Prisma Literário: Resenha: Brigadas Fantasma - John Scalzi

Resenha: Brigadas Fantasma - John Scalzi

Sinopse: As Brigadas Fantasmas são as Forças Especiais das Forças de Defesa Coloniais, tropas de elite criadas a partir do DNA dos mortos e transformadas em soldados perfeitos para as operações mais difíceis da CDF. Eles são jovens, são rápidos e fortes, e eles estão totalmente sem escrúpulos humanos. O universo é um lugar perigoso para a humanidade - e está prestes a se tornar muito mais perigoso. Três raças com as quais os humanos enfrentaram antes aliaram a nossa expansão para o espaço. Seu linchpin: o cientista militar Turnoard Charles Boutin, que conhece os maiores segredos militares da CDF. Para prevalecer, a CDF deve descobrir por que Boutin fez o que fez. Jared Dirac é o único humano que pode fornecer respostas - um híbrido sobrehumano, criado a partir do DNA de Boutin, o cérebro de Jared deve poder acessar as memórias eletrônicas da Boutin. Mas quando o transplante de memória parece falhar, Jared é dado às Brigadas Fantasmas. Em primeiro lugar, Jared é um soldado perfeito, mas quando as memórias de Boutin se estendem lentamente, Jared começa a intuir o motivo da traição de Boutin. Como Jared procura desesperadamente por seu "pai", ele também deve enfrentar suas próprias escolhas. O tempo está acabando: a aliança está preparando sua ofensiva, e algumas delas planejam coisas piores do que a mera derrota militar da humanidade...

*Livro cedido em parceria com a Editora Aleph para divulgação.

Brigadas Fantasma, sequência de Guerra do velho (clique aqui para ler a resenha), ultrapassa seu antecessor como sendo um dos melhores livros de guerra espacial. John Scalzi nos trás de volta a esse universo caótico e cheio de combates entre raças que lutam para uma dominância de maior território. Apesar de ter como tema principal um combate armado, o livro levanta uma importante questão que vem sido debatido desde tempos mais antigos "O que torna o ser humano, humano?"

Após os eventos de Guerra do Velho, uma nova ameaça surge, uma improvável aliança entre 3 raças alienígenas ameaçam destruir tudo o que os seres humanos construíram, cabe às Brigadas Fantasmas, um grupo de (alerta de spoiler de Guerra do Velho!) soldados "ressuscitado" lutar contra essa ameaça, dentre eles esta o novo cadente, Jared Dirac, um soldado como qualquer outro, mas que carrega consigo a mente de um traidor das Forças Coloniais de Defesa.

O livro tem uma escrita em terceira pessoa, e uma narrativa bem fluida, com diálogos na quantidade certa. A dose de informações de teor cientifico não satura, informações que por mais complexas que sejam, são simplificadas e explicadas de maneira que torna o entendimento muito mais simples e consegue deixar o enredo mais completo e real para o leitor.

A obra apresenta as Brigadas Fantasma, um grupo de clones que já nascem com o corpo e mente de um adulto, algo que explora a obra de Mary Wollstonecraft Shelley, Frankenstein, e apresenta o mesmo embate, onde se tem os "monstros" e os "criadores", tendo discussões sobre humanidade, e o que é a alma de um ser vivo. Sendo assim, a leitura além de trazer guerras e ação, também levanta diversos questionamentos que te levam a reflexão durante toda a leitura.

A obra tem uma história totalmente a parte de Guerra do Velho, o que torna não necessário sua leitura, porém, serve como um forte complemento ao livro, tendo introduções à assuntos que facilitaram a leitura do Brigadas Fantasma e claro, é sempre bom poder ler livros com narrativas tão especulares como a de John Scalzi.

Há promessa de adaptação para o cinema, e ainda faltam mais livros para o fim da saga do Velho. Crio muito expectativa com os próximos devido minha experiência com os dois primeiros, espero que seja algo do mesmo nível ou até melhor. Recomendo os livros para aqueles que simpatizam com guerras ou temas filosóficos, e para os que estiverem receosos sobre o tema de guerra espacial, lembre-se, não é Star Wars, a guerra nesse é mais realista e forte, como um "O Resgaste do Soldado Ryan no espaço".

8 comentários:

  1. Uma fantasia bem diferente do que estamos acostumados meio sci-fi
    Achei bem curioso a história poder ter uma adaptação, acho que seria legal ver os personagens tomando vida.
    Não sou muito fã de leituras do gênero, mas quando se trata de filme até assisto :p

    ResponderExcluir
  2. Oi Felipe, tudo bem?
    Sou louca para ler essa série, mas ainda não tive a oportunidade. Adoro sci-fi e fiquei ainda mais animada com o fato do livro ser bem dosado, o equilíbrio é importantíssimo nesse gênero, caso contrário a leitura pode ser bem cansativa. Gostei de saber que é baseado na ideia de Mary Shelley do Frankestein. Sem dúvidas estou ainda mais curiosa para realizar a leitura.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Para uma leitura não sei se encararia uma trama assim, mas sua resenha me deixou imaginando como seria uma adaptação cinematográfica, principalmente pelos elementos científicos que a narrativa apresenta.
    Vou aguardar mais informações e torcer pra que criem um filme em breve.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  4. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro, mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura! :)

    Enfim, que ótimo que a leitura flui tao bem e que os diálogos estão bem equilibrados. Um erro ai poderia ser bastante prejudicial...

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  5. Oie amore,

    Sendo bem sincera o livro não faz meu estilo de leitura, passo a dica dessa vez!
    Pra quem curte esse lance de guerra no entanto, parece se tratar de um prato cheio!
    Excelente resenha, parabéns!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Eu não estava sabendo desse livro, inclusive não fiz a leitura do primeiro livro. Eu não tenho muita afinidade com histórias que narram guerra, fico muito perdido e acabo me irritando, mas, por outro lado, fiquei bem feliz em saber que a história continua bem escrita! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha! Apesar de não ser meu gênero preferido, eu leria com certeza. Beijos.
    Versos da Alma

    ResponderExcluir
  8. Ola
    Não costumo ler livros com tema Sci-fi mas esse me pareceu interessante pelo enredo. Por causa dos soldados serem criados assim acho que isso me prenderia. Fiquei feliz ao saber que estão pensando em adaptar para o cinema. Vou anotar a dica.
    Beijo
    Raquel Machado
    Leitura kriativa
    Http://leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo