Prisma Literário: Resenha: Ninguém Transa as Terças-Feiras - Tracy Bloom

Resenha: Ninguém Transa as Terças-Feiras - Tracy Bloom


Sinopse: Katy e Matthew eram um casal inseparável. Mesmo quando ingressaram em universidades diferentes, resistiram por um tempo à distância e às tentações dessa nova fase da vida. Até que Matthew pisou feio na bola e pôs tudo a perder. Dezoito anos depois, eles se reencontram numa confraternização de ex-alunos. Matthew está casado, e Katy, comprometida. Mas aquela festa, embalada por hits dos anos 1980, reacende a velha chama. Quando acordam juntos na manhã seguinte, confusos e arrependidos, decidem nunca mais se ver. Pelo menos era esse o plano. Agora, Katy está grávida e precisa encarar os desafios de ser mãe ao lado de Ben, seu namorado oito anos mais jovem. Ao mesmo tempo, Matthew vê sua vida perfeita entrar em colapso ao descobrir que pode ser o pai do filho de Katy justamente quando Alison, sua esposa, também está grávida, de gêmeos. Sem saber quem é o pai da criança, Katy se vê mais dividida do que nunca. E, embora saiba que Matthew a magoou como nenhum outro homem, não consegue se desvencilhar dos antigos sentimentos. Com personagens irresistivelmente humanos, Ninguém Transa às Terças-Feiras nos mostra como a vida adulta e o amor podem ser complicados.
*Livro cedido pela Bertrand Brasil para divulgação.

Ninguém Transa as Terças-Feiras é uma comédia onde envolve um pouco de romance, drama e reflexões da rotina e do futuro da personagem Katy que atualmente namora Ben. Ao aparecer num reencontro de turma da escola, acabe revendo seu antigo namorado que partiu seu coração em mil pedaços, Matthew e logo os dois vão para o apartamento de Katy e passam uma noite juntos.
Depois disso, Katy se lembra do que Matthew fez a ela, o quanto eram felizes mas ele estragou tudo e resolve deixar aquela noite para trás e seguir em frente com Ben, mas engravida e percebe que não sabe quem é o verdadeiro pai: Matthew ou Ben?

Katy tenta deixar essa dúvida de lado, já que é Ben quem está ao lado dela e não Matthew, mas logo eles acabam se encontrando na aula de pré-natal, Matthew está acompanhado da esposa Alison que está gravida de gêmeos.

Ao me deparar com esse título, logo pensei: comédia. Bom, para mim é claro que com um título desses, o livro não seria "erótico" e acertei, quem espera um livro com cenas quentes ou coisas assim, nem leia, pois o livro não contém absolutamente nada de cenas explicitas. Pelo contrário, é um livro bem relaxante para rir e ás vezes, até mesmo refletir sobre a vida, mas nada muito forte, pois não é essa a intenção da autora, acho eu.

No começo, o ritmo foi um pouco chatinho para mim, quase adiei a leitura para depois, porém resolvi tentar mais um pouco e só foi melhorando, são cenas cotidianas mas com bastante humor e com certas reviravoltas que nos prende cada vez mais. É um livro com 200 páginas então consegui ler em um dia, foi super rápido.

Matthew e Ben são personagens bem legais mas que não nos apaixonamos ao longo da leitura como em certos romances, Ben foi um tanto "moleque" em muitas partes do livro, até porque ele é alguns anos mais novo que Katy, mas mesmo assim, senti falta de muita maturidade e não o achei engraçado. Matthew conseguia ser um pouco melhor, mas nada extraordinário, eu no lugar de Katy, criaria sozinha o meu filho. Aliás, não são personagens cativantes, são só para se divertir mesmo, todos da história.

Katy em alguns momentos parecia esquecer que estava grávida, na verdade, o livro todo, tirando as aulas de pré-natal, nada mais demonstrava que a gravidez de Katy e isso me incomodou bastante pois ela se preocupava com coisas mais relevantes do que com o próprio filho que estava na barriga, poderia ter sido muito bem destacado.

A narrativa é em terceira pessoa, bem tranquila e fácil de entender. O final do livro não é previsível por conta das reviravoltas, então em certos momentos eu pensava que ela ficaria com uma pessoa e em outros com outra pessoa, até que desisti e acabei descobrindo, não é decepcionante mas também não é tão bom assim, afinal, nem sabia para quem eu estava torcendo, pois os dois não foram personagens cativantes, sinceramente, estava torcendo para ela ficar sozinha.

Foi uma leitura divertida e bem despretensiosa, gostei bastante, principalmente as últimas páginas que ria muito das situações, recomendo.

13 comentários:

  1. Nunca vi história de amor mais complicada que essa
    imagina só, eu no lugar dela não saberia o que fazer
    o livro parece ser bem divertido

    Mil beijocas
    ⋙ ♥ SORTEIO 1 / Instagram / SORTEIO 2

    ResponderExcluir
  2. Já vi resenha do livro, um enredo engraçado. Parabéns pela resenha, fiquei super curiosa.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Parece ser um livro legal, vou procurar depois.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  4. É uma comédia com coisa séria. Achei interessante o que você colocou sobre criar o filho sozinha já que os dois possíveis pais não eram boas opões. Acho que a sociedade pressiona tanto, que ela acaba escolhendo um traste. Mas acho que vem mudando muito isso.

    Não é um livro que desperte minha atenção.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá! Acho essa capa bem feia, por isso nem me interessou muito, apesar de amar chick-lit rs. Ainda assim, a história parece divertida, apesar dos pontos negativos. Quem sabe um dia dou uma chance. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha me ganhou! Lerei com certeza, mesmo com os pontos negativos.
    Beijos,
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Cathy!
    Meu Deus, se fosse por conta desse título eu acho que deixaria passar, porém, após ler sua resenha me encantei demais e adoro livros de comédia (apesar de não ter lido mais esse gênero), mesmo com certos pontos negativos (incluindo uma leitura arrastada no começo) eu leria com certeza!

    Beijos,
    http://umgrandevicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu não tinha parado para ler nada do livro, pelo nome imaginava algo bem diferente, gostaria de conferir uma hora dessas, parece uma leitura despretensiosa.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  9. Oi Cath, tudo bem? Esse título tem bem cara de filme de comédia romântica. Enfim, não sei se leria, mas deve ser bom quando não estamos com paciência para ler algo mais profundo. Não gosto muito de triângulo amoroso, e principalmente quando não me envolvo com nenhum dos dois, assim não tem muito para quem "torcer", a questão da gravidez ser meio esquecida também é bem chato... mas que bom que no livro tem alguma reviravoltas interessantes.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  10. Oi flor! Quando li o título pensei a mesma coisa que você. Simbora que lá vem comédia. =) ME pareceu bem interessante mesmo sendo simples acho que uma leitura leve nos dá novos ares para leituras mais densas. Sem falar que nos fazem relaxar, rir, essencial para a vida né! Um abraço pra ti!

    www.pensamentosvalemouro.com.br
    http://nospoeticos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bom?
    Eu tinha me interessado por esse livro e realmente parece ter uma narrativa mais divertida. Só não curti os personagens porque não me pareceram cativantes. Eu leria por ser uma narrativa rápida, mas com o pé atrás.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Realmente, só pelo título já esperamos algo divertido e bem engraçado, que bom que é isso que o livro traz mesmo. Mas pelo que você comentou, acho que eu não gostaria muito dos personagens.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá. Confesso que quando li o titulo achei um pouco estranho e já tinha empinado o nariz hahaha. Mas fico feliz que seja uma obra engraçada e divertida e que contém um pouco de reflexão. Não sei se eu leria, mas quem sabe futuramente.
    Beijos, sucesso.

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo