Resenha: As Batidas Perdidas do Coração - Bianca Briones

09:20

Sinopse: Viviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre. As batidas perdidas do coração é uma história sobre perdas e como cada um lida com elas. É o encontro atormentado entre a dor e o amor. Com uma narrativa sexy, envolvente e repleta de música, este livro traz a última tentativa de duas pessoas arruinadas que, juntas, buscam desesperadamente se encontrar.

Viviane é uma jovem que tem uma família bem sucedida e acaba de perder o pai que sofreu meses com o câncer de pulmão, depois desse ocorrido, se vê destruída com a falta do dele e com a mãe sofrendo de depressão no quarto ao lado. Rafael perdeu seu pai a alguns anos mas se encontra no cemitério novamente ao presenciar a morte de alguns parentes que morreram em um acidente de carro, ele mora sozinho com o primo em um apartamento pequeno numa área "pobre" de São Paulo, e não aguenta mais perder as pessoas para morte.

As Batidas Perdidas do Coração nos apresenta esses dois personagens com vidas tão diferentes mas que a morte conseguiu unir, já que se conheceram em um grupo de apoio. O livro é narrado em primeira pessoa com capítulos alternados entre os dois, capítulos rápidos que começam com alguma letra de música que tem a ver com eles.

A autora conseguiu nos apresentar um enredo maravilhosamente interessante e diferente, pois conseguimos sentir a diferença das classes sociais, mas isso não os impede de tentar ficar juntos e encontrar a dor da morte um no outro. São personagens muito bem construídos que nos mostram a realidade da cidade de São Paulo muito bem, o que consegui ver em poucos livros, e para mim, esse foi o ponto forte do livro.

Viviane é uma garota mimada que veste saias para ir em todo e qualquer lugar, ainda não entendi o porquê, mas tudo bem. Foi uma personagem que conseguiu me cativar mas que ao mesmo tempo, conseguia me irritar profundamente pelo fato de sua família estar desabando bem na sua frente e ela praticamente só pensava no Rafael, achei isso puro egoismo, claro que determinados momentos ela se preocupava, mas quase não passava mais tempo em casa, mesmo que sua mãe precisasse dela e depois de um certo acontecimento que pedia ainda mais sua atenção, ela continuou no mundinho dela.

Rafael assim como Viviane também tinha coisas a se preocupar mas só pensava nela, ele ainda teve a decência de se preocupar um pouco mais com o primo e com seu emprego em uma balada, mas ainda assim, senti falta de mais destaque na parte da morte. O mais interessantes na narrativa de Rafael era poder conhecer o que a morte pode causar a certas pessoas, e estou ainda impressionada como ela conseguiu mostrar a realidade de Rafael, foi ótimo. O que me incomodava um poco, era o excesso de palavrão na parte da narrativa dele, claro que as pessoas falam palavrões, ainda mais ele, sendo adolescente e um pouco esquentado, mas não era necessário, parecia que a cada dez palavras vinham uns três palavrões.

Além desses dois, contamos com muitos personagens que são totalmente cativantes, como Lex, amigo de Rafael, gostei muito dele, foi um dos que mais me cativou. Rodrigo (irmão de Viviane) e Lucas (primo de Rafael) se conheceram também no cemitério e criaram uma amizade bonita, no começo teve bastante destaque, mas depois senti falta de mais. Bernardo, um amigo de Viviane foi um apoio imenso a ela, e me cativou bastante.

Pra mim, no geral, foi uma história muito boa, mas com certos pontos que precisavam ser revistos, os que citei acima principalmente, talvez as pessoas não pensem como eu, mas levei tudo ao pé da letra já que nos primeiros capítulos Viviane estava desolada mas de repente se via apaixonada, e por mais que eu entenda que ela se apaixonou principalmente por entender a dor de Rafael, por ter se identificado, não via clima ´para isso e para certas situações.

Eu espertava bem mais da história, pois para mim, o que valeu a pena nisso tudo, foi o enredo. Eu vi tantas resenhas elogiando, e entendo porquê, o livro merece muitos elogios sim, a autora tem uma escrita boa e fluída e espero gostar bem mais do segundo volume.

Poderá gostar também de

11 comentários

  1. Oi Catharina!
    Adorei a resenha!
    Também não senti todo esse encanto que muitos tiveram com o livro.
    Achei que a autora nos saturou com tantas situações de perda e conflito.
    Houve momentos que achei que todos fossem morrer nessa estória. Não parava de morrer gente, rs.
    Gostei mais dos personagens secundários do que dos principais.
    Esperava mais do livro.

    ResponderExcluir
  2. Esse livros está há um bom tempo na minha lista de desejados!!! MUITA vontade de ler!
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Parece ser um livro interessante. O enredo me fez lembrar bastante de Romeu e Julieta e outras obras que já li, no momento, deixaria a dica passar.

    ResponderExcluir
  4. É realmente complicado quando o livro não é tudo aquilo que esperamos! Mas adorei sua sinceridade ao conduzir a resenha, mais blogs poderiam agir assim :D

    Parabéns pelo trabalho!!

    http://tedioescritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Cath!
    Eu gostei da capa do livro, é muito bonita, mas como a gente sabe não dá de considerar só pela capa rrsrs Esses pontos que você destacou que te encomodaram um pouco durante a leitura me encomodam também pois, se a aproximação dos personagens se deu por conta dessas mortes e eles se conhecem em um grupo de apoio seria mais coerente que esse trauma atrapalhasse um pouco o romance deles e não o contrário.

    BJS!
    luadeneon.com

    ResponderExcluir
  6. Eu estava muito curiosa sobre esse livro. O vi na bienal de São Paulo, mas não tinha ideia que ele era de uma autora brasileira e depois de pesquisar mais sobre autores nacionais, fiquei bastante interessada nessa leitura.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Cath! Eu amei este livro, não sabia o que esperar e acabei sendo surpreendida de maneira bem positiva, já li o segundo, mas este ainda é meu preferido, o romance soou bem real pra mim.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu nunca li nenhum livro da autora e morro de vontade de conhecer sua escrita.
    Vejo muitos elogios à esse livro, mas agora você me deixou na dúvida se realmente vou gostar. Espero lê-lo em breve e tirar minhas próprias conclusões.
    Adorei a resenha!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  9. Olá :}

    Estou bem curiosa para ler esse livro :} Morro de curiosidade de ler os livros dela, muitas pessoas me indicaram. Quase comprei por menos de R$20, sinto que irei atrás dele agora. Hahahahahaha. Adorei a resenha!

    Beijos
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bom?
    Bom, sou suspeita para falar porque me apaixonei pelo livro. Gostei muito da história, principalmente por ter protagonistas tão reais e verdadeiros. Que pena que algumas coisas não funcionaram pra você, mas a narrativa da autora realmente é maravilhosa.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Cath!
    Adorei sua resenha, bem transparente.
    Então, eu tenho um pouco de receio de ler livros quando a galera tá elogiando demais, colocando nas alturas. Justamente por que criamos muitas expectativas e na hora a leitura pode não funcionar pra gente da mesma maneira, tudo depende do olhar do leitor, então eu fico um pouco receosa. Mas eu adorei a resenha, e eu já estava louca pra ler esse livro, com certeza vou ler e espero curtir. Mesmo com esses pontinhos negativos, afinal, o bom de uma série é que tem a chance de melhorar a cada livro, né!?

    Beijinhos!
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo

    ResponderExcluir

Seguidores no G+

FANPAGE

Veja também