Últimos Filmes Assistidos

07:48

Olá queridos!
Mais uma vez resolvi trazer um assunto diferente de livros e que tanato amo: Filmes. Nesses últimos dias, tenho assistido bastante filmes, já que finalmente meu computador está arrumado e decente e finalmente estou com Netflix, então assisto no mínimo uns dois por dia haha. E resolvi trazer para vocês alguns dos último que realmente gostei e recomendo ;)

 Sinopse: O The Barden Bellas é um grupo formado apenas por garotas, que apostam no visual perfeito e em sucessos pop para atrair o público da escola. Entretanto, após uma apresentação desastrosa na competição de fim de ano, suas integrantes decidem repensar o grupo. É quando surge o convite para que Beca (Anna Kendrick), uma DJ aspirante que não tem o menor interesse na vida colegial, integre a nova banda. De início Beca descarta completamente o convite, mas após conhecer Jesse (Skylar Astin), que integra uma banda formada apenas por garotos, ela resolve aceitar o convite e passa a ajudar as integrantes do The Barden Bellas a encontrar um novo visual.
Eu já tinha ouvido falar no filme mas nunca despertou de fato minha curiosidade até eu ver em todo lugar o lançamento do segundo filme, então vi no Netflix disponível e resolvi arriscar. Achei uma ótima escolha para passar o tempo, como dá para perceber, o filme envolve muita música, então, foi um ponto super legal. Adorei a protagonista, a achei diferente e engraçada, o final do filme é excelente.

Sinopse: Aos 10 anos Charlie Logan (Connor Price) recusou-se a beijar uma garota gótica durante o Jogo da Garrafa, o que fez com que ela jogasse um feitiço nele. Agora, 25 anos depois, Charlie (Dane Cook) é um bem-sucedido dentista mas continua amaldiçoado, já que não consegue encontrar a garota certa. Para piorar a situação, ele descobre no casamento de uma ex-namorada que toda mulher com quem transou acaba descobrindo o verdadeiro amor logo após deixá-lo. Isto faz com que diversas mulheres desejem ter com ele uma transa rápida, visando a felicidade posterior que encontrarão. Entretanto esta vida repleta de sexo e ausente de amor torna Charlie uma pessoa bastante solitária. Até conhecer Cam Wexler (Jessica Alba), uma especialista em pingüins que volta e meia se envolve em acidentes. Ele se apaixona por ela e agora precisa desesperadamente encontrar um meio de evitar que sua maldição faça com que ela fuja dos seus braços. 
Esse é um romance muito fofo, outro que sempre via por aí mas por algum motivo, não despertava minha curiosidade, porém, quando comecei a assistir já adorei, principalmente o protagonista, ele é uma graça. A história é engraçada e descontraída, uma ótima pedida para os sábados em que estamos entediados.

Sinopse: Mary Daisy Dinkle (Toni Collette) é uma menina solitária de oito anos, que vive em Melbourne, na Austrália. Max Jerry Horovitz (Philip Seymour Hoffman) tem 44 anos e vive em Nova York. Obeso e também solitário, ele tem Síndrome de Asperger. Mesmo com tamanha distância e a diferença de idade existente entre eles, Mary e Max desenvolvem uma forte amizade, que transcorre de acordo com os altos e baixos da vida. 
Bom, assisti a esse filme e ainda estou sem palavras e anestesiada para falar sobre ele. É uma animação que por sinal, não é recomendada para crianças por tratar temas fortes como: obesidade, suicídios, doenças neurológicas e família. Tudo muito bem feito e é um daqueles poucos filme que não queremos levantar nem para ir ao banheiro já que estamos fixados na tela e que dá vontade de chorar quase o filme inteiro pela história de ambos protagonistas que trocam cartas. É simplesmente arrebatador e recomendo com certeza para qualquer pessoa.


Sinopse: Eva (Tilda Swinton) mora sozinha e teve sua casa e carro pintados de vermelho. Maltratada nas ruas, ela tenta recomeçar a vida com um novo emprego e vive temorosa, evitando as pessoas. O motivo desta situação vem de seu passado, da época em que era casada com Franklin (John C. Reilly), com quem teve dois filhos: Kevin (Jasper Newell/Ezra Miller) e Lucy (Ursula Parker). Seu relacionamento com o primogênito, Kevin, sempre foi complicado, desde quando ele era bebê. Com o tempo a situação foi se agravando mas, mesmo conhecendo o filho muito bem, Eva jamais imaginaria do que ele seria capaz de fazer.

 Eu sempre tive muita curiosidade tanto pelo filme como pelo livro, e só posso dizer que ao assistir esse filme, minha curiosidade pelo livro aumentou ainda mais. Além de contar com o lindo do Ezra Miller no elenco, contamos com assunto sérios sobre psicopatas e sou suspeita para falar do assunto já que quero fazer Psicologia. O filme é um pouco confuso no inicio mas o final me deixou boquiaberta até agora e fiquei tipo: Eu entendi bem? Foi incrível ver do que um ser humano é capaz.

Sinopse: No último semestre do curso do colégio, Ferris Bueller (Matthew Broderick) sente um incontrolável desejo de matar a aula e planeja um grande programa na cidade com sua namorada (Mia Sara), seu melhor amigo (Alan Ruck) e uma Ferrari. Só que para poder realizar seu desejo ele precisa escapar do diretor do colégio (Jeffrey Jones) e de sua irmã (Jennifer Grey).
Primeiramente quero dizer o quanto estou apaixonada por Ferris, tanto pela aparência como a pessoa em si, o achei engraçado e fofo apesar de meio sem noção, bom, paixão não se explica. Só se explica que ele é lindo.
O filme é bem antigo e todo mundo não acreditava eu ainda não havia assistido, então resolvi matar a curiosidade e só posso dizer o quanto ri e me diverti assistindo a essa comédia, foi ótimo. Uma ótima escolha para passar o tempo ou reunir os amigos.




Bom, pessoal, é isso. Espero que tenham gostado dos filmes e todos eles vocês encontram disponíveis no Netflix, espero trazer mais dicas conforme for assistindo ;)

Poderá gostar também de

9 comentários

  1. Oi Catharina!

    Você nem vai acreditar: alguns dos últimos filmes que vi também foram Curtindo a Vida Adoidado e Pitch Perfect (pela milésima vez). Precisamos Falar Sobre o Kevin eu nem comento... Assisti por causa do Ezra Miller (sou uma das donas da página do Ezra Miller Brasil no Facebook, então já viu que eu sou fã mesmo, né?) e acabei amando o filme de verdade... A Tilda tá maravilhosa nesse papel.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Ótimos filmes!
    Quero assistir precisamos falar sobre kelvin
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Preciso ver esse filme: A Escolha Perfeita 1 e o 2, todos falam bem!!!
    Mary and Max é uma animação mega elogiada, também preciso ver!!!
    Assim como vc também sempre tive curiosidade para ler o livro Precisamos Falar com Kevin, mas ele sempre estava caro e com o passar do tempo acabei investindo em outros, mas pretendo ver o filme assim que possível!!!

    Por fim esse filme: Curtindo a vida adoidado, vi algumas vezes anos atrás e sempre me divertia muito. Ótima escolha viu!!!!

    Enfim esse post só me lembrou que preciso fazer maratona filmes, ando focada apenas nas leituras e séries de TV.

    Beijos e te espero lá no Leituras, vida e paixões !!!!

    ResponderExcluir
  4. Cat curtindo a vida adoidado como assisti esse filme até hoje adoro, os demais ainda não assisti, confesso que faz tempo que não paro no sofá para assistir filmes, preciso de uma sessão pipoca urgente. ótimos filmes. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Mary and Max é um ótimo filme, criativo e inteligente.

    ResponderExcluir
  6. Curtindo a Vida Adoidado...AMOOOO!!!
    Agora me interessei pelo Mary and Max, me interessei pelos outros também, mas esse é o primeiro que vou procurar!
    Valeu pela dica!

    http://devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Catharina, destes filme, apenas Curtindo a Vida Adoidado eu já li, e devo dizer me diverti muito com ele.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bom?
    Curtindo A Vida Adoidado é um verdadeiro clássico do cinema dos anos 90. Eu amava assistir na Sessão da Tarde. Ah, adoro A Escolha Perfeita. Um dos últimos musicas que mais curti.
    beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Só ainda não vi Mary and Max. Sobre os outros citados, quero ressaltar que Curtindo a vida adoidado é um clássico da minha infância. Já vi milhares de vezes.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Seguidores no G+

FANPAGE

Veja também