Prisma Literário: Junho 2017

Últimos Filmes Assistidos #36

Olááá pessoas.
Como estão?
Hoje resolvi trazer mais umas dicas de filmes, como sempre, há gêneros variados e nem sempre os filmes estarão na Netflix, mas vale a pena comprar/procurar para assistir. Estou bem conectada com filmes ultimamente, até mais do que com os livros já que livro exige mais tempo e concentração. Como arranjei um emprego recentemente (pasmem), então estou ainda me adaptando a rotina. Sem mais delongas, vamos lá:

Precisamos Falar Sobre Jennifer Brown

Olá pessoas.
Eu havia anunciado há algumas semana essa coluna em que irei falar sobre alguns autores dos quis li livros e gostei bastante.Hoje resolvi falar um pouco da Jennifer Brown, já falei algumas vezes sobre ela nas tag, resenhas e sempre que tenho oportunidade pois é uma autora que precisa ser conhecida e divulgada. Os dois livros lançados dela aqui no Brasil retratam temas super delicados e interessantes de serem debatidos, então vou contar minha experiência com eles e com um conto que ela publicou com outras autoras.

Resenha: Tudo que se Perde, Tudo que se Ganha - Clarissa Corrêa

Sinopse: Se tem algo que não existe é a perfeição! Mesmo assim, estamos sempre correndo atrás da última novidade para secar a barriga ou para deixar o cabelo perfeito. Ser mulher muitas vezes parece ser um desafio diário que requer paciência, motivação e, principalmente, força de vontade! Força de vontade para lidar com as eternas insatisfações femininas, motivação para manter a autoestima em alta, paciência para lidar com quem ainda não percebeu que a beleza vai muito além daquilo que foi definido como padrão. Atenta a todas essas angústias que povoam o universo das mulheres, Clarissa Corrêa nos envolve com suas divertidas narrativas que mostram tudo o que se perde ao assumir que estamos infelizes e tudo o que se ganha ao se concentrar na mudança.
*Livro cedido em parceria com a Editora Gutenbeg.





Clarissa Côrrea é uma autora que já está na minha estante há um bom tempo por conta das publicações de suas crônicas que sempre conseguiram me trazer reflexões, lágrimas e sorrisos. Então assim que soube do lançamento desse livro, já o quis na estante apesar de não se tratar de um tema com o qual me identifico, já que nesse livro a Clarissa está focando em dietas, dicas e desabafos sobre estar acima do peso.

Precisamos Falar Sobre Easy (Original Netflix)

Olá pessoas.
Como estão?
Hoje resolvi fugir um pouco do assunto livros e vim indicar uma série que conheci por acaso através de uma amiga que super indicou e que depois de passar a noite inteira vidrada na série, trouxa a dica para vocês. A série Easy é uma produção original da Netflix e conta com uma temporada e 8 episódios com cerca de 30 minutos cada.
Cada episódio vai contar a história de um casal (seja ficante, casados, namorados, pais, gay), cada qual com sua questão e subjetividade, ou seja, é uma série que nos faz rir, se emocionar e querer mais. Então resolvi trazer aqui meus três episódios favoritos.

Resenha: Um Momento, Uma Manhã - Sarah Rayner

Sinopse: 7:44. É hora do rush no trem de Brighton a Londres. Um evento irá mudar para sempre a vida de três passageiras. Sem ter mais o que fazer e por força do hábito, Lou analisa discretamente os passageiros. Perto dela, está um casal. A mulher parece distraída e o marido, ao seu lado, acaricia carinhosamente a mão dela. De repente essa cena quase íntima é interrompida abruptamente: o homem tem um infarto. Karen, a mulher, não consegue reagir. O que há de errado com Simon? O trem para. Os paramédicos chegam. Alheia ao alvoroço que está acontecendo em outro vagão, Anna deixa sua revista de lado. Por que o trem parou? Ela tem uma importante reunião e não pode se atrasar. Depois do tumulto na chegada à estação, Anna e Lou acabam compartilhando um táxi para Londres. São duas desconhecidas unidas pelo episódio daquela manhã: Lou testemunhou os últimos momentos de vida de um homem, cuja mulher, Karen, é coincidentemente a melhor amiga de Anna. E assim os destinos dessas três mulheres se entrelaçam, tal como os passageiros que se cruzam nas estações. Para Karen, Anna e Lou, a partir daquele momento, naquela manhã, a vida não será mais a mesma... Uma história emocionante e envolvente sobre família, amor, perda e, acima de tudo, sobre a força das amizades forjadas pelas circunstâncias da vida. Assim como o trem, a vida precisa seguir em frente. E Karen, Anna e Lou sabem disso.
*Livro cedido em parceria com a Editora Onyria para divulgação. 

Sarah Rayner nos apresenta uma história delicada na pele de três personagens: Lou, uma psicóloga social que apesar de estar satisfeita com sua vida, ainda se sente mal por não assumir sua sexualidade para aqueles que a rodeiam; Anna que está sentindo seu relacionamento cada vez mais fracassado já que seu parceiro mostra mais atenção ao alccol do a ela, mesmo que os dois compartilhem a casa e a vida, Anna sente que não pode contar com ele; e por fim, Karen, a mulher que acaba perdendo o marido durante uma viagem de trem, Simon teve uma morte súbita  e por coincidência, Lou assistiu aquilo pois estava bem na frente deles.

Coleção Marcos Ribeiro

Olá queridos leitores.
Como estão?
Bom, não é segredo para quem me acompanha que sou bem fã de livros infantis. Ainda mais quando esses livros são acompanhados de mensagens, empoderamento e críticas. Quando trabalhei em uma biblioteca, conheci o autor Marcos Ribeiro e tive a oportunidade de ajudar a dar aula sobre os temas abordados pelos autor para o fundamental. Claro que diante disso, não pude deixar de trazer aqui para compartilhar com vocês um pouco sobre cada livros que li e debati com a criançada.


Sinopse: Com muito sabor e leveza, o autor mexe com todos os nossos preconceitos machistas (sem ignorar que o machismo é também um problema da mulher, da mãe que ensina aos filhos "papéis" masculinos e femininos). Uma das causas da infelicidade de muitas pessoas é essa mania de se pautar por atitudes alheias. Desde pequena, a criança aprende a imitar e competir com seus colegas, prejudicando o desenvolvimento de sua própria personalidade. Ser o que se é - eis um desafio difícil até mesmo para os adultos. Estamos tão condicionados pelos modelos vigentes que trocamos a liberdade pela opinião consensual. A frustração muitas vezes tem esta origem absurda: surge da nossa incapacidade de corresponder ao que julgamos que os outros esperam de nós. Neste livro, Marcos Ribeiro coloca a questão do masculino-feminino de forma muito didática, acessível a leitores de qualquer idade. Sobretudo, ele estimula o jovem leitor a refletir, decidir-se, opinar. Esta é, portanto, uma obra muito educativa, porque aborda, num estilo muito agradável e graças às ilustrações de Bia Salgueiro, um aspecto fundamental de nossa cultura ainda impregnada de heranças patriarcais. MENINO BRINCA DE BONECA? é uma obra lúdica e muito séria.

Resenha: Amor Amargo - Jennifer Brown

Sinopse: Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado. Até Cole aparecer. Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade… Em um retrato realista de um relacionamento conturbado, a autora Jennifer Brown – do sucesso A Lista Negra – nos leva até o limite de nossos sentimentos.





Alex está em seu último ano de colégio e sua preocupação principal é organizar uma viagem com seus dois melhores amigos: Bethany e Zach para o Colorado, que é o lugar que sua mãe estava partindo quando morreu em um acidente. Os três estão super empolgados e a rotina deles inclui planejar e falar sobre a tão esperada viagem além de pensar o que será da vida de cada um após a conclusão do ensino médio. Apesar de sentir sua família distante desde a morte da sua mãe, nada mais era anormal na rotina de Alex mas isso muda quando Cole entra em sua vida.

Últimos Filmes Assistidos #35

Olá pessoasss
Como estão?
Mais uma vez, vim trazer o que tanto amo: filmes. Na primeira oportunidade que tenho na vida, eu estou indicando filmes hahaha. Como sei que existem muitos cinéfolos como eu, é um prazer manter essa coluna e como sempre, dei um jeito de diversificar os filmes para agradar à todos ;)
Espero que gostem.  

Resenha: Nós - Ievguêni Zamiátin

Sinopse: Nós é um romance distópico escrito entre 1920 e 1921 pelo escritor russo Yevgeny Zamyatin. A história narra as impressões de um cientista sobre o mundo em que vive, uma sociedade aparentemente perfeita mas opressora, e seus conflitos ao perceber as imperfeições dele, ao travar contato com um grupo opositor que luta contra o "Benfeitor", regente supremo da nação. O livro só adentrou legalmente a pátria-mãe do autor em 1988, com as políticas de abertura do regime soviético, devido à censura imperante no país.
*Livro cedido em parceria com a Editora Aleph para divulgação.




Nós de Ievguêni Zamiátin pode ser chamado de a distopia original, pois deu o ponto de partida para as grandes historia Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley e 1984 do incrível George Orwell. Nós foi publicado em 1924, numa época de crise, onde escritores estavam com pouco espaço e eram apagados pela grande guerra. Ievguêni Zamiátin sofreu para publicar seu livro, sendo alvo de criticas e ameaças pelos ideias que sua obra apresentava, chegou a enviar uma carta formal à Stalin, solicitando que seu livro fosse publicado em solo americano, tal carta se encontra presente nessa nova edição da Aleph, que também trás uma resenha do livro escrito pelo próprio George Orwell, o que lhe trás a sensação de como foi esse livro ter surgido em uma época tão caótica para se existir.

Caixa de Correio #47

Olá pessoas
Como estão?
Hoje venho mostrar para vocês tudo que chegou nos últimos meses (Abril e Maio), como não tem chegado tanta coisa quanto antes, resolvi fazer uma Caixa de Correio acumulada. Sem mais delongas, vamos lá...

Resenha: A Bela e a Fera - Elizabeth Rudnick

Sinopse: Bela deseja para sua vida muito mais do que a pequena cidade provinciana de Villeneuve pode oferecer. Lá, ela se destaca da multidão com um ponto de vista único, uma independência vigorosa e um notável amor pelos livros. Ela anseia por viagens e aventuras, e por uma vida tão empolgante quanto as histórias que lê, mas, quando seu amado pai é aprisionado por uma fera em um castelo encantado, o destino de Bela muda para sempre. Ao arriscar sua liberdade e seu futuro, ela assume o lugar do pai, jurando-lhe que escaparia em segredo. No entanto, conforme aprende mais sobre a Fera e seu misterioso castelo, Bela descobre que pode haver mais sobre a história dele – e sobre a sua própria – do que ela jamais poderia ter imaginado.
*Livro cedido em parceria com a Editora Universo dos Livros para divulgação. 




A Bela e a Fera é provavelmente um dos contos de fadas mais famosos da Disney e um dos mais adorados também. Esse ano (2016) foi lançado uma readaptação da história com a Emma Watson interpretando Bela e é claro que os fãs foram a loucura. Após o filme, houve essa edição oficial que conta a história de Bela, uma menina que é vista como estranha e engraçada pela aldeia onde vive desde sempre com seu pai. É a unica garota que gosta de histórias e livros, enquanto o resto está interessado apenas em fofocar sobre as pessoas.

Leituras do Mês de Maio

Oláááá pesssssoooass.
Mais uma vez trago à vocês as leituras do mês passado. Dessa vez foi até um pouco mais produtivo do que pensei já que estava conciliando com os estudos para as provas que começaram agora no inicio desse mês. Além do mais, consegui ler livros que queria faz tempo que estavam parados na minha estante, então já valeu a pena.

Resenha: #GIRLBOSS - Sophia Amoruso

Sinopse: Sophia Amoruso passou a adolescência viajando de carona, furtando em lojas e revirando caçambas de lixo. Aos 22 anos ela havia se conformado em ter um emprego, mas ainda estava sem grana, sem rumo e fazendo um trabalho medíocre que assumiu por causa do seguro-saúde. Foi aí que Sophia decidiu começar a vender roupas de brechó no eBay. Oito anos depois, ela é a fundadora, CEO e diretora criativa da Nasty Gal, uma loja virtual de mais de 100 milhões de dólares, com mais de 350 funcionários. Além da história de Sophia, o livro cobre vários outros assuntos e prova que ser bem-sucedido não tem nada a ver com a sua popularidade; o sucesso tem mais a ver com confiar nos seus instintos e seguir a sua intuição. Uma história inspiradora para qualquer pessoa em busca do seu próprio caminho para o sucesso.
*Livro cedido em parceria com a Editora Seoman para divulgação. 

#GIRLBOSS é narrado pela própria Sophia Amoruso que conta como passou de uma adolescente que roubava lojas e fuçava lixos para uma grande empreendedora. Tudo começou quando resolver vender umas roupas vintage no eBay mas ela jamais imaginava que a partir daí, teria seu próprio negócio que hoje é de grande sucesso.
LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo