei seu post,e concordo e muito com você..
    Precisamos ler o que gostamos,não podemos impor o que devemos ler por causa dos outros. Até porque cada um tem seu gosto literário e é isso que deixa tudo incrível.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  4. Olá, essa desculpa da falta de tempo é a que mais vejo, mas se queremos mesmo ler, encontraremos tempo para isso. Ficou ótimo o seu post.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo