Prisma Literário: Últimos Filmes Assistidos #47

Últimos Filmes Assistidos #47

Olá pessoas.
Como estão?
Bom, já estamos ai no segundo mês de 2018. Espero que estejam aproveitando o ano com muitas leituras e filmes, e por isso, vim trazer mais indicações de filmes para vocês. Como sempre digo, tento dar uma variada mas percebi que dessa vez, quase todos os filmes, as mulheres estão como protagonistas ou com papéis muito importantes, e gostei desse acaso. Então vamos lá:


Sinopse: No dia de seu aniversário, Esteban (Eloy Azorín) ganha de presente da mãe, Manuela (Cecilia Roth), um ingresso para a nova montagem da peça "Um bonde chamado desejo", estrelada por Huma Rojo (Marisa Paredes). Após o espetáculo, ao tentar pegar um autógrafo de Huma, Esteban é atropelado e morre. Manuela resolve então ir até o pai do menino, que vive em Barcelona, para dar a notícia. No caminho, ela encontra o travesti Agrado (Antonia San Juan), a freira Rosa (Penélope Cruz) e a própria Huma Rojo.

O filme é sempre muito bem elogiado por todos por tratar de temas um tanto tabus e de forma tão interessante e descontraída ao mesmo tempo que chocante. Gostei muito da história por parecer tão real com personagens extremamente bem desenvolvidos e atuação maravilhosas. Um filme que te deixará impressionado pela forma de conduzir, Tudo Sobre Minha Mãe com certeza merece ser visto e apreciado.
Sinopse: Gwen Cummings (Sandra Bullock) uma escritora que leva sua vida de forma selvagem. Saltando de festa em festa, as coisas começam a mudar quando ela, bêbada, rouba a limusine no meio do casamento de sua irmã e bate com o carro numa casa. Encaminhada para um período de 28 dias numa clínica de reabilitação para dependentes de álcool, Gwen tem que aprender a vida num lugar onde as regras são rígidas e têm que ser cumpridas.

Para descontrair, por acaso me deparei com esse filme e sinceramente gosto bastante dos filmes com a Sandra Bullock. Já esperava que não seria uma grande produção mas no geral foi um enredo que me conquistou por abordar justamente um assunto que tenho empatia: alcoolismo. O filme se passa com a protagonista numa clinica de reabilitação e fala sobre crescimento pessoal, amadurecimento e desenvolvimento. Adorei arriscar e ainda dar umas risadas além de me envolver muito com  a protagonista e os personagens com quem ela criou laços. Vale muito a pena se estive procurando algo leve para passar o tempo.
Sinopse: Nova Zelândia, 1954. Duas jovens, Pauline Parker (Melanie Lynskey) e Juliet Hulme (Kate Winslet), iniciam uma amizade que se torna uma relação extremamente obsessiva. Elas ignoram a preocupação dos seus pais, que são contra essa estranha união. Seguindo um pacto de vingança, as adolescentes começam a planejar um assassinato para evitar uma possível separação.

Almas Gêmeas também foi uma descoberta pelo acaso e que acabou se mostrando extremamente intenso e agonizante. O filme tem uma história atípica, envolve não só amizade como também homossexualidade,e algo que ainda era um tabu grande há uns anos atrás. Gostei muito da atuação das atrizes protagonistas e o modo como a história foi acontecendo de forma inesperada. O final foi completamente chocante, me deixando boquiaberta por uns dez minutos tentando refletir sobre a intensidade da relação das meninas. Para os fãs de filme de suspense, romance e drama.





Sinopse: A policial de New Jersey Laurel Hester (Julianne Moore) e a mecânica Stacie Andree (Ellen Page) estão em um relacionamento sério. O mundo delas desmorona quando Laurel é diagnosticada com uma doença terminal. Como sinal de amor, ela quer que Stacie receba os benefícios da pensão da polícia após a sua morte, só que as autoridades se recusam a reconhecer a relação homoafetiva.

Esse filme inspirado em fatos reais foi sem dúvidas um dos filmes mais interessantes e fortes que tenho visto. Como já diz o título, Amor Por Direito, trata sobre o direito de um casal de homo afetivas. O mais interessante é o plano de fundo do filme que envolve juridição e também doenças como câncer, ou seja, um longo rico de acontecimentos que nos causa inúmeras emoções e sensações. Sem dúvidas me segurou do inicio ao fim. A atuação de Julianne Moore mais uma vez me conquistou instantaneamente e gostei de rever Ellen Page já que a vejo atuando tão pouco.
Sinopse: A tímida Vee DeMarco (Emma Roberts) é uma garota comum, prestes a sair do ensino médio e sonhando em ir para a faculdade. Após uma discussão com sua até então amiga Sydney (Emily Meade), ela resolve provar que tem atitude e decide se inscrever no Nerve, um jogo online onde as pessoas precisam executar tarefas ordenadas pelos próprios participantes. O Nerve é dividido entre observadores e jogadores, sendo que os primeiros decidem as tarefas a serem realizadas e os demais as executam (ou não). Logo em seu primeiro desafio Vee conhece Ian (Dave Franco), um jogador de passado obscuro. Juntos, eles logo caem nas graças dos observadores, que passam a enviar cada vez mais tarefas para o casal em potencial.

Nerve acabei por assistir com uns amigos de tanto eles insistirem pois sinceramente não tinha minima vontade. Não é um filme tão original mas ainda assim imagino que consiga atingir um pouco os jovens sobre o assunto mídias sociais e o que as pessoas são capazes. É um filme mais para passar o tempo mas imagino que dependendo do publico alvo, o filme consiga atingir o seu objetivo que imagino que seja de reflexão ao mesmo tempo que mostra de uma forma bem adolescente, divertida e conseguindo falar a linguagem de pessoas que gostam mais desse estilo de filme.

Por hoje é isso, minha gente.
Deixem o comentário do que acharam das minhas indicações e claro, indiquem os favoritos de vocês.
Até a próxima.

10 comentários:

  1. Oi, tudo bom?
    Desses filmes só conheço Nerve, que já assisti também. Realmente é um filme para passar o tempo, mas gostei bastante dele. Almas Gêmeas é bem interessante, fiquei curioso para assistir.
    Até mais o/

    ResponderExcluir
  2. Olá! Saudações literárias! Tudo bem com você? Já estou programando os filmes para serem assistidos no carnaval, espero que encontre na netflix. Obrigado pelas dicas. Ficaram show o seu post.

    ResponderExcluir
  3. Amor por direito e Nerve estão na minha lista. Eu não espero muito de Nerve, mas pretendo ver mesmo assim.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem? Eu gosto muito de assistir filmes, e amei suas dicas, ainda não assisti esses mas procurarei para assistir.
    obrigada pelas dicas.
    abraço

    ResponderExcluir
  5. Olá, ainda não vi nenhum dos filmes que você citou, achei bacana mencionar esse destaque para os papéis femininos. Estou em dúvida sobre quais deles assistir primeiro.

    ResponderExcluir
  6. Hey, Catharina!

    Não vi nenhum desses filmes citados por você, mas fiquei super curiosa sobre "Almas gêmeas"! Gostei da trama e vou procurar pra assistir ainda neste fim de semana. Adorei a dica!

    Beijos e bom feriado pra você!

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Dos que citou já vi 28 dias e o Nerve gostei muito desse ultimo. Dos outros infelizmente não fiquei com tanta vontade de assistir infelizmente fica para próxima.
    Beijo
    Raquel Machado
    Leitura kriativa
    Http://leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oiê! Goste do primeiro, Tudo Sobre Minha Mãe, vou procurar pra ver TB pra ver ❤️ o restante não curti muito. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oiii
    Eu não conhecia esses filmes, fiquei com vontade de assistir a Nerve! Olhei Thor Ragnarok, Guardiões da galaxia 2 e 1922.
    Bjus

    ResponderExcluir
  10. Desses filmes o único que eu assisti foi Nerve, e eu gostei bastante, embora também tenha algumas críticas. Eu quase nao to vendo filmes ultimamente, ando bastante focada em séries. Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo