Prisma Literário: Resenha: Como Tatuagem - Walter Tierno

Resenha: Como Tatuagem - Walter Tierno

Sinopse: Artur é um cara rico, superficial e egoísta. Bonito e popular entre as mulheres, não tem o menor respeito por elas — sua vida amorosa se resume a colecionar parceiras na cama. Essa rotina de prazeres e privilégios é interrompida quando ele sofre um grave acidente de carro. Para ajudá-lo a se recuperar, sua mãe contrata a fisioterapeuta Lúcia. Desde criança, Lúcia sofre o preconceito que persegue os portadores de vitiligo. Sua mãe sempre esteve presente para apoiá-la e fazê-la enfrentar os obstáculos que a vida lhe impõe. De temperamento doce, porém decidido, Lúcia tem uma consciência peculiar e aguda sobre o mundo. Mas, quando se vê sem o amparo materno, suas certezas desabam. O encontro de duas pessoas tão diferentes vai gerar muito atrito, mas com o tempo Lúcia e Artur vão descobrir algumas das infinitas facetas do amor e, entre conquistas, medos, perdas e paixões, verão suas vidas transformadas para sempre.
*Livro cedido em parceria pela Editora Verus para divulgação. 

Artur é um homem rico, bonito e com o lema de curtir a vida ao máximo e nada melhor do que curtir a vida com mulheres ao seu lado o tempo, de preferencia, cada dia com uma em sua cama. Um protagonista extremamente egoísta e superficial que provavelmente todos terão ânsia assim como eu ao se deparar com o tal. Artur foi criado de uma forma que o tornou mimado e imediatista, sem ter empatia alguma pelos que os cercam e sem o minimo respeito pelas mulheres ou pela própria família. Quando perde as duas pernas durante um acidente, descobre o pior de sua vida.

Lúcia é uma garota que mora com a mãe, ambas se esforçam para colocar comida dentro de casa e desde que se entende por gente, Lúcia sofre por ser diferente já que nasceu com vitiligo. Ao longo da vida, esconde o que pode com maquiagem mas isso não a poupa de bullying e exclusão da parte dos colegas e de pessoas no geral. Sua mãe é tudo que ela tem e construiu uma menina com personalidade forte e decidida que nos cativa logo de inicio. Lúcia perde a mãe logo no inicio da narrativa e automaticamente terá que se esforçar ainda mais para se manter.

Quando essas duas pessoas completamente diferentes se encontram, o que esperamos é divergência de opiniões e comportamentos, o que realmente acontece no inicio mas como previsto, logo ambos começam a ter uma grande atração pelo outro. A história de fato foi bem construída com personagens diferentes e marcantes (seja por ser bom ou ruim) mas o romance entre os dois não conseguiu me conquistar.

Artur apesar de demonstrar mudança ao longo da história, não consegue tirar a minha impressão de "arrogante" e "desrespeitoso" que obtive dele logo de inicio. Lucia consegue mudar algumas coisas nele, porém, a impressão que passa, é que ele só tem respeito por Lúcia por gostar ou se apaixonar por ela, e não porque a consciência dele mudou, pois em meu ponto de vista, ele continua sendo alguém egoísta que não está nem aí para ninguém fora aqueles que oferecem algo a ele (seja em questão sentimental ou material). Então, Artur não conseguiu me fazer sentir nada além de raiva e dó pela personalidade fraca. Entendo que ele passou por muita coisa após perder sua perna e que não devemos julgar como cada um reage com os acontecimento da vida, porém, o respeito não deve faltar ao próximo independente do que aconteça na sua, e Artur não tem o menor respeito pelos próprios pais.

Quando Lucia passa a ficar com Artur, não foi algo que gostei e sinceramente, torci muito para que o final fosse ambos separados, pois Lucia é uma personagem cativante que merece o melhor do mundo, mas não vou contar aqui o que acontece no final, leiam e saberão.

A maior parte do tempo foi uma leitura bem irritante para mim já que os capítulos são alternado entre Artur e Lúcia, então quando era Artur narrando, eu só passava nervosos e rezava para uma pessoa como essa não existir na vida real (infelizmente sabemos que existe bem mais do que gostaríamos), quando chegava no capitulo de Lucia, era compensado por ser uma pessoa que pensa no bem de si própria e dos outros que a cercam. Mas como dizem, os opostos se atraem.

Enfim, é um livro que vai sim te fazer passar nervoso e raiva porém, se o livro te faz ter sentimentos, é algo válido. Foi muito interessante ver duas personagens distintas e ver como existe na vida real pessoa com pensamentos e comportamentos nada parecidos e como mesmo assim, um pode completar o outro.

38 comentários:

  1. Olá Catharina
    Eu já tinha visto outros comentários a respeito desse livro, mas preciso confessar que não chamou muito a minha atenção. De qualquer maneira, adorei poder conferir suas impressões sobre o título. Por sua resenha, fiquei curiosa sobre o desenvolvimento dos personagens e a narração também..
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi. conheço o autor do livro, pena que em alguns momento a leitura foi irritante, tenho vontade de lê-lo para saber mais da escrita do autor.

    ResponderExcluir
  3. Varias coisas me chamam a atenção neste livro, a começar da capa. Fiquei imaginando o que o personagem pode ter feito para fazer você passar tanto nervoso, e espero descobrir na leitura.
    Adorei a resenha.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Não conhecia a obra, mas gostei dessa divergência entre os personagens. Eu provavelmente detestaria o Arthur também e como você, não iria apreciar muito os capítulos narrados por ele. Ainda assim, fiquei curiosa pela vida da Lúcia e qual será o final que ela terá e como você, também torceria para ser separado haha.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  5. Oiee, tudo bem? Olha, sempre sigo suas dicas, sério! Mas fiquei com medo desse livro, pois você disse que a leitura deixou você irritada ás vezes, e quando o livro me deixa assim eu não consigo terminar de ler. Mas vou pensar melhor sob ele! Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi!

    É a segunda resenha que leio desse livro e é a segunda que apontam as mesmas coisas. Eu tenho um pouco de preguiça de leituras que me deixam irritada, porque é bem diferente daquelas que me tiram da zona confortável. Eu fiquei bem desanimada, confesso, e não é uma leitura que lerei por agora. Mas parabéns pela resenha!

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Catharina,
    O livro me parece ter uma história linda! Não sou muito fã de romances mas gostei bastante da premissa da história. Espero que os opostos tenham se atraído tanto ao ponto de ficar juntos. rsrs
    Infelizmente existe muita gente no mundo parecida com o Artur, tanto homens quanto mulheres. Fiquei curiosa para saber da relação da história com o nome do livro.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  8. Oi, confesso que esperava que mesmo que Arthur fosse dessa forma no início ele realmente mudasse com todos e não só com ela, por estar apaixonado. Achei a capa incrível e acho que a história tinha tudo para ser incrível, mas não sei se eu daria conta de lidar com um personagem assim... Acho que esse poderia ser a primeira vez que eu torceria para que eles, assim como você, não ficassem juntos. Vou esperar mais um pouco antes de decidir, mas pelas suas impressões eu não leria a obra não. Obrigada pela sinceridade ao falar sobre a obra!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  9. Hmm, se o romance não cativa, acho dificil o livro cativar. Eu não fiquei interessada nessa história :(

    ResponderExcluir
  10. Logo no inicio da resenha eu achei a premissa muito parecida com "Como eu era antes de você". Jovem arrogante e materialista que sofre acidente + Jovem pobre e peculiar que cruzam o seu caminho um do outro e tudo se transforma...
    Mesmo com essa semelhança, ainda assim eu leria, pois gosto de livros fortes e marcantes.
    Adorei a resenha.
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  11. Quando vi esse título eu achava que era algo diferente. Mss eu fiquei um pouco decepcionada com o enredo. Pessoa rica mais jovem trabalhadora é uma coisa muito clichê. Fisioterapia mais acidente também. Espero que eu esteja enganada. Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    a sinopse e a capa me chamaram a atenção, até cheguei a marcar o livro como desejado, mas depois de ler a sua resenha me decepcionei. Primeiro porque ao torcer contra os protagonistas, nos mostra que o enredo é vazio, superficial ou chato demais mesmo. Segundo que o fato de ficar alternando entre um e outro também me irrita, leio livros assim e fico nervosa.
    Beijos.
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Achei a premissa interessante e a história parece ser boa. Realmente quando os livros nos despertam sentimentos é porque a leitura é válida, ainda que seja raiva hahah. Fiquei curiosa para saber mais sobre os personagens e como eles se aproximam já que são bem opostos. Adorei a resenha!

    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  14. Oie...
    Adorei conferir suas impressões a respeito da obra!
    Porém esse livro nunca me despertou interesse e ao você mencionar que a leitura foi por diversas vezes irritante me desanimei por completo em ler.
    Passo a dica!
    beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá Catharina,
    Acho que esse livro não é para mim, não curto muito personagens egoístas, como esse parece ser. Que, mesmo mudando, demonstra ser extremamente desrespeitoso, uma coisa que não me agrada.
    Vou deixar essa dica passar, pois acho que a probabilidade desse livro não me agradar e, principalmente, me irritar, são grandes.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  16. Oiee,
    Olha se eu visse esse livro numa livraria ao ler essa sinopse eu já dispensaria, definitivamente dispenso livros com protagonistas misóginos.
    E lendo a sua resenha pude perceber que o personagem só evoluiu superficialmente, tenho certeza de que esses fatores fariam eu não gostar nem um pouco da leitura. Por isso nem me arriscaria a fazê-la.
    Beijoos

    ResponderExcluir
  17. Olá
    Não conhecia a obra, apenas a capa.A premissa tem tudo para ser boa, mas esses personagens egoístas só me fazem tomar birra da estória e largar o livro.Pelo pouco que você falou da protagonistas da para vê que ela é um amor.A capa não me atrai nem um pouco.Fiquei interessada com a leitura, mas ao mesmo tempo com um pé atrás. Fiquei bem curiosa em saber por que você não queria que a Lúcia ficasse com o Artur. Quem sabe um dia dou uma oportunidade para estória. Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  18. Não é bem o livro que eu tenho em mente pra mim. Acho que o enredo iria me frustrar bastante como leitora, infelizmente.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem por aí?

    Confesso que achei um pouco parecido com "Como eu era antes de você", da Jojo Moyes, e, ao contrário dele, "Como Tatuagem" não chamou a minha atenção. Depois da sua resenha, fiquei com menos vontade ainda de lê-lo por causa dos pontos que você citou. Ah, parabéns pela resenha e pelo blog!

    Beijos!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  20. Oi Catharina, tudo bem?
    Não é a primeira vez que vejo alguém falar mal do Artur e acredito que a leitura funcionaria da mesma forma para mim, eu também passaria muita raiva com o egoísmo e arrogância desse personagem! Provavelmente pularia os capítulos que são narrados por ele, haha. Pior que realmente existe muita gente babaca por aí mesmo, e é uma pena que o final não tenha sido como você queria. A capa é linda, mas a premissa não me encantou então não lerei tão cedo.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  21. Oie, tudo bem?Não conhecia o livro e achei bacana essa questão da aproximação em decorrência das diferenças e do preconceito.Imagino que o Arthur deva mesmo ser insuportável, e como ele não parece mudar acho que eu também torceria pro fim dos dois separados huahuahaumeninas más :P Bjosss

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Não gostei da sua experiência ao ler o livro, sentindo raiva do personagem o tempo todo, mas gostei muito do enredo. Nunca li nada envolvendo alguém com vitiligo. E o fato de o outro par não ter uma perna me deixou ainda mais curiosa. São duas pessoas que, à sua maneira, enfrentam dificuldades bastante singulares. Quero ler.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  23. oie, gosto desses livros que nos dão vislumbres de vida real, mesmo sendo fictícios. Uma pena que o personagem te irritou tanto, e mesmo os capítulos da menina sendo legais, acho que eu não gostaria de passar raiva com os capítulos del.

    ResponderExcluir
  24. Olha, vou ser bem sincera. Quando tenho problemas com personagens principais isso reflete muito na minha opinião geral da obra, e como tenho certeza que ia odiar esse Artur, não tenho a menor vontade de conhecer a história. Eu também torceria pra eles terminarem separados, e odeio quando tenho essa reação a um casal.

    ResponderExcluir
  25. Vendo sua resenha, fico até feliz que não pedi o livro. Fiquei irritada com os personagens só de ler aqui haha imagina se eu lesse o livro, ia ser abandonado com certeza
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  26. Olá,
    Acho que eu acabaria rasgando as páginas que Arthur narra, ele realmente nunca conseguirá tirar esse jeito arrogante que mostrou durante parte da história, eu até fico torcendo para que ela não tenha ficado com essa criatura.
    Sou igual a você e sofro pelos e com os personagens, não esquecendo de todo o tormento que esta protagonista passa. Mas fiquei instigado de conhecer este livro cara a cara.

    ResponderExcluir
  27. Olá, tudo bem? Quando vi esse livro sendo lançado fiquei bem interessada porque a capa é linda. Mas não sabia bem do que se tratava. Mas lendo sua resenha percebo que dificilmente iria curtir a leitura. A proposta dele não me agrada muito e os pontos que você citou certamente me incomodaram, como o protagonista nojento e egoísta. Um beijão

    ResponderExcluir
  28. Já li algumas resenhas desse livro, e é seu ponto de vista sobre ele, me chamou a atenção. Ainda não tinha lido essa opinião sobre o Artur, o que me acrescentou e muito. Não são todos que conseguem transformar uma pessoa do tipo dele em "herói" no decorrer da narrativa, é pelo que vi, não é o que acontece nessa obra, o que achei uma pena, pois a leitura não fluiu da maneira que deveria acontecer. Ainda assim, tenho curiosidade em saber mais sobre a história.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  29. Embora eu tenha ficado bem interessada quando vi a divulgação do livro, não é bem meu tipo de história. Isso, somado ao fato de você comentar que ele é bem irritante em alguns momentos me faz pensar se dou ou não uma chance à leitura.
    Por outro lado, penso como você, que se um livro faz sentir (seja qual for o tipo de sentimento) ele já se torna super válido, então... Confesso que sua resenha só fez com que eu ficasse confusa, sem conseguir decidir se quero ou não ler o livro...rs
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  30. Oi, Catharina

    Eu acho essa capa linda! Mas não sei se leria o livro. Tenho a ligeira impressão de que me sentiria da mesma forma que você se sentiu em relação ao Artur. Então se é pra passar raiva eu prefiro nem ler! Hahahaha

    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Oi Catharina! Ah, como eu gosto do seu nome! Acho lindo! Mas vamos falar da resenha, rs. A sua já é a segunda que eu leio desse livro, e ambas com a mesma opinião. Principalmente sobre a raiva do personagem e por torcem que o casal não fique junto. Mesmo com as partes negativas isso chama minha atenção, já que foge do padrão das leituras que vemos por aí. Talvez eu dê uma chance ao livro. Abraços

    ResponderExcluir
  32. Oiii flor,
    Eu ainda não tinha escutado falar desse livro.
    Gostei bastante da capa.
    Mas é um pena que o casal não tenha tanta liga, por assim dizer. =/

    ResponderExcluir
  33. Olá!

    Caramba, que capa mais linda a desse livro! Eu não o conhecia, por isso foi ótimo poder conferir seus comentários a respeito da obra, especialmente porque essa sinopse me interessa e até o título me chama a atenção. Com certeza vou procurar saber mais sobre o livro, muito obrigada pela dica.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  34. Oi
    Acho a capa desse livro incrível.
    Mas nunca me senti atraída pela história e confesso que depois de ler sua resenha fiquei com menos vontade ainda. Não estou com paciência para personagens irritantes e histórias assim.
    De qualquer forma anotei a dica. Quem sabe em outro momento?
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  35. Olá,
    Pude perceber que você não gostou nada de Artur e até torceu para que ele e Lucia ficassem separados no final rsrs
    Gostei muito da premissa e o fato de abordar sobre o vitiligo, doença que pouco é discutida no meio literário e faz a obra ganhar pontos comigo.

    https://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Gostei da premissa também, mas comecei a ler sua resenha com uma expectativa e terminei com outra. Acho que vou buscar outras opiniões e ver se continuo com a mesma impressão: vou me irritar com o personagem a ponto de abandonar, hehehe. Beijos e valeu pela dica!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  37. Oiii, tudo bem?
    Não conhecia esse livro, mas gostei bastante da premissa na resenha e na sinopse, fiquei curiosa para fazer a leitura.
    excelente post, amei.
    Abraços Mary ;)

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo