Sou de ansiedade com ascendente em pressa

06:23

Olááá leitores.
Como estão?
Hoje vim mais uma vez trazer algo diferente de livros, como já disse anteriormente, sempre que vejo algum texto ou conteúdo que goste, faço questão de trazer para cá. E me deparei com esse texto no site MODA FTM, como me identifiquei, quis compartilhar com vocês, espero que curtam ;)

E não que eu me orgulhe disso, mas assim eu sou.
E na verdade, eu já passei muito perrengue por essa ansiedade toda. Uma vez eu devia esperar para fazer o pedido de ter algo mais sério, não esperei, assustei e afastei. Outra vez não quis dar o tempo que me foi pedido, preferi decidir e me arrependi. Esse é o tipo de coisa que acontece com gente como a gente. Sem contar aquela vez que preferi não me dar um tempo para pensar e depois tudo o que eu queria era esse tempo de volta.
Só que tem o lado bom também.
Eu penso não ser obrigado a aceitar o tempo de ninguém. Não sou obrigado a ficar esperando outras pessoas decidirem o que farão com a vida na qual tem total interferência na minha. É por isso que eu prefiro pecar pelo excesso do que pela falta. Prefiro parecer interessado demais do que desinteressado.
Entre uma e outra história toda eu vou tentando equilibrar meu jeito.
Tem também a parte da vida parecer rastejar para acontecer.
É difícil aceitar que “as coisas são assim mesmo, tudo tem sua hora” quando eu quero rasgar as mangas para fazer essa hora ser agora. Já! Não daqui a pouco.
Nisso tem a ver também com a parte boa de ser assim: eu aproveito os segundos.
Não faço parte do time que gosta de joguinhos com o coração. Esse negócio de “vou mandar uma indireta”, “vou esperar que perceba” e tudo mais, não tem nada a ver comigo. Se eu quero que saibam, eu vou fazer com que saibam.
E isso é ainda mais certo quando envolve um sentimento bom.
É que para mim não faz sentido deixar alguém não saber do que eu sinto e esperar que esse alguém perceba sozinho.
Quanto mais você espera da vida, menos ela acontece.
O tempo é algo valioso demais para ser desperdiçado esperando.
Se eu estiver gostando de você, você vai saber disso. Se eu estiver odiando, também saberá. Se eu quiser pedir desculpas, vou te pedir. Se eu achar que errou, vou te falar. E continuo assim.
O segredo está em conseguir respeitar todo este valor do tempo.
Respirar um pouco antes de dizer e pensar um pouco antes de decidir.
Não é sobre a pressa ser inimiga da perfeição, mas sim do coração.
É por isso, também, que não consigo engolir aquela história de “amanhã a gente conversa”, “tenho algo para te falar, mas depois te conto”, “vê quando você pode e a gente se fala”. Não, sério. Não! Me diz agora, dá um jeito – a gente sempre arranja um jeito – vamos resolver já e me diz agora o que quer. Se não quer mais, diz agora. Se quer diferente, diz agora. Só diga o que quer.
É sempre melhor escolher a dor da verdade do que a mentira do amor.
Sou de ansiedade, com ascendente em pressa na tentativa de felicidade.

Poderá gostar também de

22 comentários

  1. Olá linda,

    É um texto puramente emocional e carregado de impressões pessoais.
    Todo mundo é ansioso em alguma área da vida e não tem como escapar, mas ser inconsequente e imaturo diante o "tempo" psicológico e emocional dos outros é algo inaceitável.

    Quando alguém diz "amanhã a gente conversa" não é protelação e sim refletir sobre os sentimentos que está sentindo e acalmar o espírito. Resolver as coisas no "calor" do momento só gera mais sofrimento.
    Aguardar o momento certo de falar é algo que aprendemos com os acontecimentos da vida.

    Não concordo é querer fazer tudo na HORA que quiser e falar do que pensa ou sente, porque isso é imaturidade e não personalidade.

    Beijos!
    http://poesiaqueencantavida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi!

    Adorei o texto, principalmente a frase "Quanto mais você espera da vida, menos ela acontece" o que é a mais pura verdade. Criar expectativas demais, no geral traz decepção.

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, mas acho que não sou o extremo da ansiedade. Às vezes sim, às vezes não. Até nisso sou uma incógnita. haha

    Adorei o texto deles.

    Beijos, Thay Rocha
    www.leitoranamoda.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Catharina!
    Que texto lindo! As mensagens desse texto são inspiradoras e nos faz refletir, é sempre bom ler algo assim às vezes! :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    amei seu blog, que design lindo! e seu post está muito bacana ♥

    vc ja conhece o blogueira que inspira ?

    www.blogueiraqueinspira.blogspot.com.br

    se me seguir, te sigo de volta !

    ResponderExcluir
  6. Que texto maravilhoso!!! Realmente, a ansiedade está presente em nosso cotidiano, a correria com vários compromissos diários nos obrigam a isso. Estamos em constante busca pelo equilíbrio entre as diversas áreas de nossa vida.

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Catharina, que texto mais lindo!
    Sabe, admiro muito quem consegue colocar o sentimento pra fora em um texto assim, eu só consigo se for numa história, geralmente enorme. Também não sou de protelar as coisas, não gosto de deixá-las para amanhã, seja para admitir um erro, pedir desculpas ou pra fazer algo (errado ou não). A gente não sabe quanto tempo vai ter pra poder fazer tudo que queremos, cabe a nós saber se isso vai ser positivo ou não a longo prazo...
    bjs
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Olaa! Sempre gosto de textos, mas só comecei a postar no blog recentemente.
    Minha parte favorita foi essa: "Só que tem o lado bom também.
    Eu penso não ser obrigado a aceitar o tempo de ninguém. Não sou obrigado a ficar esperando outras pessoas decidirem o que farão com a vida na qual tem total interferência na minha. É por isso que eu prefiro pecar pelo excesso do que pela falta. Prefiro parecer interessado demais do que desinteressado."

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond |Fan Page

    ResponderExcluir
  9. Como uma bomba relogio, ao se unir ansiedade e pressa. Que a calmaria esteja mais presente na eterna busca da felicidade... ^^
    Lindo texto!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Que texto lindo eu também soi muito ansiosa e saio atropelando as coisas por pressa e sem calma para esperar. Minha família reclama que sou muito acelerada...
    Mas no meu caso a ansiedade não é uma coisa Raí boa pois ela é crônica e eu nunca consigo relaxar, tenho crise de pânico.
    È complicado. Mas ansiedade como a sua, com esse jeitinho de ser que expôs no texto é tão natural e deve te tornar uma pessoa bem espontânea...
    O texto ficou incrível.. Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  11. A ansiedade é um mal da nova geração, ansiamos tanto por ter algo que esquecemos de viver as coisas mais saudáveis e simples que a vida nos presenteia. Sim, devemos sonhar com algo, desejar um que um dia se realize, mas não viver uma ansiedade sem fim, esquecer de viver, esquecer de respirar, de amar e ser amado, de sorrir e chorar. A ansiedade é uma mal que corre contra o tempo e nos faz apagar nossa personalidade, nossa identidade, nossa existência.
    gostei demais do texto, parabéns pela postagem.
    Ni
    Cia odo Leitor

    ResponderExcluir
  12. Catharina, adorei o texto!
    Me identifiquei um bocado. hehehehe
    Sou ansiosa, mas por incrível que pareça já fui bem mais.
    Hoje em dia sofro menos com isso.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  13. Oie, amei esse texto, é bem difícil eu encontrar algum que me identifique tanto como este. Confesso que assim que bati o olho no título já via a necessidade de ler, me identifiquei com "Sou de ansiedade com ascendente em pressa."

    Frases, Trechos e Pensamentos

    ResponderExcluir
  14. Bem, eu acho que a autora do texto misturou ansiedade com impaciência e imaturidade. Ansiedade é algo sério, que atinge as pessoas de uma forma cruel e afeta a saúde física e mental. No mais, esse foi um bom texto, muito interessante.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  15. curti o texto e a photo do final do post ficou ótima...
    bem, eu sou um pouco de cada coisa, dependendo da pessoa e da situação...
    por vezes acho com indiretas, e outras eu vou logo encima decidida no que quero... enfim...

    mas preciso encontrar o equilíbrio disso, é uma tortura agir como um trem desgovernado...

    ResponderExcluir
  16. Oi Catharina!
    Sabe quando vc leva aquele tapa na cara quando vc menos espera... pois isso acabou de acontecer comigo.
    Adorei o texto e me identifiquei muito!!!

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Gostei muito do texto mesmo, porque também sou bem ansiosa e apressada, sou um pouco de cada coisa, assim como a Maria Valéria as vezes eu sou de indiretas e outras vou logo pra cima, sou um pouco de tudo. Até mesmo sou apressada num momento e calma no outro kkkkk Só sei que também preciso encontrar um equilibrio, porque é difícil ser assim kkkk

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  18. Texto mais que perfeito. Super me identifiquei com ele também. E acho que o que mais me fisgou foi o momento que fala quanto mais você espera da vida, menos ela acontece... e que a pressa é realmente a inimiga do coração.
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  19. oi
    adorei o texto ..também sou bem ansiosa
    não gosto muito de esperar,mas tenho que lidar com isso
    me identifiquei :)
    bjs

    ResponderExcluir
  20. Esse texto tem suas verdade, e outras impressões pessoais não tão verdadeiras assim para minha experiencia pessoal.
    Sou totalmente ansiedade com pressa, e digo que isso já me fez sofrer muito, principalmente no amo. Essa coisa de vou resolver agora, quero agora, forçar a barra, repele muito. Estou no meu terceiro casamento pela pressa de viver um amor. Hoje aprendi a usar a ansiedade a meu favor e não para apressar ninguém, sei o momento de deixar uma discussão para amanha. O calor do momento pode encurtar uma vida de felicidades.

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  21. “as coisas são assim mesmo, tudo tem sua hora” aprendi isso, com o tempo. Nada acontece por acaso. Adorei o texto, e principalmente o título, que a algum tempo me descrevia com precisão!

    ResponderExcluir
  22. Meu signo é de Peixes, ou seja, sou um pouquinho de tudo, então tenho pressa constante, ansiedade desde do nascimento! Haha! Adorei o texto que trouxe, super me identifiquei!

    Abraços & até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seguidores no G+

FANPAGE

Veja também