Últimos Filmes Assistidos #37

17:19

Olá pessoas.
Como estão?
Infelizmente as férias estão acabando mas ainda há um tempinho para colocar os filminhos em dia. Como sempre, estive assistindo filmes diversificados e claramente quis trazer aqui para vocês. Espéro que gostem das dicas de hoje.


Sinopse: Vincent Vega (John Travolta) e Jules Winnfield (Samuel L. Jackson) são dois assassinos profissionais trabalham fazendo cobranças para Marsellus Wallace (Ving Rhames), um poderosos gângster. Vega é forçado a sair com a garota do chefe, temendo passar dos limites; enquanto isso, o pugilista Butch Coolidge (Bruce Willis) se mete em apuros por ganhar luta que deveria perder.
Eu já havia começado a ver o filme antes mas acabei parando pois não estava no clima até que finalmente tomei vergonha na cara e resolvi assistir com mais paciência. O filme conseguiu me fazer rir horrores, me agoniar e ficar vidrada além de querer muito mais e olha que nem sou fã do gênero mas de tanto ouvir as pessoas elogiarem, não podia deixar de assistir. A atuação dos protagonistas e as cenas marcantes são com certeza muito valiosas e me deixaram arrepiada.



Sinopse: Nova York, 1988. Novelista mentalmente instável (Russell Crowe) tenta criar sozinho a filha de cinco anos após a morte da esposa. Vinte anos depois, a garota, já adulta (Amanda Seyfried), cuida de crianças com problemas psicológicos e ainda tenta entender sua complicada infância.
Assim que vi o trailer desse filme, fiquei bem curiosa e ansiosa para assistir por se retratar de relação entre pai e filha, algo pelo qual eu gosto muito de debater e ver. Gostei bastante do enredo e apesar de não ser tão forte quanto eu esperava, foi um filme que me fez refletir bastante sobre o papel de um pai na vida de uma criança e até mesmo de uma adulta, o quanto nos faz falta. O filme consegue ser emocionante mas também senti que pecou um pouco na atuação. Uma boa escolha para ver num domingo frio quando se está procurando aqueles dramas sem algo novo.




Sinopse: Martin (Javier Drolas) está sozinho, passa por um momento de depressão e não se conforma com a maneira com a cidade de Buenos Aires cresceu e foi construída. Web designer, meio neurótico, pouco sai e fica grande parte do tempo no computador. É através da internet que conhece Mariana (Pilar López de Ayala), sua vizinha também solitária e desiludida com a vida moderna numa grande cidade.
Pensem num romance tão gostoso que você não vai conseguir levantar enquanto não acabar. O filme nos faz ansiar pelo momento principal que no caso, é o encontro dos personagens mas ao mesmo tempo nos mantém entretido mostrando a vida de cada um. O final é simplesmente maravilhoso e me fez querer mais e mais. Não esperava que o filme fosse me agradar e marcar tanto, então com certeza indico de olhos fechados para todos.




Sinopse: Frankie (Halle Berry) é uma dançarina noturna que sofre com o transtorno de múltiplas personalidades, e luta diariamente contra seus alter egos bem específicos: uma criança de sete anos chamada Genius e uma mulher branca racista chamada Alice. A fim de eliminar estas vozes interiores, ela passa a frequentar sessões com um psicoterapeuta, Dr. Oz (Stellan Skarsgard), para decifrar e superar seus fantasmas pessoais.
Eu sou bem suspeita para falar sobre filmes que retratam questões psicológicas, e vim falar um pouquinho sobre esse. Frankie & Alice se mostrou um daqueles filmes que nos fazem ficar boquiaberto com a perfeição da atuação e do enredo em si, infelizmente é um filme pouco conhecido pois nunca vi ninguém comentando. É uma daqueles raridades que encontramos por acaso, e damos play sem esperar quase nada e ao terminar, pensamos: como não assisti isso antes? Claro que quem fala aqui é uma amante de temas sobre transtorno de personalidade e afins, então para quem curte assim como eu, vai fundo.


Sinopse: No início do século XX, após décadas de manifestações pacíficas, as mulheres ainda não possuem o direito de voto no Reino Unido. Um grupo militante decide coordenar atos de insubordinação, quebrando vidraças e explodindo caixas de correio, para chamar a atenção dos políticos locais à causa. Maud Watts (Carey Mulligan), sem formação política, descobre o movimento e passa a cooperar com as novas feministas. Ela enfrenta grande pressão da polícia e dos familiares para voltar ao lar e se sujeitar à opressão masculina, mas decide que o combate pela igualdade de direitos merece alguns sacrifícios.
Assim que esse filme foi anunciado, eu não sosseguei o facho enquanto não o via. Até consegui assistir pela tv com minha mãe e só agora consegui falar um pouco dele. Com certeza para aquelas que adoram o movimento feminista e querem saber um pouco mais sobre como surgiu, esse é um filme ideal pois além de ser bem explicado, também é tocante. Em vários momentos me peguei refletindo sobre o quanto conquistamos até agora e o quanto ainda temos a conquistar. A opressão que a mulher sofria é simplesmente chocante e retratada muito bem - ainda que de modo simples - nos faz ser empática com a situação em que elas passaram para adquirir seus direitos e principalmente agradecida.

Por hoje é isso, galera.
Espero que tenham gostado das dicas de hoje. Como sempre, tento diversificar o gênero para poder agradar à todos. Me contem se já assistiram ou querem assistir alguns e não esqueçam de deixar as dicas de vocês.
Até maaaais.

Poderá gostar também de

14 comentários

  1. Olá
    Todos os títulos foram anotados. Já conhecia o primeiro, mas nunca assisti. Quem sabe agora me vem a coragem?

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  2. As Sufragistas é um filme interessante, vi o trailler dele e quero muito assistir!
    Frankie e Alice também deve ser muito bom, adoro os filmes da Halle
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. A senhora viu vários filmes legal nesse mês!!
    Quero muito assistir Pulp Fiction e As Sufragistas. Um que não conhecia e me interessou foi Pais e Filhas =)
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. As Sufragistas e Pais & Filhas eu fiquei interessada em ver, parece ser muito bom. Mulher, cê viu MT filme kkk não dou conta.

    ResponderExcluir
  6. Oi Catharina!
    dessa sua lista só assisti Pulp Fiction e faz tempo. Lembro que gostei bastante na época e preciso rever pra saber se vou continuar com a mesma impressão.
    Me interessei por Pais e Filhas, tem uma história aparentemente interessante.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Quero.ver este as sufragistas. Pais e filhas eu não conhecia, parece bom também.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  8. Oi, Catharina!
    Uma pena que filmes em geral não tenham me interessado mais tanto quanto antigamente. Os gêneros desses, ainda, passam longe do que costumo assistir, já que me interesso mais por romance e animação, mas são boas dicas e se pensar em ver algo diferente do usual, vou lembrar desse post.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  9. Oie amore,

    Poucas são as vezes que vejo filmes... não tenho muita paciência sabe...
    Raras as excessões... mas vendo uns aqui fiquei curiosa pra ver... até anotei a dica por aqui pra ver se rola!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  10. Olá, ai adoro filmes, mas não tenho assistido tanto quanto gostaria. Ainda não vi Pulp Fiction, acredita? As sufragistas eu já vi e amei, e fiquei curiosa por Frankie & Alice , achei a história ótima!!! Bjs

    ResponderExcluir
  11. Catharina, não vi nenhum desses filmes e o que tenho mais curiosidade de ver é Pulp Fiction que já ouvi coisas maravilhosas.
    Preciso ver mais filmes, estou muito na onda só séries. ^^

    ResponderExcluir
  12. oiê Cath,
    Quantos filmes legais! Seu gosto é bem clássico e atípico do que estou acostumada de ler. Eu adorei! Espero conferir suas próximas experiências. E vou anotar tuas dicas.
    Amanda Melo

    ResponderExcluir
  13. Oii, tudo bem?
    Eu ainda não vi nenhum dos filmes citados acima, mas tenho muita vontade de ver Pulp Fiction e As Sufragistas, parecem ser ótimos filmes.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Catharina ^^
    Dos filmes que vocês assistiu vim somente dois: Pulp Fiction e As Sufragistas. Ambos eu gostei, mas As Sufragistas tem um espaço especial em meu coração por retratar uma luta real, uma vitória para as mulheres no mundo.
    Frank & Alice me chamou bastante atenção pois falar de transtornos e distúrbios já me arregala o olho e corro pra vê. Já vou sair caçando essa película!
    Desconhecia esse filme tendo a Amanda Seyfriend como protagonista. Mesmo o tema não me chamando a atenção espero poder ver um dia mais por conta da atriz para enaltecer o trabalho dela, sabe.
    Sempre quando chega o final de semana tento ver pelo menos um filme para aliviar o estresse da semana.
    Abraços.

    ResponderExcluir

Seguidores no G+

FANPAGE

Veja também