Prisma Literário: Resenha: A Maravilha das Pequenas Coisas - Dawn French

Resenha: A Maravilha das Pequenas Coisas - Dawn French

Sinopse: O livro conta a história de uma família que desabafa e conta os seus problemas ao longo das páginas. A filha de 17 anos é uma típica adolescente revoltada com a mãe, que não a deixa ter a liberdade que quer. Por outro lado, a progenitora, Ma, está prestes a completar 50 anos e está em crise, pois não sabe como lidar com os filhos e marido. Também tem o filho Peter, de 16 anos, que odeia as brigas da mãe e da irmã e acha que o videogame é o seu mundo particular. Além disso, ele está canalizando o seu ídolo Oscar Wilde, o que está preocupando ainda mais a família. Durante todo o desenrolar das histórias, começamos a conhecer um pouco mais da vida de cada um deles e entender os seus motivos para as atitudes que tomam. Diante de todos esses conflitos a família vai precisar enfrentar uma situação muito difícil, que vai deixá-los à base de um precipício. E a dúvida que fica é: será que eles vão cair e cada um seguir a sua vida como sempre quiseram ou conseguirão provar que apesar de tudo, estarão próximos um dos outros para resolver os problemas? - Um Bestseller na Europa!


*Livro cedido em parceria com a Editora Fundamento para divulgação.

A Maravilha das Pequenas Coisas conta a história de uma família a partir de três ponto de vista: Ma, uma mãe prestes a completar 50 anos que se encontra cada vez mais nervosa por conta disso; Dora, a filha de 17 anos que se mostra uma adolescente bem complicada de lidar ao mesmo tempo que extrovertida e sonhadora; e Peter, com 16 anos se mostra um adolescente bem peculiar que gosta de adotar personalidades, ao contrário de Dora, é mais reservado.

O livro me chamou atenção desde o princípio por conta desse título e dessa capa maravilhosa, então confesso que arrisquei sem saber muito bem do que se tratava, julguei um livro pela capa, já esperando uma leitura maravilhosa. A narrativa é super descontraída, puxada para algo mais comédia e informal, principalmente quando Dora está narrando. De inicio, demorei para me adaptar com o jeito de Dora, pois muitas vezes ela se mostrava bem chata e ingrata, mas logo foquei nas qualidades, como por exemplo, seu humor.

Através das narrativas de cada um dos integrantes, temos uma ideia do cenário em que eles vivem, e claro que os três possuem personalidades bem distintas, o que causa bastante divergência, principalmente entre Dora e Ma (mãe e filha). A autora também foca bastante em problemas da adolescência, como a aceitação do próprio corpo, as amizades e o primeiro amor, tudo isso de forma engraçada e despretensiosa.

Durante a narrativa de Ma, também podemos nos colocar no lugar dela como mãe, em meio a uma crise de identidade e tendo que conciliar isso com sua vida pessoal e suas intrigas e paciência com os filhos. Já Oscar, é um personagem peculiar que nos chama atenção desde o inicio, tanto por se mostrar mais calmo quanto por ter uma inteligência tão diferente. O legal é que o livro consegue abordar três personalidades diferentes e fazê-las conversar entre si.

Apesar de ser engraçado e despretensioso, ao mesmo tempo, nos apresenta temas reais e palpáveis da família contemporânea, o que para mim, foi um ponto muito forte e que me agradou bastante. Confesso que esperava um pouco mais da leitura, pois tinha em mente um tema diferente e uma outra pegada, mas ainda assim, conseguiu me surpreender positivamente.

A edição está uma graça e bem caprichada. Desde a capa, como citei no inicio até a diagramação no geral, com detalhes super fofos. Tamanho de fonte ideal e folhas amareladas que tornam a leitura mais confortável. Juntando essa edição tão fofa e a história criada pela autora, temos um conjunto muito delicioso.

6 comentários:

  1. Olá!
    É o típico livro similar a "A Grande família" todos tem uma personalidade, um problema, mas precisam juntos se ajudarem, ou vai virar um "Caso de Família" rsrsrs
    Gostei da proposta. Anotado a dica.
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Tudo bom?
    Nossa que temática interessante.
    Gostei muito do livro é pretendo ler em breve, gosto de livros onde envolve família e seus dramas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. a edição tá uma gracinha mesmo. mas a temática em si não desperta meu interesse... fico feliz que vc tenha curtido, apesar de ter achado que a história era noutra vibe...
    bjs...

    ResponderExcluir
  4. Olá, gostei de conhecer esse livro através da sua resenha. Achei super interessante o perfil desses três personagens principais e as temáticas abordadas na obra.

    ResponderExcluir
  5. Gosto de livros assim que trazem vários pontos de vista, esse não conhecia e já me conquistou pela capa, vou procurar para ler.

    ResponderExcluir
  6. Olá! Gostei do titulo da obra e a premissa também é bem interessante. È legal ver a perspectiva dos personagens, entende-los no geral e poder até ter empatia.

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo