Prisma Literário: Resenha: Isla e o Final Feliz - Stephanie Perkins

Resenha: Isla e o Final Feliz - Stephanie Perkins

Sinopse: Tímida e romântica, Isla tem uma queda pelo introspectivo Josh desde o primeiro ano na SOAP, uma escola americana em Paris. Mas sua timidez nunca permitiu que ela trocasse mais do que uma ou duas palavras com ele, quando muito. Depois de um encontro inesperado em Nova York durante as férias envolvendo sisos retirados e uma quantidade considerável de analgésicos, os dois se aproximam, e o sonho de Isla finalmente se torna realidade. Prestes a se formarem no ensino médio, agora eles terão que enfrentar muitos desafios se quiserem continuar juntos, incluindo dramas familiares, dúvidas quanto ao futuro e a possibilidade cada vez maior de seguirem caminhos diferentes. Com participações de Anna, Étienne, Lola e Cricket, personagens mais do que queridos pelo público apresentados em livros anteriores da autora, Isla e o final feliz é uma história de amor delicada, apaixonante e sedutora, um desfecho que vai fazer os fãs de Stephanie Perkins suspirarem ainda mais.



Em Isla e o Final Feliz, conhecemos uma personagem a partir do momento em que ela está nos hospital se recuperando do siso extraído. Isla é uma garota tímida e tenta vencer essa timidez para finalmente começar a trocar palavras com Josh, o garoto por quem é apaixonada há mais de três anos. Quando Isla encontra Josh por acaso em uma cafeteria após retirar o siso, finalmente consegue inciar uma conversa de verdade com ele.

Josh é um garoto confuso e que ama desenhar, está sempre focado em sua arte, o que faz com que Isla fique mais interessada para descobrir todo seu mistério. Quando os dois começam a se conhecer de verdade, Josh vê Isla como um apoio enquanto Isla vê Josh como um amor finalmente correspondido e também uma amizade a mais em sua vida já que tem apenas um amigo no dia a dia.

Esse é o terceiro livro que leio da autora e como sempre, foi uma experiência extremamente gostosa por retratar tudo de forma tão leve e espontânea. Gostei da forma como o casal se conectou rapidamente e como um serviu ao outro como uma luz em meio ao caos. O romance entre os dois começa de forma bem rápida e o livro não vai muito além de focar nesse ponto mas também conhecemos um pouco da vida pessoal de Isla, como por exemplo, sua amizade, seus sentimentos e aflições diante o futuro.

É muito bom ver o quanto o casal se desenvolve junto, cresce, e claro, passam por provações. E assim como nos outros livro, a autora sabe passar tudo isso de uma forma que te prende, te conecta e te faz se sentir parte da história, como se você fosse um dos personagens. A autora sabe falar muito bem a linguagem dos jovens, então o romance parece real, como se estivéssemos escutando a história de uma amiga pois temos doses de desentendimentos, romance, sensualidade, fofura e rotina.

E para aqueles que como eu, tiveram a oportunidade de ler Anna e o Beijo Francês e Lola e o Garota da Casa ao Lado, irá ficar feliz ao ver a presença dos personagens nesse terceiro livro. Foi muito satisfatório não só matar a saudade da narrativa de Stephanie Perkins como também matar a saudade de personagens marcantes.

No geral, foi uma leitura daquelas gostosas para passar o tempo, aliás, uma ótima pedida pós leitura pesada como por exemplo um suspense ou drama que te deixou mal, pois Isla e o Final Feliz terá o poder de te deixar mais leve e com muitos suspiros.

14 comentários:

  1. Hei, Catharina!

    Menina, eu gosto muito dessa trilogia, mas o meu livro preferido é o da Anna. É fofo demais!
    Eu adorei quando pude reencontrar os personagens no final do livro. Meu coração se encheu de ternura... ahahahaha.
    A trilogia acabou bem fofa mesmo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Olá!! :)

    Eu confesso que já ouvi falar bastante deste livro, ainda bem que gostaste de fazer a leitura!

    Que bom que gostaste de recordar o estilo da autora e também as personagens, e que o casal cresce em conjunto!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  3. Oiê! Eu já li Anna e O beijo francês e, apesar de ter gostado, não foi aquela coisa que me deixou super apaixonada e curiosa para conhecer qualquer outro livro da autora. Nem me interessei muito por Lola e o Garoto da casa ao lado. Mas, o enredo deste me chamou um pouco mais a atenção. Achei o romance bem amorzinho e adorei a forma como você disse que eles amadurecem juntos. Também achei interrssante a jogada da autora de envolver os personagens dos outros livros.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. antigamente eu tinha curiosidade em ler Lola mas depois a vonttade passou rsrs
    não sabia desse terceiro titulo dela, e que bom que vc curtiu a leitura...
    bjs :D

    ResponderExcluir
  5. Eu amoooo Anna e o Beijo Francês, gostei bastante de Lola e tô há séculos querendo ler essa história também hehehe ☺ Acho que vou gostar bastante, especialmente agora que to com saudades dos meus antigos e queridos personagens ☺ Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  6. Adorei descobrir esse título! Estava procurando uma leitura mais leve para a semana e parece que encontrei! Um beijo, amei a dica super anotada!

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Sempre ouvi as pessoas comentando que a escrita da Stephanie é leve e descontraída, ótima para tirar de uma ressaca ou alternar com um livro mais tenso. Achei a dica ótima e fico feliz em saber que a forma como os personagens principais se conectam é legal! Outro ponto positivo que a autora traz personagens já conhecidos de outros livros, adoro isso porque as pontas ficam mais bem amarradas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi adorei sua resenha, eu tenho essa trilogia, mas ainda não li, são tantos livros...Mas pelo que você falou é bem gostosinho de ler, vou anotar para ler quando aparecer uma daquelas ressacas literárias. Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oii tudo bem ?
    Adorei a resenha 😉 tenho bastante curiosidade com essa trilogia apos a resenha me deu mais vontade ainda de ler quem sabe eu pegue pra ler esse mês to precisando de leituras leves.

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Não gostei muito dessa capa... rsrs
    Mas a história é mega lindinha! Adorei!
    Me pareceu um livro super fofo!
    Tem final feliz, não tem?
    Ah tem que ter! Kkk
    Adoro finais felizes!!!
    Não sei porque essa palhaçada que tem agora de dizer que livro que tem final feliz é clichê e previsível...
    Ah para! Se fosse pra chorar eu ia me apaixonar e não ler... kkkk
    Brincadeiras a parte... Já li ou ouvi algo sobre o livro, mas nunca da forma empolgante e até poética que você falou.
    Amei sua resenha!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Eu já li essa trilogia, mas Isla não é meu favorito. Eu acho que não consegui me envolver com a personagem e nem senti a trama bem construída, sabe? O que mais amei da autora foi Lola, eu me identifiquei demais com a personalidade dela e acho que é isso que mais prezo em livros.
    Fico contente, entretanto, de você ter gostado tanto assim desse livro.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  12. Que capa mais linda!
    O livro parece ser interessante e já está na minha lista de desejados. Acho que muitas vezes, só por ser de uma editora tão renomada quanto a Intrínseca já passa uma boa imagem rsrs.
    Beijos. Versos da Alma

    ResponderExcluir
  13. Olá, ótima a sua resenha. Eu tenho uma vontade enorme de ler esse livro e os dois anteriores, amo essa aparência de leitura leve e gostosa que eles tem.

    ResponderExcluir
  14. Comprei Isla e Final Feliz há alguns anos, mas ainda não li. Dessa trilogia só li Anna e o Beijo Francês, que achei fofo e bonitinho, ms nada além disso. O segundo livro estava na minha meta de leitura do ano passado, mas acabei enrolando e ele continua na desse ano.
    Acho que devo gostar de Isla, me parece ser um livrinho fofo, com história boa de acompanhar.
    Beijos

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo