Prisma Literário: Últimos Filmes Assistidos #41

Últimos Filmes Assistidos #41

Olá galera
Como estão enfrentando a semana após um feriado prolongado daqueles? Eu estou em prantos e por isso trouxe alguns filminhos para vocês que assim como eu devem estar querendo algo para já fugir da rotina novamente. Como sempre, tento trazer algo diversificado baseado nos últimos filmes que vi, então vamos lá:


Sinopse: Quando Leonard Vole (Tyrone Power) é preso sob a acusação de ter assassinado uma rica viúva de meia-idade, Sir Wilfrid Robarts (Charles Laughton), um veterano e astuto advogado, concorda em defendê-lo. Sir Wilfrid está se recuperando de um ataque do coração quase fatal e "supostamente" está em uma dieta, que o proíbe de ingerir bebidas alcoólicas e de se envolver em casos complicados. Mas a atração pelas cortes criminais é algo muito forte para ele, especialmente quando o caso é bem difícil. O único álibi de Vole é o testemunho da sua esposa, Christine Vole (Marlene Dietrich), uma mulher fria e calculista. A tarefa de Sir Wilfrid fica praticamente impossível quando Christine Vole concorda em ser testemunha, não da defesa, mas da acusação.

Assisti o filme por acaso com uns amigos e nunca tinha ouvido falar antes sobre o longa. Testemunha de Acusação é um mistério com drama com suspense e tudo mais, com certeza fiquei bem aflita para a resolução do caso e quando aconteceu, me peguei boquiaberta por tamanha criatividade. Um filme que vale super a pena se você é fã de filmes antigos.


Sinopse: Faith (Marisa Tomei) é uma professora que acredita que sua alma gêmea é um homem chamado Damon Bradley, pois quando era garota este nome apareceu em uma tábua Ouija e também por ter sido predito por uma cigana. O tempo passou e ela vai se casar com um médico. Faltando poucos dias do casamento ela atende o telefonema de um amigo do seu noivo, que pede desculpas por não poder ir a cerimônia pois está partido naquele instante para Veneza. O nome do amigo era Damon Bradley, o que faz com que ela não pense duas vezes e decida ir até Veneza, tentando encontrar um homem que ela não conhece.

Esse é outro filme que não estava nos meus planos de assistir mas que acabei me deparando na Netflix e como estava mega afim de assistir algo do gênero, acabei arriscando. Não esperava muita coia e talvez por isso tenha gostado, o filme não possui grandes atuações, momentos, história ou qualquer diferencial mas é uma bela escolha para passar um domingo encolhida nas cobertas vendo um romancinho típico.


Sinopse: Em uma escola da Alemanha, alunos tem de escolher entre duas disciplinas eletivas, uma sobre anarquia e a outra sobre autocracia. O professor Rainer Wenger (Jürgen Vogel) é colocado para dar aulas sobre autocracia, mesmo sendo contra sua vontade. Após alguns minutos da primeira aula, ele decide, para exemplificar melhor aos alunos, formar um governo fascista dentro da sala de aula. Eles dão o nome de "A Onda" ao movimento, e escolhem um uniforme e até mesmo uma saudação. Só que o professor acaba perdendo o controle da situação, e os alunos começam a propagar "A Onda" pela cidade, tornando o projeto da escola um movimento real. Quando as coisas começam a ficar sérias e fanáticas demais, Wenger tenta acabar com "A Onda", mas aí já é tarde demais.

A Onda estava sempre na minha lista pois ouvia falar que é um filme bem polêmico que nos faz pensar sobre extremismo. Foi uma longa muito interessante que me prendeu horrores, com personagens marcantes e com uma história que nos choca e nos faz pensar o quão é certo e o quão é errado certos pensamentos que temos. De fato, é um filme válido para diversas idades e acho essencial passar para adolescentes principalmente na época do colegial para mostrar o que o extremismo pode levar.


Sinopse: Refugiados recém-chegados ao Brasil dividem com um grupo de sem-tetos um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Além da tensão diária que a ameaça de despejo causa, os novos moradores do prédio terão que lidar com seus dramas pessoais e aprender a conviver com pessoas que, apesar de diferentes, enfrentam juntos a vida nas ruas.

Mais um filme que ainda não conhecia mas que fui chamada par ver no cinema com meu primo e que se trata de um tema polêmico e que nem todos gostam de debater: refugiados. Na verdade é um documentário que mostra a vida de um grupo de sem-tetos e como a convivência se torna difícil com tantas pessoas diferentes além da necessidade de serem unidos para lutar pela própria causa. Era o Hotel Cambridge pode não atrair de primeira o telespectador, mas logo muitos conseguirão se ver envolvidos com cada pessoa desse grupo e torcendo imensamente por elas.

Sinopse: Stanley (Colin Firth), um falso mágico com talento para desmascarar charlatões, é contratado para acabar com a suposta farsa de Sophie (Emma Stone), simpática jovem que afirma ser médium. Inicialmente cético, ele aos poucos começa a duvidar de suas certezas e se vê cada vez mais encantado pela moça.

Para descontrair, também vi Magia ao Luar, do tão adorado Woody Allen. Até então, foi um dos filmes que mais gostei do diretor e que sinceramente, não esperava absolutamente nada. Assim que vi La La Land estava na onda de ver mais filmes com a Emma Stone e como já queria ver esse filme há um tempo, consegui unir o útil ao agradável hehe. O filme se mostrou engraçado, fofo e divertido além de um final para lá de emocionante. Gostei muito e recomendo para os fãs do diretor.







Por hoje é isso, galera. Não esqueçam de comentar os filminhos que viram principalmente nesse feriado que passou, se já viram algum dos citados ou quais querem ver. E claro, dicas de filmes são sempre bem vindas ;)
Até maaais.

8 comentários:

  1. Olá
    Sua lista dessa vez teve somente surpresas pra mim. Não vi nenhum dos filmes que citou, mas fiquei muito interessada em ver A onda.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  2. Nossa não conhecia nenhum filme dessa sua lista garota, o que eu mais fiquei interessada foi aquele magia ao luar, com toda certeza pretendo assisti-lo.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Oi.

    Já conhecia a maioria desses filmes, mas nunca vi nenhum até hoje. Tenho vontade de ver Only You e Magia ao Luar. Parecem ser bem legais.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi,
    Infelizmente não me chamou atenção os filmes que você citou dessa vez é muita coisa para acompanhar realmente e temos que priorizar.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Faz muito tempo que quero assistir A onda mas nunca tenho oportunidade... Fiquei curiosa com esse romance Only you...adoro Downey Jr. <3
    anotei algumas dicas... bjs...

    ResponderExcluir
  7. Oii, tudo bem?
    Dos livros que você citou acima eu só conhecia o A Onda, mas mesmo assim não tive a oportunidade de o assistir, mesmo todos falando muito bem. E gente, o Robert ta muito novo no Only You!

    ResponderExcluir
  8. Nunca vi e nem conhecia nenhum dos filmes.
    Eles não parecem ser o tipo de filme que me agradariam, mas daria uma chance para Only you.

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo