Prisma Literário: Texto: Deixa Alguém Gostar de Você!

Texto: Deixa Alguém Gostar de Você!

Olá pessoas.
Bom, umas semanas atrás eu havia encontrado um texto muito interessante, e com certeza pensei em trazer aqui e aqui está. Lembrando que não é de minha autoria. vi o texto no blog Um Travesseiro Para Dois, escrito por Márcio Rodrigues. Gostei do texto por mostrar muitas verdades e me identifiquei em grande parte dele, me fez refletir rever meus conceitos, então vamos lá, leiam e não deixem de formas as próprias opiniões.

Você pode ser a pessoa mais forte do mundo.
Você pode ser a pessoa que melhor sabe se virar sem ninguém, mais independente, mais cheia de experiência, mas você nunca, nunca será alguém que ninguém possa te ajudar a ser melhor.
Às vezes a gente cria uma casca de certeza e com isso nos blindamos do resto do mundo. Há quem faça isso pelo trauma de alguma decepção, há quem faça isso por medo de recomeçar e há quem faça simplesmente por pensar que não precisa de ninguém.

Uma coisa é depender de alguém, outra é precisar.


Você não deve pensar que a sua felicidade depende de outra. Não deve pensar que só vai conseguir ser feliz se tiver alguém pra te acompanhar. Você sempre será sua melhor companhia, você dorme e acorda com a cabeça no próprio travesseiro, você nasceu e vai morar num caixão sem ninguém. Você é o único representante das suas vontades nesse mundo. Mas você não é alguém que outro alguém não possa melhorar.

E você não precisa se obrigar a aceitar que alguém entre na sua vida.

Mas bem que você pode se ajudar para que isso aconteça.

Se você parar pra pensar, vai lembrar de alguém que já tentou se aproximar de você, mas que instantaneamente você tratou de assustar. Você não deixa alguém te fazer bem. E daí que o mundo parece estar uma bosta com tanta gente mal caráter e de valores que não pareçam em nada com os seus? É neste mundo que está quem você precisa. E daí que já teve gente que passou pela sua vida deixando mais feridas do que sorrisos? Isso não te faz uma pessoa perdedora. Essas pessoas existem e sempre vão existir! Um dia foi com você, neste segundo em que lê isto é com outra pessoa em algum lugar deste mundo, talvez até mesmo na sua rua.


Talvez seja uma questão de você começar a olhar a vida com o coração.


Quando a gente só enxerga as coisas com olhos acabamos tendo uma única visão sobre o mesmo lado da vida, agora, quando a gente vê as coisas com o coração, conseguimos fazer o cálculo entre tudo que nos faz bem, o que nos faz mal, tudo o que queremos e tudo o que estamos fazendo por merecer.


Você tem razão, as pessoas não tem se esforçado em ser interessantes mesmo.

Mas você já viu com o coração o que é alguém interessante pra você?

Talvez não seja uma homem de novela pra você postar fotos juntos e ver as amigas elogiando de lindos e casal perfeito. Talvez não seja uma garota de capa de revista pra você se orgulhar em andar de mãos dadas no shopping.


Talvez seja alguém como você nunca imaginou.

Talvez seja só alguém que já te provou o quanto pode te fazer bem.
Talvez seja quem separa um minuto do próprio dia pra te dar um oi pelo chat.
Talvez seja alguém que assiste um vídeo engraçado e te manda o link pra rir também.

Eu preciso de alguém que me faça bem. Você precisa de alguém que te faça bem. Todos nós precisamos de alguém que nos faça bem. Isso não é exclusividade pra ricos ou para as pessoas indubitavelmente lindas, isso é uma importância para qualquer ser humano deste planeta.


Vai ver você não mereça o jeito com que tem lidado com a própria vida. Vai saber, talvez aquele próximo beijo sem-nome que vai dar numa noite qualquer nem precisa de fato acontecer. Talvez você só precise responder “quando?” quando alguém te chamar pra sair, quando esse alguém que te veio à cabeça te chamar pra sair. Vai saber, não tem como garantir, mas talvez você esteja curtindo as fotos de quem não curte você, enquanto tem alguém que curtiria pelo menos conversar mais com você e saber como foi o seu dia.


Tenta ver a sua vida com o coração.

Seus olhos podem estar escondendo o que o seu coração precisa ver.

É naquela fração de segundo que você julga alguém como interessante pra você que está quem você deve respeitar: ele mesmo, novamente, o seu coração.

É claro que você não precisa se obrigar a nada. Você não precisa sair com todo mundo só pra ver no que vai dar, só pra tentar ver se gosta. Mas se você conseguir identificar quem se esforça por você, bem que poderia valorizar um pouco mais.

Deixa alguém tentar cuidar de você.

Deixa alguém provar que você é importante. Presta atenção em quem se preocupa e para de julgar como alguém que tenta te controlar, mas sim, como alguém que se coloca no seu lugar pra te ajudar. Deixa alguém se aproximar antes de você afastar. Vale repetir que você não tem a obrigação de aceitar, mas tem o valioso direito de tentar.

Você pode se considerar a pessoa mais independente desse mundo, mais cheia da porra toda, mas sempre será alguém que outro alguém pode te ajudar.

22 comentários:

  1. ótimo texto, muitas veze sé preciso deixar o coração falar mais alto e abrir espaço para alguém especial, nada como ter alguém com quem compartilhar nossas alegrias e dividir as dores. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  2. Boa noite!

    Muito bom o texto e bem reflexivo, realmente nos leva a pensar e rever algumas coisas. No fim das contas, não somos nada e ao mesmo tempo, somos tudo. A vida é tão complexa e ninguém é bom demais que seja auto suficiente, na contra mão disto, ninguém é ruim demais que alguém não vá estender a mão, sentir algo, enfim, são coisas muito contraditórias e no fim das contas, apenas precisamos saber ouvir.

    Beijo!
    Livros & Tal [livrosetalgroup.blogspot.com.br]

    ResponderExcluir
  3. Catharina, é uma bela reflexão. Acho que somos um organismo vivo. Todo o planeta. É precisamos sim uns dos outros. Acho que todos seriam mais felizes se conseguíssemos entrar em sintonia. Sei que o texto fala de algo mais local, pessoal. Mas a gente pode pensar em algo mais grandioso. Talvez é o que chamam de paraíso.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. É um texto interessante, mesmo existindo os eremitas, fundamentais, ainda há aqueles que precisam de outros. É um texto otimista para momentos amargurados e permeados de ódio em que vivemos.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Realmente, como o Márcio disse, uma coisa é ser dependente de alguém, outra é precisar. Embora tenham conotações parecidas em algumas frases, neste é de cunho diferente. Devemos saber dosar a quantidade dessas emoções rs
    Muito bonito o texto!

    http://ocasulodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. É como em Nodame Cantable o carinha da produção fala pro Chiaki "Todos os grandes chegaram onde estão, pois receberam a ajuda certa de alguém, eu sei q não posso ser grande, mas ao menos quero ser essa ajuda". Devemos reconhecer que ser ajudado não é fraqueza e sim força, pois somente uma pessoa sensata conhece seus limites :D

    Ótimo texto e obrigada por tê-lo trazido ao blog ;)
    http://tedioescritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. que bela reflexão Cath, e realmente é bem isso, é só deixar o coração falar, mas as decepções que a vida nos prega as vezes acabamos nos fechando para o mundo,
    bjus

    ResponderExcluir
  8. Olá! Um texto bem reflexivo. Casou bem com o momento que estou vivendo agora ;) Vou buscar sempre me lembrar dele. Adorei, beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi tudo bem?
    Texto muito bom e reflexivo, as vezes tem hora que eu preciso colocar em pratica alguns conselhos que tem nesse texto, vou ver se daqui para frente dou uma mudada na minha vida.
    http://literaturaparaosaberblogspot.com
    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não tinha lido esse texto, mas gostei bastante, então obrigada por ter compartilhado :)
    É difícil pensar que algumas vezes afastamos pessoas que poderiam nos fazer bem... Com certeza é uma bela reflexão.
    Bjs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. O texto tem algumas colocações interessantes. Acho muito válido o que o autor falou sobre não dependermos de alguém, mas nada errado em precisarmos de alguém ou em querer alguém por perto. Acredito que nós somos responsáveis pela nossa própria felicidade, mas outras pessoas podem contribuir para que essa felicidade seja plena. :)

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  12. Eu acho esse texto muito bonito. Mesmo que a gente queira ser independente e carregar o mundo nas costas, é sempre importante deixar que alguém nos ajude no caminho.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Catharina, tudo bem?
    Adorei o texto, que bom que você trouxe para o blog :)
    São belas e verdadeiras palavras, que marcam a nova fase da minha vida, pois estou revendo muitos conceitos.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  14. Esse texto tá lindo! Nós precisamos nos abrir e dividir, as coisas são mais fáceis quando não estamos absolutamente sozinhos.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  15. Esse texto tá lindo! Nós precisamos nos abrir e dividir, as coisas são mais fáceis quando não estamos absolutamente sozinhos.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  16. Esse texto tá lindo! Nós precisamos nos abrir e dividir, as coisas são mais fáceis quando não estamos absolutamente sozinhos.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  17. ADOREI!
    Obrigada por compartilhar conosco este ótimo achado :D

    Li muito de mim neste texto, me identifiquei em diversas linhas *.*

    ResponderExcluir
  18. Oi Catharina, gostei muito de várias das colocações que você fez ao longo do texto, principalmente quando você cita que podemos ser independentes e ainda assim ter alguém cuidando de nós.
    Bjs,Rose.

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem? Já li esse texto algumas vezes e ele me tocou bastante, é apaixonante! <3
    Sobre ver a vida com o coração, acho válido. Eu sempre fui muito sentimental, muito sensível, então isso nunca foi problema para mim. Acho que, na verdade, eu vejo a vida cada vez menos com os olhos... Sempre dou mais importância ao coração e, com isso, acabo me ferrando.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. O texto é muito bonito, o incentivo para ver a vida com o coração é excelente, quem sabe assim as pessoas seriam mais sensíveis.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  21. Olá!!

    Eu li esse livro, alguém compartilhou na rede social e eu de curiosa cliquei. A primeira coisa que eu pensei foi: indireta recebida com sucesso. Até compartilhei na minha timeline com essa frase, porque né... Sou insensível. Sou grossa e tenho MUITA dificuldade em deixar que gostem de mim e que cuidem de mim. Estou trabalhando nisso ainda, rs. Adorei o texto!

    Beijos,
    http://www.estantedarob.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Nossa que texto interessante... acredita que estava pensando em algo parecido? Tipo, preciso de alguém para cuidar um pouco de mim... Não me olho direito, porque só penso nas pessoas que estão ao meu lado... e quando paro para pensar em mim, não vejo ninguém ao meu lado, para pelo menos ouvir os meus lamentos e me pergunto, será que não encontrarei ninguém para olhar por mim? Para saber como estou, para me dar um oi e olhar em meus olhos?? Enfim, pode ser algo que eu esteja fazendo de errado ou apenas olhando com os olhos... talvez preciso abrir mais o meu coração... gostei muito viu... Xero!

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo