Prisma Literário: Resenha: Primeiro Amor - James Patterson

Resenha: Primeiro Amor - James Patterson

Sinopse: Axi Moore é uma garota certinha, estudiosa, bem comportada e boa filha. Mas o que ela mais quer é fugir de tudo isso e deixar para trás as lembranças tristes de um lar despedaçado. A única pessoa em quem ela pode confiar é seu melhor amigo, Robinson. Ele é também o grande amor de sua vida, só que ainda não sabe disso. Quando Axi convida Robinson para fazer uma viagem pelo país, está quebrando as regras pela primeira vez. Uma jornada que parecia prometer apenas diversão e cumplicidade aos poucos transforma a vida dos dois jovens para sempre. De aventureiros, eles se tornam fugitivos. De amigos, se tornam namorados. Cada um deles, em silêncio, sabe que sua primeira viagem pode ser também a última, e Axi precisa aceitar que de certas coisas, como do destino, não há como fugir. Comovente e baseado na própria vida do autor, este livro mostra que, por mais puro e inocente que seja, o primeiro amor pode mudar o resto de nossas vidas.



Em Primeiro Amor, conhecemos Axi Moore, que nos narra em primeira pessoa sua vida monótona tanto na escola, por ser uma alunas comportada e certinha e também em casa, morando apenas com o pai que parece não ser atencioso com a filha por diversos motivos. Axi se sente muito sozinha na maioria do tempo, desde que perdeu sua mãe para o câncer e a única pessoa que consegue tirar esse sentimento de solidão, é Robison, seu melhor amigo.

Cansada dessa vida melancólica que leva, Axi deixa um bilhete para o pai, faz as malas e convida Robison para uma viagem pelo país, apenas os dois. É a oportunidade de Axi estar ainda mais próxima de seu amigo e finalmente confessar seu amor secreto por ele. Uma viagem que parecia ser simples mas que acaba marcando ambos para sempre.

O único contato que havia tido com James Patterson foi através de O Diário de Suzana para Nicolas e confesso que foi uma leitura para lá de tocante. Em Primeiro Amor, esperava algo mais descontraído e tranquilo, e até certo ponto, realmente foi, mas em determinado momento, os autores escolheram um rumo que sinto que não combinou tanto com o livro.

Focando somente nos dois, temos um livro que retrata as angustias de Axi em relação aos seus sentimentos por Robison, quando é notável que Robison também tem grandes sentimentos por ela, e durante boa parte, esse é o foco da história. Até que chegamos quase no final da história e uma bomba é lançada, uma bomba que para mim, não conseguiu ser tão chocante e marcante quanto poderia ter sido, pois sinto que o desenvolvimento não foi tão trabalhado aqui.

Sabe aquele tipo de livro para se ler em um dia? Aquele livro que você espera ler sem grandes acontecimentos, apenas um romance simples? Essa é a ideia que o livro passa ao olhar para a capa e ler a sinopse, e realmente eu comecei a ler o livro com essa intenção, e até certa página, o que eu esperava estava sendo cumprido. Quando se coloca o plot twist, minha reação foi mais um ponto de interrogação pois senti que não combinou com o clima da leitura, já que é um livro bem fino e rápido, ou seja, sem tempo para acontecimentos complexos, parecendo então uma tentativa de emocionar o leitor através de uma ferramente típica que vemos em vários outros livros.

Com certeza foi uma narrativa bem gostosa, um livro que conseguiu me distrair bastante e em parte, cumpriu com sua promessa. Apesar de eu não ter gostado de certo ponto na leitura, inclusive o final, recomendo para quem gosta de romances, pois pode funcionar mais para você do que funcionou para mim.

7 comentários:

  1. Oooi! Olha, confesso que pela capa a história realmente não me atraiu e a sinopse me lembrou muito o estilo de livro dos Sparks, que eu tenho uma certa relação de amor e ódio, rs. Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  2. Olá Cath, tudo bem?
    Eu já li um livro do autor e me encantei muito com sua escrita. Confesso que não conhecia esse, mas fiquei super curiosa. Me parece que vai além de uma história amor e do famoso clichê de amar o melhor amigo. Suas ressalvas também despertaram meu interesse, então vamos a leitura. Amei a sua dica e resenha. Super anotada. Beijos e parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  3. Olá! Cacetada! Mais um livro do James Patterson na minha lista, sou ultra, mega, master fã do autor. Voltei com minhas leituras do gênero romance clichê rs, já vou aproveitar e dar essa chance pra essa obra. Marcado na lista.

    ResponderExcluir
  4. OLá!
    Eu nunca li nada de James Patterson, mas quando eu estiver menos cansada de romances , vou me lembrar dele.
    Sua resenha pra que é fá de romances foi bem convincente rsrs Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Faz muito tempo que li este livro, foi até na época de seu lançamento. Concordo contigo, pois a reta final trouxe uma surpresa no enredo que eu nem imaginava.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  6. Olá, concordo que o livro pareça ser bem leve e descontraído, uma leitura rápida de um romance normal. Mas fiquei bem curiosa com essa revira volta que você citou ter no final hahaha...

    eu achei fofinho o enredo, mas acho que eu iria me entedia num enredo onde foca somente no relacionamento do casal.. eu passo a dica mas achei sua resenha muito boa (ainda to curiosa com a reviravolta haha)

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei bastante da sinopse desse livro, acho que deve render uma leitura gostosa. Fiquei com vontade de ler!
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo