Prisma Literário: Resenha: Retalhos - Craig Thompson

Resenha: Retalhos - Craig Thompson

Sinopse: Uma das graphic novels mais premiadas dos últimos tempos, Retalhos é um relato autobiográfico da vida no Meio Oeste americano. Thompson retrata sua própria história, da infância até o início da vida adulta, numa cidadezinha de Wisconsin, no centro dos Estados Unidos, que parece estar sempre coberta pela neve. Seu crescimento é marcado pelo temor a Deus - transmitido por sua família, seu colégio, seu pastor e as trágicas passagens bíblicas que lê -, que se interpõe contra seus desejos, como o de se expressar pelo desenho. Ao mesmo tempo Thompson descreve a relação com o irmão mais novo, com quem ele dividiu a cama durante toda a infância. Conforme amadurecem, os irmãos se distanciam, episódio narrado com rara sensibilidade pelo autor. Com a adolescência, seus desejos se expandem e acabam tomando forma em Raina - uma garota vivaz, de alma poética e impulsiva, quase o oposto total de Thompson - com quem começa a relação que mudará a visão que ele tem da família, de Deus, do futuro e, enfim, do próprio amor. Retalhos traz as dores e as paixões dos melhores romances de formação - mas dentro de uma linguagem gráfica própria e extremamente original.
Retalhos é um quadrinho que conta a biografia de Craig Thopmson - próprio autor - desde a infância até sua vida adulta e todos os conflitos, dúvidas e descobertas da adolescência que é o foco principal do livro. Craig sempre teve muito temor á Deus por conta de sua família então suas atitudes e pensamentos eram sempre muito bem calculados por esse temor.

Craig é um personagem marcante com uma vida marcante, que narra para nós com desenhos muito bem planejados a rotina com seu irmão mais novo, com quem dividiu a cama boa pate de sua vida e como foi amadurecer e perder a intimidade que tinha com o irmão. Logo conhece Raina, uma garota que desperta o desejo e curiosidade no menino começando uma relação muito bonita e que irá mudar seus princípios e visões que ele tem sobre família e Deus.

Esse era um quadrinho que sempre tive vontade de ler, desde a primeira vez que me deparei com ele por acaso numa livraria, até que finalmente resolvi e comprar e depois de muito tempo, iniciei a leitura e quando dei por mim, estava devorando cada página como se não houvesse amanhã. Craig nos passa uma sensibilidade e inocência marcante e ao mesmo tempo experiências da puberdade que qualquer um irá se identificar em algum momento. O livro tem como foco principal a curiosidade e a descoberta da própria sexualidade e como é para um adolescente lidar com tudo isso.

A arte do livro está simples e singela, e certos desenhos eu tinha vontade de tirar cópia e colar nas paredes do meu quarto de tão bem feitos e interessantes. Sem dúvidas, foi uma das melhores graphic novel que tive oportunidade de ler e Craig me conquistou do incio ao fim assim como muitos outros personagens e com assuntos que adoro ver em livros e quadrinhos.

Além da descoberta da sexualidade, o livro aborda diversos temas como: insegurança, religião e puberdade  de uma forma que qualquer um de nós pode vir a se identificar e por isso que o protagonista consegue nos cativar tanto, principalmente por saber que ele é real.

Uma leitura com traços marcantes recomendada para todas idades e gostos, vale muito a pena arriscar. A edição está linda, assim como a capa e espero que quem arrisque a ler seja marcado como eu fui pela vivência de Craig e suas experiências.

41 comentários:

  1. Oiii Catharina, como vai??
    Garota eu morro de vontade de ler essa obra, uma amiga me indicou no final do semestre na faculdade dizendo que é um dos seus livros favoritos e realmente entendo o porque, a história parece ser fascinante. Parabéns pela resenha.
    Beijinhoss

    ResponderExcluir
  2. Oi
    Tudo bom?
    Nunca li graphic novel, mas confesso que tenho bastante curiosidade. E Retalhos parece ser bem interessante, com tudo o que normalmente gosto em uma leitura.
    Adorei sua resenha!
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Gostei demais desse post.
    É tão bom ver livros assim.
    Eu amo esse estilo de obra.
    Amei sua resenha. Beijos.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
  4. Oi, moça!

    Eu comprei esse livro há uns meses, mas ainda não consegui parar para ler. Comprei-o porque uma amiga me recomendou e porque tô gostando muito de quadrinhos *-*
    Já li algumas partes e sei que vou gostar muito como um todo <3
    Gente, que grandão, né? Quando o vi na caixa fiquei muito surpresa (até então não tinha visto a quantidade de páginas).
    Deve ser uma história muito marcante mesmo <3

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ola
    Que história, Hein. Ótima resenha, mas mesmo adorando graphic novel, essa não vai para minha whishlist. Gosto mais de outro estilo para minha coleção de graphic novels.
    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Gostei da maneira simples e despretensiosa de lidar com os temas mencionados e pela sensibilidade e inocência do personagem. Não sou muito ligada à esse estilo de leitura, mas sua resenha me envolveu tanto que fiquei com gosto de quero mais.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  7. Oiii,
    fiquei interessada na obra, confesso que não a conhecia, mas lendo sua resenha me deu essa vontade de conhecer mais a fundo toda a história, espero poder ler em breve.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oiee

    Eu estou com esse quadrinho a tempos na minha lista de desejos, eu já tinha visto uma resenha e fiquei encantada.
    Eu imagino mesmo uma edição muito mais linda pessoalmente e a história muito marcante.
    Adorei sua resenha e espero não demorar muito mais para adquirir o meu.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Acho bem legal biografias em graphic novel, acho que as histórias ficam tão singelas, bonitas. Minha irmã gosta ainda mais, é uma boa ideia para presentea-la

    ResponderExcluir
  10. Nao conhecia esse quadrinho, gosto bastante quando eles sao biograficos assim e tal. O ultimo que li nessa pegada foi MAUS. Dica anotadissima. Espero poder me encantar com a obra tanto quanto vc.

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    interessante. Não conhecia o quadrinho, achei bem bacana a forma com a qual é abordado todos os temas.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Esse é o tipo de livro que gostaria muito de ler. primeiro o autor foi bastante ousado em fazer isso com a história. E amei a maneira como o ''personagem'' é. Pretendo ler esse livro em breve, nunca tinha ouvido falar algo parecido.

    Oxente, Leitora!

    ResponderExcluir
  13. Oi linda,

    A capa é uma delicadeza pueril e bem infantil e isso em tocou bastante.
    Uma história de vida contada pela própria pessoa é um prato cheio para uma montanha-russa de emoções nos leitores, pois a obra é sempre carregada de revelações e sentimentos.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Já tinha visto o livro, mas não vi sobre o que era, e vendo agora adorei os temas abordados, geralmente não leio quadrinhos, falta de costume mesmo, mas esse me interessou bastante!
    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Graphic Novels são tão lindos *-*
    Gostei bastante da sua resenha e fiquei com muita vontade de adquirir a obra. Quem sabe um dia...
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá,

    Não costumo ler muitos quadrinhos, mas esse realmente possui um enredo interessante. Como estou querendo me arriscar, acho que vou dar uma chance a obra.

    Abraços
    oblogcaentrenos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá! Gostei da proposta, amo Hq's e quando a temática apresenta histórias diferentes, são mais legais. Os temas apresentados na história são bem interessantes, beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Eu não conhecia a obra e confesso que a premissa eu não achei lá essas coisas, mas como tô numa vibe de ler Graphic Novel, acho que leria por curiosidade.
    Anotei a dica para dar uma conferida futuramente.
    Gostei dos pontos abordados na resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem?

    Apesar da forma com que vc apresentou esse quadrinho ter sido atrativa e da sua boa opiniao, confesso que, ainda assim, não senti vontade de ler. A premissa não me cativou muito, mesmo sendo a história do próprio autor, pelo qje entendi. Por isso, vou deixar a dica passar. XD

    Beijo!

    ResponderExcluir
  20. Olá.
    Nunca li um quadrinho, acredita.
    Anotei essa dica aqui, pois a premissa realmente interessante, principalmente pelo fato do autor contar a própria história, eu simplesmente adoooro isso.

    ResponderExcluir
  21. Hey, Catharina!

    Não sou fã de quadrinhos. Não consigo gostar... rs.
    Vou deixar essa dica passar.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Nossa que livro fofo, eu adoro graphic novel, tenho as minhas da DC e da Marvel, mas ainda não cheguei de comprar nenhuma que não seja de quadrinhos, essa é uma boa pedida pra começar não é. Ainda mais com ilustrações tão lindinhas assim.
    Xoxo

    ResponderExcluir
  23. Fiquei bem curiosa pq não conhecia o livro. Eu adoro grafic novels, sou apaixonada por HQs e mangás. E a temática desse me vai de encontro as ideias. Vc podia ter colocado umas fotos das suas imagens favoritas pra gente ver, agora vou ter q ir atrás dele em um livraria para ao menos folhear :P

    ResponderExcluir
  24. Oi! Tudo bem?

    Eu adoro quadrinhos, apesar de fazer muito tempo que não pego um pra ler... Fiquei interessada pela premissa desse. Você disse que devorou as páginas e eu fiquei muito curiosa por isso, pois é exatamente de uma leitura assim que preciso. Vou colocar "Retalhos" em minha wishlist.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  25. Oooi!

    Muitoooo raramente leio quadrinho, nem me lembro qual e quando foi o ultimo. Não que eu não goste, amo, mas quase não procuro mesmo. Não conhecia esse, dica mais que anotada!

    Beijoos!
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oie! Não sou de ler quadrinho, mas a Grazi lá do blog resenhou esse livro e eu adorei, fiquei realmente curiosa com a sensibilidade do autor.
    Bjo

    ResponderExcluir
  27. Eu tenho um certo problema com graphic novels: não consigo me concentrar direito na história por conta das imagens. Mas já ouvi falar muito bem dessa e tenho vontade de dar-lhe uma chance. Quem sabe um dia, né mesmo?!

    ;*

    ResponderExcluir
  28. Já tinha ouvido falar sobre o livro mas não tinha dado muita atenção. Agora, depois da sua resenha fiquei com a sensação de que estou perdendo tempo em não conhecer o trabalho do autor e essa GN que parece muito mais do que interessante. Fiquei curiosa em conhecer melhor, ainda mais que você comenta que teve vontade de colocar alguns dos desenhos pelo quarto - acho que isso só mostra o quão lindo e tocante devem ser os traços. Com certeza entrou para a lista!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  29. Oi

    Não conhecia esse quadrinho. Achei bem interessante por retratar a vida do autor. Foi isso mesmo que entendi?

    Diferente né.

    Ótima resenha

    Bjs

    ResponderExcluir
  30. Oi

    Não conhecia esse quadrinho. Achei bem interessante por retratar a vida do autor. Foi isso mesmo que entendi?

    Diferente né.

    Ótima resenha

    Bjs

    ResponderExcluir
  31. Oi tudo bem, não conhecia o autor ou a obra, o livro parece bem interessante, e o fato de ser nesse formato torna mais atrativo
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  32. desde que vi essa HQ fiquei numa vontade enorme pra ler... ainda não tive oportunidade, mas qnd vejo na livraria fico babando... legal que ele tem uma história interessante, de fazer a gente devorar as páginas... ^^
    bjs...

    ResponderExcluir
  33. Olá,
    O que mais me atrai nesse quadrinho com certeza é o traço, já vi algumas páginas e gostei bastante. Sei que a história é importante, mas em HQ o traço conta muito pra mim.

    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  34. Gostei. Gosto de livros que alem de dar prazer nos faz refletir.
    Bjs

    ResponderExcluir
  35. Olá, tudo bem?
    Um quadrinho que ao mesmo tempo é uma biografia? Que diferente! Além disso, a temática é super interessante, gostaria de ver isso de sexualidade e religião em um mesmo livro.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  36. Oi. eu achei um livro fofinho, com uma arte bacana, mas para o público juvenil, ele é bem adolescente, lógico que não impede que adultos leiam, mas não entraria em minha meta de leitura para o momento.

    ResponderExcluir
  37. o sentimento que tu passou na resenha é basicamente o que espero quando ler, eu adoro quadrinhos, a leveza da história junto do traço é sempre muito boa

    ResponderExcluir
  38. Já conhecia esse quadrinho, mas ainda não tive a chance de ler. Na verdade pouco sabia a respeito dele. Me interessei bastante por ele agora lendo sua resenha. Vou anotar aqui para não esquecer de ler depois.

    ResponderExcluir
  39. Eu não tenho muitas graphics na minha estante, mas essa me conquistou na sinopse. Com certeza vai ser uma das primeiras que eu vou colocar na estante.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  40. Olá Catharina,
    Não conhecia essa graphic e para falar a verdade não tenho muito o costume de ler isso, mas a forma apaixonada que você escreveu a sua resenha me chamou a atenção sem dúvidas.
    Vou procurar mais sobre esse quadrinho.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  41. Oie Catharina, tudo bom?

    eu nunca tinha visto esse livro, e também não conhecia o autor.
    A capa não me chama muito atenção, mas pela sua resenha parece combinar bem com a história do livro, passa uma ideia de inocência, uma capa singela.
    Agora não seria um livro que escolheria porque não estou acho que no humor, mas é com certeza um livro para se add na lista, para a hora certa!

    Obrigada pela dica!

    =)

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo