Prisma Literário: Resenha: Cartas Para Você - Dudda Razzera

Resenha: Cartas Para Você - Dudda Razzera

Sinopse: A história retrata a vida de Georgia Castro, uma menina mulher em seus vinte e dois anos que acabou de perder o pai. Inconformada com a morte de seu pai - e também melhor amigo, Georgia entra em depressão. Sua psicóloga aconselha-a a escrever para o seu pai ou manter um diário pois Georgia gosta muito de escrever. A partir daí, Georgia começa a escrever cartas para a Aceitação, pedindo para que ela bate à sua porta. As cartas são uma espécie de diário e Georgia trata a Aceitação como sua confidente. Ela conta sobre a história de amor de seus pais, sobre a história de sua família, o falecimento de seu pai e as intrigas em família que decorreram do falecimento. Além da questão familiar e do processo de luto, Georgia também desabafa sobre sua vida amorosa, pois o cara de quem gostava não quis mais ficar com ela após a morte de seu pai. Com mais essa perda, ela começa a lembrar do péssimo ex-namorado que marcou muito a vida dela e da sucessão de casos amorosos mal sucedidos depois dele. Tentando seguir a vida, Georgia termina a faculdade de Economia e conta sobre a formatura, o primeiro emprego, suas saídas com os amigos e novos amores. Basicamente, Cartas para você conta o processo de superação da morte de seu pai, sobre amadurecer e confiar em si mesma para tomar as decisões e acima de tudo, voltar a viver mesmo sentindo saudade.
Georgia Castro, estudante de Economia com seus vinte e dois anos, acaba de perder seu pai para o câncer. A relação entre pai e filha era linda e comovente, Georgia sempre amou o pai incondicionalmente, fazia tudo junto dele e sempre o usou como exemplo por vestir a camisa de pai tão bem.

Georgia se encontra arrasada e resolve começar a escrever carta para a Aceitação, um sentimento que ela espera que venha um dia, pois não aguenta mais sofrer de saudades de seu amado pai. E seta tentando levar a vida em frente e aprendendo a melhor se relacionar com sua mãe e sua irmã.

Eu sempre tive curiosidade de ler esse livro desde que foi lançado, pois a capa, o título e o enredo me atraíam ao máximo. Gostei também da ideia da autora de passar a história em cartas. No começo. fiquei bem presa a narrativa e ao sofrimento de Georgia, mas conforme as páginas passavam, comecei a achar certas partes um tanto repetitivas, mas ao mesmo tempo, levava em consideração luto que a protagonista estava passando.

Como já disse, gostei bastante do tema abordado, porém, a autora focou somente nisso, algumas partes importante foram ficando em segundo plano, partes que seriam legais ter um destaque maior, pois até o fim da história, muitas palavras e sentimentos são bem repetitivos, talvez tenha sido a intenção da autora por se tratar de luto e morte, mas para mim, não funcionou tanto pois foi se tornando maçante.

A protagonista tem sempre seus altos e baixos, uma hora está otimista e crente que está começando a ter a aceitação em sua vida, então na carta seguinte, seu mundo está desmoronando. Foi um relato bem sincero, pois imagino que é assim que nos sentimentos ao perder alguém tão próximo, então considerei a narrativa bem realista. Ou seja, é um livro para pessoas sentimentalistas pois a carga emocional do livro é grande.

Bom, foi uma leitura interessante e que adorei ver várias referências de livros e filmes, uma leitura que teve seus pontos negativos e positivos, com um tema extremamente interessante e que recomendo para pessoas que assim como eu, gostem desses temas mais tristes e fortes.

33 comentários:

  1. Oi, Catharina, muito legal o livro, não conhecia ainda. Pena que houve repetições, mas é normal para autores iniciantes. Com o tempo a gente pega o jeito ;)

    Beijos,

    http://www.gemeasescritoras.com/

    ResponderExcluir
  2. Oieee.
    Interessante o livro, se não me engano já vi ele em outro blog também.
    Quando tiver um tempo quero procurar para ler, o título dele me agradou.


    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Oiii, vou te falar que o livro não me chamou muuita a atenção. Mas, leria pelo enredo em si, achei interessante e adorei a capa.
    Beijos
    http://segredosliterarios-oficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, como vai?
    O livro me parece bem interessante, eu gostei. Quero ler.
    Beijo
    www.livricios.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas achei a premissa interessante! Já li um livro narrado através de cartas e foi uma leitura incrível então fiquei curiosa para saber se isso funcionou bem nesse livro.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  6. Esse livro e novidade pra mim... Fiquei bem interessada e seua resenha fez parecer um livro muito emocionate,daqueles que nos ensinam algo.

    Jessica
    Coracao Leitor

    ResponderExcluir
  7. Eu não conhecia o livro, mas parece ser muito bonito. A luta contra o câncer não é nada fácil, em especial quando o paciente perde a batalha.

    Beijos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
  8. Nunca tinha visto esse livro, mas fiquei bastante curiosa com o enredo, bem diferente e convidativo.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Cat!

    Fiquei encantada com a história, parece ser muito emocionante! Além disso a capa é simplesmente linda. Eu adoro livros que são escritos em formato de cartas, o último que eu li foi "Cartas de Amor aos Mortos", que também tem uma história muito comovente. Vou colocar esse na minha lista!

    Beijos, Maria.
    http://nerdsideblog.tumblr.com

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bem?
    Achei bem bacana a premissa do livro, que me lembra uma música do Nx Zero que leva o mesmo nome e também foi escrita para o pai de um dos integrantes da banda.
    http://www.leituradascinco.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Já ouvi falar muito sobre o livro e confesso que tenho curiosidade de lê-lo.
    A maneira como a autora desenvolveu a história através de cartas parece muito interessante.
    Adorei a resenha e os pontos que você ressaltou.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  12. o enredo parece bom, um pouco diferente do que ando vendo por ai e isso me atrai.

    ResponderExcluir
  13. Oi, eu não conhecia o livro, mas infelizmente lendo a sua
    resenha ele não conseguiu me interessar, por isso eu passaria
    a leitura. Beijos

    ResponderExcluir
  14. Catharina, acho que um livro focado somente na dor da perda, do luto um hora vai ficar tedioso. A capa é realmente lida. E até achei que se trava de outro enredo. Bom, não me chamou atenção, mesmo adorando ler livros que trazem outros gêneros textuais.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Eu adoro livros que são escritos dessa forma, o último que li assim foi Gente Pobre, emocionante do começo ao fim, logo a premissa me agrada.
    Gostei bastante da forma como vc realizou as resenhas :D

    ResponderExcluir
  16. Catharina, esse livro realmente retrata o que é passar por uma perda de alguém tão jovem, acredito que a intenção da autora foi ser realista e por isso se torna repetitiva. É muito difícil aceitar e parece que a cada dois passos que você dá em direção a essa aceitação, você acaba retroagindo um... é um progresso bem lento.

    Esse é um livro realmente intenso e pesado emocionalmente.

    Abraços,
    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá! Li uma resenha deste livro em outro blog e embora as opiniões suas e da menina sejam diferentes sobre o livro elas convergem para um mesmo sentido que é esta questão da realidade de quem passa por situações assim.

    Adorei a resenha e me vez querer conhecer ainda mais a história!
    Bjus!
    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
  18. Oi
    Um assunto delicado de ser tratado, pois nem todo mundo sente a mesma coisa ao perder alguém. Que pena que a autora se perdeu nas repetições.
    Bju
    www.lelendolido.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oie!!
    Achei a premissa desse livro muito interessante. Sem sombra de duvida daria uma chance a essa leitura..
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Olá, eu li esse livro recentemente e amei a leitura, foi muito gratificante para mim e me senti tocada do começo ao fim. Sempre que posso estou indicando o livro!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  21. Eu gostei da proposta porque já escrevi cartas. É realmente muito bom e alivia demais.
    Eu leria mesmo com os pontos que você citou.
    bjs bjs

    ResponderExcluir
  22. Oi Catharina, tudo bem?
    Não conhecia esse livro e acho legal quando é escrita por cartas. Mas lendo sua resenha não fiquei tão interessada assim, porque essa coisa de repetitivo não acho legal e prefiro não ler por agora. Mas ainda bem que o livro teve seus pontos positivos e que você achou a leitura interessante. Enfim, parabéns pela resenha.

    Beijos
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  23. Que história triste! Eu acho que é repetitiva por ser uma escrita bem pessoal para a personagem né. Talvez a autora quisesse passar a angústia da Geórgia de maneira natural.
    Beijos!
    http://caindonacultura.com

    ResponderExcluir
  24. Oie, tudo bem!?
    Ainnnn, eu adoro livros assim e ao mesmo tempo evito esse tipo de leitura. Fico imaginando perder mais um ente querido e me dói muito. Perdi meu pai há dez anos e a ferida não sarou ainda, imagina quando eu leio um livro assim!? SOFRO MUITO!! Então, vou deixar essa história passar T_T
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  25. "recomendo para pessoas que assim como eu, gostem desses temas mais tristes e fortes." Ok, não é pra mim... hahahaha Não me interessei no livro, mas amei a resenha! ;)

    ResponderExcluir
  26. Oi, flor! Esse livro está entre minhas próximas leituras e não vejo a hora de pegá-lo em mãos. Eu passei por essa triste perda que a autora enfrentou, acho que vou me emocionar muito se for um relato tão real quanto você está falando. Pena que houve partes que poderiam ter sido melhor desenvolvidas na sua opinião.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Oie, Catharina.
    Eu tenho muita vontade de ler esse livro por ele ser em forma de cartas.
    Espero ficar presa do começo ao fim.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  28. Oii,
    Já tinha lido uma outra resenha sobre o livro, e me interessei. E agora me interessei mais, ainda mais com uma resenha tão positiva quanto a sua.

    beijos

    ResponderExcluir
  29. Olá Catharina.
    Ótima resenha flor.
    A história me chama a atenção, mas o fato de ser muito repetitivo me desanima um pouco, quem sabe em outro momento eu até dê uma oportunidade pois gosto de livros emotivos e dramaticos, mas sem muita enrolação.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Ola Catharina
    Não conhecia esse livro, gostei muito da sua resenha, entretanto a historia não me chamou muito a atenção... acho que estou um pouco saturada de temas assim, quem sabe mais para sempre não o leia.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  31. Olá, pois é, eu também achei a premissa do livro interessante, mas acho que não me sinto preparada para esse tipo de leitura, pois perdi meu pai a pouco tempo e acho que sofreria muito com esse livro. Ainda assim, acho que é uma boa forma de trabalhar o tema. Bjs

    ResponderExcluir
  32. Olá Cathy, sabe eu curto histórias assim, é muito drama eu sei mas eu gosto de ver como o personagem se desenvolve diante de perdas, achei bem interessante esse livro.
    Bjkas

    ResponderExcluir
  33. Como você mesmo escreveu, um livro para pessoas sentimentais, acho que mesmo com alguns pontos negativos que você citou, eu leria com maior prazer e tiraria minhas conclusões, logico, mas estou meio que curtindo por esses tempos livros assim, não sei se é legal, admitir, mas, está valendo!!

    Beijos

    devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo