Prisma Literário: Resenha: Finalmente Você - Daisy Prescott

Resenha: Finalmente Você - Daisy Prescott


Sinopse: Maggie Marion é uma mulher na faixa dos 40 anos que escreve artigos sobre gastronomia e agora está voltando à vida normal depois de um período difícil de sua vida, no qual teve de enfrentar um divórcio conturbado e a morte dos pais. Com a aproximação do reencontro de vinte anos da turma da faculdade, ela decide convidar quatro de seus amigos mais íntimos dessa fase de sua vida para passar um fim de semana em sua casa de praia na Ilha Whidbey. O que ela não esperava era que, neste reencontro, seus melhores amigos, o artista Quinn Dayton e a autora de romances eróticos nas horas livres Selah Elmore, fossem bancar o Cupido. Os dois armam uma surpresa que deixará o fim de semana, e a vida dela, muito mais interessantes. Selah avisa Maggie que levará uma pessoa misteriosa, mas logo ela descobre que se trata de Gil Morrow, um antigo amor da época de faculdade. O romance se desenrola baseado neste reencontro, com os personagens relembrando momentos marcantes, brincadeiras espirituosas e as nuances que levaram cada um a fazer determinadas escolhas, que pautaram os rumos de suas vidas. Enfrentando seus próprios medos e fantasmas, Gil decide que esperou tempo suficiente para conquistar a mulher que sempre amou e, contando com a ajuda do casal Ben e Jo, Gil faz Maggie se lembrar de que ter mais de 40 anos não significa que ela esteja velha para uma segunda chance. O que acontece quando a geração de Clube dos Cinco e Caindo na Real fica frente a frente com a de O Reencontro? Venha passar um final de semana com essa Geração X, enquanto eles compartilham risadas, lágrimas, altos e baixos da vida, histórias antigas e novos recomeços.
*Livro cedido pela Editora nVersos para resenha. 

Maggie é uma mulher na casa dos quarenta, divorciada que mora numa casa de praia apenas com seu cachorro desde que sua mãe morreu e deixou a casa para ela, Maggie nunca teve problemas em morar sozinha, sempre se sentiu confortável com a vida que leva. Escreve artigos para seu blog e jornais sobre gastronomia.

Um reencontro da turma da faculdade está marcado e Maggie pretende ir, mas antes convida seus amigos mais próximos da faculdade para um fim de semana em sua casa, Quinn e Selah, seus melhores amigos estão tramando uma reaproximação de um antigo amor da faculdade que também era do grupo de amigos deles: Gil.

O livro narrado em terceira pessoa foi uma experiência muito diferente do que costumo ter com romances, afinal, quase sempre os lançamentos são de mocinhas com no máximo trinta anos e ultimamente tenho investido em livros que mostram histórias de mulheres mais velhas, e sinceramente, tenho gostado bastante, inclusive desse que foi simplesmente delicioso de ler.

Finalmente Você nos apresenta a vida de uma mulher independente com personalidade forte e bem fechada para sentimentos desde que sua mãe partiu, então, a volta de Gil foi algo bom e ao mesmo tempo ruim, ela não quer se envolver mas sabe que o sentimento de vinte anos atrás ainda não passou, Maggie está crente de que depois do divorcio de Gil, ele arranjou uma namorada, então, não se aproxima muito, mas seus amigos e o destino etão fazendo as coisas mudarem.

O livro é completamente leve e descontraído, mas nos faz refletir sobre como queremos nossa vida daqui alguns anos e de como ela estará. Os amigos de Maggie são super divertidos e engraçados, adorei Quinn e Selah, são os personagens que mais se destacam além de Gil e Maggie. As conversas descontraídas me traziam sorrisinhos no rosto e eu conseguia relaxar muito a cada capítulo.

Único defeito do livro foi uma certa enolada que o casal deu ao longo da história, tudo foi acontecer de verdade lá pelos últimos capítulos, ou seja, até depois do meio nada demais acontece na história, mesmo assim, gostei bastante do final e do rumo que as coisas tomaram.

Sobre a diagramação, está muito legal, as letras são ótimas, os capítulos são breves com letras destacadas no começo que trás um belo charme. A capa combinou bastante com a história, não me chamaria tanta a atenção mas me despertaria uma certa curiosidade sim.

Recomendo para quem procura uma leitura leve sem grandes acontecimentos, principalmente para ser lido no verão, muito relaxante e delicioso como já disse.

31 comentários:

  1. Acabei de ler "Animate Me" dessa editora, e achei bem diferente do que costumamos ler realmente, um casal mais velho com experiencias diferentes, eu gostei bastante, acho que eu posso gostar de "Finalmente Você", ótima dica.

    Beijos
    Dani Cruz
    http://blog-emcomum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ola! Tudo bem¿
    Esse livro parece interesante. Eu tenho vontade de le-lo.
    Adorei a sua resenha.
    Beijos e boas leituras!
    http://abracalibro.blogspot.com.es

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse livro, mas achei bem interessante a sinopse e adorei sua resenha. É diferente da maioria dos romances, mas eu gostei da historia.
    bjus
    http://recantoliterarioeversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá! Gostei da premissa do livro, principalmente porque gosto bastante de romances. Vou anotar a dica, pois pretendo ler no futuro. Legal ser um livro que conta com protagonistas mais velhos, mais maduros, como você destacou. Beijos!

    ResponderExcluir
  5. OI Catharina...
    Adorei conhecer o livro e me apaixonei pela capa, muito linda!
    Gostei da trama e leria ele sim. Só não gosto quando as coisas demoram muito para acontecer também, isso cansa. Mas achei a história atrativa.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. É um lindo livro. E acho que essa questão do romance só desenrolar nas últimas paginas foi de proposito. Acho que o foco mesmo do livro era trazer a vida de todos os amigos para o debate. Rever aluns pontos.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi. Eu li o livro é muito bom, a autora sabiamente conseguiu criar um contexto linguístico fabuloso, acredito que o que você chama de 'enrolação dos personagens' seja justamente esse contexto que leva a personagem a compreender que o 'Finalmente você' é ela mesma, a dificuldade da personagem é compreender quanto dela ficou para traz e como o medo pode nos atrapalhar em resgatar isso...

    ResponderExcluir
  8. Oi, Catharina! Eu não pretendo ler o livro, mesmo com sua resenha positiva. Mas fiquei com uma boa impressão sobre ele e o darei de presente para a minha mãe, acredito que ela vá amar. :) Sobre a parte em que você diz que o casal enrola muito até que algo aconteça, isso não ajuda o leitor a torcer por eles? Ou chega a ficar chato?
    Um abraço,
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  9. Tô precisando de uma leitura mais leve e rápida, e mesmo não curtindo muito romances, parece ser um livro muito bom. Vou anotar a dica :D

    ResponderExcluir
  10. Oi Catharinaa!!
    N consigo gostar desta capa, mas a história parece sr legal!
    Um romance leve, gostei da temática reencontro de faculdade e tal rsrsrs!
    Bjos!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  11. Desde a primeira resenha que li desse livro (se não me engano da Nilda) eu me interessei imensamente por ele, justamente por se tratar de uma mulher adulta e totalmente madura, sem aquelas bobeirinhas de adolescente (ou de mulher já em idade de estar madura, mas com pensamentos de adolescente).
    Sua resenha ficou muito boa e só aumentou a vontade que eu já estava de ler o livro.
    Só acho a capa meio feiosinha, lembrando capas de 20 anos atrás (que eu nunca gostei).

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  12. Oi Catharina, tudo bem?
    Adorei esse livro, e ao contrário de você não achei que os personagens enrolam, acho que tudo seguiu o curso certo.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  13. Que legal sua resenha.
    Esse livro estou conhecendo através da sua resenha, gostei da sinopse, da resenha.
    Gostei de verdade. Mais um pra lista enorme de livros.

    www.devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Catharina.
    Esse livro parece ser tão gostoso de ler, uma história muito interessante. Tenho visto resenhas muito boas mas ainda não tive a oportunidade de ler ou conhecer essa editora.
    Gostei muito da sua resenha.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Cath!
    Aparentemente o livro me passa a impressão de ter uma história mais leve e pela tua resenha pude confirmar um pouco das minhas suspeitas.

    Gostei da premissa dele e seguirei sua indicação. Adicionarei à lista de leituras para dias que eu esteja buscando apenas uma distração.

    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi Cath, tudo bem?

    Adoro leituras cativantes e com capítulos pequenos. Imagino que esse livro deva ser bem gostosinho de ler. Não conhecia, mas fiquei curiosa.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá, boa tarde!

    Eu tenho fugido um pouco de leituras que são focadas apenas em romance, exatamente por achar que ultimamente estamos tento"mais do mesmo", mas é uma fase, sei que logo, logo, volto a ler romances com frequência. hehehe,

    Confesso que não gostei muito da capa, talvez se fosse outra fonte usada para escrever o título e a cor também, mas o vermelho e a fonte, eu achei que ficou meio estranho.

    Mas, o que gostei é que ele parece ser leve como você disse e não trás aquela história do "te vi e bum, te amo como se te conhecesse a vida toda,não, eles tem uma história e o sentimento existe a muito tempo, me parece ser bem legal. Anotei o nome aqui, quem sabe futuramente venha a ler.

    Beijo!
    Livros & Tal [livrosetalgroup.blogspot.com.br/]

    ResponderExcluir
  18. Ola Cat esse diferencial da protagonista ser uma mulher de 40 anos chama mesmo atenção, e estou louca para ler, e pelo visto suas atitudes condizem com a idade, ou seja sem mimimis, a capa do livro está muito bonita. O fato de algo entre eles acontecer mais para o final mostra que a autora construiu a relação com base sólida. Já está em minha lista de desejados. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Catharina, tenho lido maravilhas a respeito deste livro que acabou entrando para minha lista de leitura. Só não gostei muito desta enrolada entre o casal.
    Bjs,Rose.

    ResponderExcluir
  20. Oi Cath,
    Li algumas resenhas desse livro e confesso pra você que ele não conseguiu me pegar. Achei o enredo bem pouco atrativo e acho que não o leria não.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Esse tipo de livro me faz refletir um pouco sobre como quero estar daqui a alguns anos, as escolhas que devo fazer, as pessoas que devem se manter próximas... Deve ser interessante mesmo.
    Bjs,Isabella
    http://pausaparaconversa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. oi, tudo bem?
    Esse livro chamou minha atenção justamente por trazer um casal mais maduro. Realmente, a maioria dos livros tem mocinhas jovens, e são narrados em primeira pessoa. Então, uma história com protagonistas mais velhos, e narrada em terceira pessoa, tem um grande diferencial.
    Quero muito ler
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. O mais interessante dessa história é o fato de não ser um casal na fase adolescente. São adultos, que tem vidas complicadas e querem viver o amor.
    Isso é um ponto muito fantástico que me atraiu muito.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  24. O mais interessante dessa história é o fato de não ser um casal na fase adolescente. São adultos, que tem vidas complicadas e querem viver o amor.
    Isso é um ponto muito fantástico que me atraiu muito.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  25. O mais interessante dessa história é o fato de não ser um casal na fase adolescente. São adultos, que tem vidas complicadas e querem viver o amor.
    Isso é um ponto muito fantástico que me atraiu muito.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  26. Oie, tudo bom?
    Adoro romances com casais mais maduros porque são histórias com pessoas que já passaram muita coisa na vida. Eu me interessei por esse livro durante o lançamento e continuo curiosa com a narrativa.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. oiee geralmente livros que remete ao auto conhecimento e reflexão acabam por ser mais morosos e isso as vezes causam certo tédio...tem que ler de coração bem aberto mesmo para tirar bom proveito da leitura.. eu ainda não este livro mas com certeza seria ótimo se tivesse a oportunidade.. bjs e parabéns
    http://florroxapoemasepoesias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Bom desde o lançamento deste livro não tive interesse em lê-lo mesmo com algumas resenhas positivas que li, não sei. A história não me atraiu... achei meio fraquinha a ideia do romance, mas essa é a minha opinião pessoal, porque nem o livro eu li, mas como ando cheia de leituras, prefiro não querer a leitura de um livro que eu sei que eu não leria até o final e como não quero abandonar nenhum livro, prefiro não correr o risco.. Xero!

    ResponderExcluir
  29. Oi Cath! Eu também costumo ler mais livros com mocinhas mais jovens, mas sempre que posso ler algo mais maduro não deixo passar, afinal trazem uma visão mais experiente e realista da vida. Gostei do livro e adoraria ler.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  30. Não conhecia o livro e fiquei bem curiosa com a história, o enredo parece ser bem bacana. Gosto de histórias em que a personagem é mais velha, mais madura, assim acabo aprendendo um pouco com ela. Adorei a resenha!

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  31. Oi, tudo bem?

    Gostei muito do livro, principalmente porque é uma leitura leve, mas que te faz refletir. Não conhecia e já anotei como dica de próxima leitura.

    beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo