Prisma Literário: Resenha: A Playlist de Hayden - Michelle Falkoff

Resenha: A Playlist de Hayden - Michelle Falkoff

Sinopse: Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava. A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.









Em A Playlist de Hayden, conhecemos os melhores amigos Sam e Hayden, ambos são os típicos deslocados da escola, sozinhos, amam vídeo games e tem apenas um ao outro. O livro nos mostra logo nas primeiras páginas que Hayden se suicidou com uma grande quantidade de remédios, tudo isso mostrado pela perspectiva de Sam, que encontra o amigo morto e a partir de então, sente-se completamente sozinho, impotente e principalmente culpado.

O livro gira em torno de Sam ouvindo a playlist que Hayden deixou para ele, segundo Hayden, a partir dessa playlist, Sam iria entender o porquê o suicídio ocorreu. Ouvindo as musicas, temos toda a perspectiva de Sam com flashbacks da amizade dos dois, da personalidade de seu amigo e como era a família, os amigos e o dia a dia de Hayden, nos fazendo entender o quanto o mesmo era solitário.

Os personagens que conhecemos durante o livro nos fazem sentir principalmente raiva, já que a maioria praticava bullying contra os dois amigos, principalmente o próprio irmão de Hayden. A autora nos faz ter a visão como um todo, mas confesso que mesmo chegando ao fim da leitura, senti falta de alguns pontos a serem desenvolvidos, como se a história fosse um tanto repetitiva.

Apesar do enredo apresentar alguns temas fortes como bullying, crises familiares, suicídio e luto, realmente a autora consegue manter uma pegada mais tranquila de narrativa, algo que você consegue ler em um dia. Em muitos momentos me coloquei na pele de Sam por ter de lidar com a morte do amigo e a culpa que sentia por não ter identificado essa possibilidade antes, e também na pele de Hayden que provavelmente estava numa agonia sem fim para ter feito o que fez.

É uma ótima opção de leitura para jovens que se encontram em fase escolar e provavelmente irão ter ou já tem um contato com bullying, seja apenas como observador ou como autor e até mesmo como vítima. É uma ótima pedida para entender o que o o bullying pode causar e o porquê devemos evitá-lo e lutar contra.

Devo também ressaltar quantas músicas fortes e interessantes foram citadas durante o livro, pois cada incio de capitulo era citada uma musica da tal playlist de Hayden, algumas eu já conhecia e fiquei super feliz de ver ser mencionada e outras conheci a partir do livro, todas muito bem escolhidas e que conseguem ser um bom plano de fundo para o cenário.

Por fim, indico a leitura para quem gosta de dramas adolescentes com um toque de romance, e claro, com temas fortes. A edição está muito bonita, desde essa capa que foi um dos principais motivos que me atraíram para a leitura, quanto os capítulos que são rápidos e as folhas de material perfeito e fonte ideal para uma leitura tranquila.

11 comentários:

  1. Oi, Catharina. Eu sempre quis ler esse livro, juro, mas eu fico com medo dessas cargas emocionais me abalarem demais, mas agora sinto que posso lê-lo sem medo já que a autora traz essa narrativa bem mais tranquila apesar dos temas. Espero gostar.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem? Eu não conhecia esse livro, achei essa história um pouco parecida com "13 reasons why", me corrija se eu estiver errada.
    Gosto muito de dramas adolescentes, são livros que gosto de comprar.
    Parabéns pela resenha e obrigada pela dica.
    abraço!

    ResponderExcluir
  3. Oii. Eu gostei bastante da premissa do livro e acho que gostaria muito dele. Gosto muito de dramas bem elaborados. Quanto mais forte, melhor. Apesar de achar a narrativa super parecida com o livro Os Treze Porquês, vejo um distoante pois o livro fala sobre bullying mas também sobre depressão de forma mais clara. Amei.
    Beijos
    Blog: fanficcao.wordpress.coms

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Adorei a sua resenha, realmente a narrativa flui bastante e consegui ler bem rápido, gostei muito das músicas que aparecem e meu trecho preferido do livro é "Muitas pessoas querem ser invisíveis.Talvez elas pensem que podem fingir que são.Mas alguém sempre as vê"

    Beijos ^.^
    littlewonderscrm.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi
    Tem alguns anos que li esse livro e gostei bastante. Achei a leitura leve, mesmo tratando de temas polêmicos. Mas como você disse, ele tem algumas falhas de roteiro digamos assim.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  6. Eu vi poucas pessoas falando desse livro, e logo assim que ele lançou! Ele não faz meu tipo de leitura, mas tenho certeza que todas essas cargas emocionais iam acabar comigo (no bom sentido!)

    ResponderExcluir
  7. Espero que esse livro saiba tratar bem desses assuntos. Acho legal essa conexão com a música que a história traz.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  8. Hey, Catharina!

    Como outras pessoas comentaram aqui, esse livro é bem na vibe de Os Treze Porquês, né? Eu já o tinha visto por aí, mas não sabia sobre o que era.
    Não estou numa fase de ler livros dessa temática no momento, mas é bem provável que eu leia no futuro. Fiquei bem interessada.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi. eu li esse livro e foi uma das piores leituras de minha vida, comecei até a criar um certo desgosto pela editora, esse é o tipo de livro que eu não indico porque eu achei as temáticas tratadas com muita futilidade, desculpe esse excesso de sinceridade, é que lembrei da péssima experiência com o livro.

    ResponderExcluir
  10. Oiii,

    Já tenho este livro aqui há algum tempo, mas até hoje não consegui me obrigar a ler, sempre acho que não vou conseguir me prender mesmo sendo uma história interessante, acho que o que acaba me afastando é o drama adolescente.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  11. Quem nunca lidou com bullying que atire a primeira pedra! Por isso acho que todos deveriam ler o livro, fora que livros com playlist são tudo de bom, né?
    Bjs

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo