Prisma Literário: Resenha: Esposa 22 - Melanie Gideon

Resenha: Esposa 22 - Melanie Gideon

Sinopse: Alice e William Buckle se casaram apaixonados. Mas, dois filhos e quase vinte anos depois, Alice está entediada. Por isso, quando recebe um convite por e-mail para participar de uma pesquisa on-line sobre casamentos, ela aceita num impulso. Respondendo às perguntas enviadas por um pesquisador anônimo e carismático (Pesquisador 101), Alice (Esposa 22) tem a oportunidade de reexaminar a história do próprio relacionamento.












Esposa 22 de Melanie Gideon é um livro que vai retratar a vida de Alice. Casada com William, Alice sempre se considerou uma mulher feliz e realizada, principalmente por ter seus queridos filhos na jornada da vida, porém, como todo casamento logo, Alice começa a se sentir não só entediada com a rotina de casal como também, afastada de William.

Quando está navegando pela internet e recebe um e-mail com uma pesquisa sobre casamento, Alice não hesita em aceitar. Se antes já estava colocando sua rotina na balança e refletindo sobre sua vida, agora ainda mais, já que logo conhece Pesquisador 101, o pesquisar que irá acompanhar Alice como Esposa 22 durante todas as suas respostas, questionamentos e dúvidas sobre a pesquisa. As perguntas são não só sobre casamento mas sobre ela, sua vida pessoal e sua história no geral, ou seja, Pesquisar 101 começa a saber tudo sobre Esposa 22, sendo assim, Alice começa então a ver o tal pesquisador como um grande apoio.

Sabe aquele livro que você compra por impulso numa promoção? Foi assim que Esposa 22 foi parar na minha estante há pelo menos uns quatro anos atrás. Como muitos livros bons, esse deveria ter sido lido antes. Quase cheguei a trocar o livro sem ao menos ler e hoje agradeço por não ter o feito pois imaginem uma história divertida, ao mesmo tempo que instigante, é essa.

Temos aqui um enredo típico de uma família contemporânea (quem me acompanha sabe o quanto gosto de ler livros sobre famílias), onde a mãe da casa, está passando por uma crise de identidade com milhões de coisas acontecendo ao mesmo tempo. A autora consegue colocar a história de forma dinâmica já que além da narrativa deliciosa da protagonista, temos e-mail, mensagens, chats e posts de facebook.

Eu perdi as contas de quantas vezes cai na gargalhada, e realmente parecia que eu estava lendo algo super real, já que retrata a rotina de uma mulher com uma vida normal. Em muitos momentos também, conseguimos nos colocar no lugar de Alice como Esposa 22, encontrando em Pesquisador 101, uma forma de sair da rotina, de se sentir diferente e ter uma aventura depois de 20 anos de casada, sentindo também toda a culpa e agonia que ela sentia ao mesmo tempo em que valorizava a sensação boa de relembrar o que é se sentir desejada.

Agora vocês perguntam: do que você mais gostou no livro? Gente, que final foi aquele? Sabe quando a autora consegue te sentir estapeada após um belo de um plot twist? Isso acontece aqui e de forma muito engraçada/ instigante/ chocante. Em nenhum momento aquilo teria passado pela minha cabeça, até porque o leitor está concentrado em diversas outras coisas e quando a gente menos espera, tudo se revela tão rápida que você se sente meio desnorteada.

Não preciso dizer o quanto vale a pena a leitura do livro e o quanto você irá se divertir, se envolver (dependendo de quem você for, se identificar) e ainda querer muito mais. Uma leitura super válida para muitas idades com uma narrativa fantástica e uma edição super caprichada.

8 comentários:

  1. Tenho esse livro faz um tempo na minha estante e ainda não li. Comprei no calor da emoção, ele me chama atenção pela sinopse, mas sei lá.. Ele ficou lá esquecido na estante, de lado em meio a tantos outros comprados depois e lidos.

    Sua resenha me deu uma super animada. Uma das minhas metas esse ano é ler pelo menos 20 livros que estão a mais de 1 ano na estante parados. Ando precisando me divertir e ser surpreendida com um final não previsível!

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  2. Olá! Fiquei animado com sua resenha, você falou tão bem do livro que me despertou à vontade para ler. Confesso que nunca tinha ouvido falar da obra e muito menos da autora. Já vai pra minha lista de desejados. Obrigado pela dica.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Tenho esse livro aqui já faz algum tempo, mas ainda não li. Depois de ler tua resenha fiquei doida pra ler o livro, hahaha. Adorei!

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem Catharina? Eu não conhecia esse livro, é uma novidade para mim, achei a capa bonita, porém a premissa não me conquistou. Gostei da sua resenha e fico feliz que tenha gostado da leitura!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Oi Catharina!
    Comprei esse livro em 2013, na extinta e saudosa Bienal do Livro de Salvador. Na época estava aquela loucura de comentários, ele estava por 10 reais, impossível não trazer pra casa. Pois bem, o tempo passou, a vontade de ler deu uma esfriada e cá está o bichinho, tomando chá de poeira na estante. Porém esse ano eu resolvi incluí-lo na minha meta anual e o lerei em conjunto com uma amiga.
    Fico feliz que você tenha gostado, já é mais um incentivo pra ler ele logo. Espero gostar também!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Desde o lançamento da obra que morro de vontade de fazer a leitura, mas ainda não consegui.
    Fico feliz por você não ter feito a troca e sim se deparado com uma leitura tão instigante e divertida. Amo ambas as características no decorrer da leitura e fiquei bem curiosa para saber mais sobre Alice e seu pseudônimo como Esposa 22.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  7. Eu cheguei a iniciar esse livro uma vez mas lembro que não dei continuidade, mas sinceramente não lembro o motivo de ter parado kkk.

    ResponderExcluir
  8. Que capa fofinha, e eu gostei muito da resenha! Nem é um gênero que eu gosto, mas fiquei curiosa

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo