Prisma Literário: Resenha: Querido Diário - Christina Klibourne

Resenha: Querido Diário - Christina Klibourne

Este post faz parte da Promoção Um Mês com Posts Todos os Dias, quem quiser participar ainda dá tempo, concorra a quatro livros bem legais. Clique aqui para participar e saber mais.



Sinopse:
Maxine e sua melhor amiga Leah se divertiam conversando com garotos na internet. Suas outras amigas invejavam seus novos relacionamentos, enquanto seus pais ignoravam todas as mensagens de amor que iam e vinham. 
E daí se Max e Leah mentiram quanto à idade e ao local onde moravam? Era só na internet... só por diversão. Mas, quando Leah desapareceu, Max percebeu que não eram só elas que contavam mentiras na internet. 
Através de anotações em seu diário, Max conta o desespero de perder Leah e seu esforço para seguir em frente depois de tudo que aconteceu.




*Livro cedido pela Editora para resenha



O livro Querido Diário se passa por um diário escrito por Maxine, uma garota de 12 anos que tem como amiga Leah, as duas são bem unidas e costumam jogar bastante online na internet na casa de Leah, já que os pais de Max não a deixam ter internet em casa, em um desses jogos, acabam conhecendo um menino mais ou menos da idade delas e começam a trocar mensagens simples e inocente, até que depois de um tempo, Leah desaparece.

Hoje venho resenhar mais um daqueles livros que deveriam ser obrigatórios nas escolas, principalmente no ensino fundamental, lá pela sexta, sétima série da escola. Pois aqui temos um tema que apesar de bastante presente, é pouco discutido na minha opinião, afinal, a internet virou rotina para a maioria dos seres humanos, porém, as crianças podem não saber usar da forma correta. Lembro-me de que a uns anos atrás, a internet era vigiada e controlada pelos pais, porém, hoje em dia, é como se quase não víssemos o que ela pode vir a causar.

Max foi uma personagem que me cativou muito, desde as primeiras páginas, claro que ás vezes tem aquelas reclamações chatas e tudo mais, porém, é normal para uma menina de 12 anos que inclusive, demorei a perceber que ela era tão nova, se o livro não tivesse citado, na minha cabeças, ela teria no mínimo uns quinze pela forma de escrever e de pensar em alguns momentos, então, achei que faltou demonstrar mais a idade dela no livro.

Outra personagem que me cativou muito, foi a irmã mais nova de Max, a Molly, a achei uma linda, fofa, queria tira-la do livro e adota-la, de verdade, dei muita risada com ela e também tive ataque de fofuras a ler certas partes, o irmãozinho também é um amor, em alguns momentos que Max falava dos dois brincando na sala, descrevendo a cena, eu quis estar na sala para ver a cena de tão linda. Sem contar também, no Detetive que acompanha o caso, ele é sensacional, foi essencial para a história ficar ainda melhor. Todos os personagens foram muito cativantes, até alguns que não citei aqui.

A narrativa é bem simples mas o tema chega a ficar cada vez mais forte, e acabamos sofrendo junto com Max em muitos momentos, lá pelo meio e final do livro, eu percebi que estava tampando a respiração enquanto ela descrevia alguns acontecimentos e fui soltar a respiração nas últimas páginas.

Bom, Max se saiu muito bem no livro inteiro, ela teve que sofrer muitas consequências e por conta disso, acabou até se tornando mais adulta do que necessário nessa idade, e acredito que tirou muitas lições, tanto que acabou mudando muito o seu jeito de ser e de encarar a vida.

Então, sinceramente, foi uma leitura rápida e sensacional, li em um dia mas espero lembrar desse livro sempre, é uma pena ele ser pouco conhecido ou divulgado por aqui, pois é um infanto juvenil muito necessário. Recomendo para todos.

31 comentários:

  1. Nossa, conta tipo a realidade que esta acontecendo no mundo de hoje
    Adorei o livro, e o inclui na minha lista, e resenhar no meu blog. Porque esse tipo de coisa, e um perigo.

    Beijos, parabéns pelo post

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha :) Fiquei curioso para ler o livro :)

    Parabéns pelo post. Ganhou um seguidor :)

    ResponderExcluir
  3. Olá Catharina tudo bem, ?!!
    Realmente é uma leitura rápida e sensacional ...
    A autora foi fantástica. Pois durante a leitura é impossível não sentir um soco no estômago quando vemos que Max tem medo de tudo e já não encontra mais motivo para viver. Por causa de sua aproximação com Leah, o sentimento de culpa ameaça dominá-la a todo instante e nada parece poder tirá-la desse estado de letargia. Por mais que tentem, a família, os amigos e a terapeuta nunca conseguem uma reação dela que vá além de um misto de raiva e tristeza. Por observamos tudo através de seus olhos, por vezes nos sentimos incomodados com o poder dos seus sentimentos e a força de suas palavras. Talvez tenha sido toda essa intensidade que me fez custar a acreditar que a garota tinha apenas 12 anos.
    inclusive , não posso deixar de dizer que sua resenha esta formidável, parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Realmente o livro é pouco conhecido, mas a história me interessou bastante.
    Fico feliz que tenha gostado.
    Fiquei bem curioso para leitura, espero que algum dia posso ter a oportunidade de lê-lo.

    www.booksever.com.br

    ResponderExcluir
  5. Confesso que a primeira vista o livro não me chamou atenção, mas quando você mencionou a questão da internet e como todo o enredo está ligado ao desaparecimento da Leah, fiquei muito interessada na leitura. Alias, eu estava esperando que você fosse me contar o que aconteceu porque eu sou, simplesmente, muito curiosa.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá =)

    Ainda não tinha visto esse livro, mas gostei da resenha e fiquei bem curiosa para lê-lo porque a internet tem a ver com o desaparecimento de Leah! Mal posso esperar para lê-lo, sério. Parabéns pela resenha. A dica entrou para a lista dos desejados, rs.

    Beijos
    http://www.estantedarob.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Menina, adultos não sabem usar a internet de maneira correta, imagina crianças???
    Esse é livro que leria com certeza por trabalhar com educação, quem sabe traz algumas coisas possíveis para âmbito educacional, ou o livro todo é interessante... enfim!
    http://www.poesianaalma.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Catharina, tudo bem?
    Não sei se leria o livro, mas o tema dele é bem interessante, e acho que além de crianças e adolescentes muitos adultos também não usam a internet corretamente. Essas pessoas deveriam ler o livro...
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu nunca tinha ouvido falar sobre esse livro, acredita? Mas ele tem uma premissa bem interessante que me deixou um tanto curiosa e acredito que realmente devia ser um livro obrigatória nas escolas, pois ensinaria muita coisa para os alunos, né? Enfim, adorei a resenha, espero um dia ter oportunidade de ler esse livro, pois acredito que irei gostar muito.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookahlic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oii,
    Não conhecida o livro mas achei a resenha fantástica.
    Concordo com você, já que o tema é internet e seus perigos deveriam mesmo apresentar nas escolas. Vou procurar saber mais!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. AMoooo esses tipos de historia
    eles sempre tem uma lição pra gente principalmente hj em dia que cada vez mas violência na internet

    ResponderExcluir
  12. Oi Catharina
    Não conhecia esse livro, mas pela história e pelo que disse sou obrigada a concordar com você... a internet hoje em dia é uma terra de ninguem, se para nós que somos adultos pode ser perigoso, imagina para as crianças?
    Adorei a sua resenha como sempre

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia o livro e achei mega interessante, porque é uma realidade,mas pessoas não usam a internet como se devem usar e a maioria dos pais não prestam atenção no que os filhos estão fazendo, a facilidade nos dias de hoje é enorme.
    Vou anotar o nome dele pra comprar.... Adoro suas dicas de livro,
    Bjus

    ResponderExcluir
  14. Oi Cath, tudo bem? Gostei bastante da sua resenha e esse é o tipo de livro que eu gosto e realmente, é um tema bem recorrente e que deveria ser lido por todos, aliás, deveria ser uma leitura obrigatória nas escolas realmente. Isso o que aconteceu com a Leah ainda acontece bastante.

    Gostei muito de saber que os personagens são bem construídos e que você se sentiu vivendo aquela cena e sofrendo com a Max. Com certeza vou procurar esse livro para ler.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  15. Esse tema vem sendo mais abordado em livros, ultimamente vi alguns em lançamento. Concordo que devia ser obrigatório em escolas, mas acredito que no caso seja mais obrigatório ainda que os pais estimulassem os filhos a lerem e terem conhecimento sobre isso.
    Vou procurar o livro para ler, sem dúvida.

    ResponderExcluir
  16. Normalmente eu não leio esse tipo de livro, mas fiquei curiosa, vou dar mais uma pesquisada sobre ele e talvez eu o coloque na minha lista

    ResponderExcluir
  17. Oi Cath, eu não conhecia o livro, achei a premissa bem interessante.
    Fiquei intrigada e morta de vontade de fazer a leitura desse livro que
    tem uma temática tão forte e que deveria ser obrigatória em algum momento da vida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Também acho que o tema 'vida online' é pouco debatido considerando que temos a internet como uma presença constante, fiquei muito curiosa por esse assunto, mas confesso que o mistério me chama ainda mais, adoro mistérios e já fico me perguntando o que houve, mesmo sem saber se terei chances de ler o livro, o que espero que aconteça. Adorei a resenha. Abraço.

    ResponderExcluir
  19. Olá, achei bem interessante. a temática do livro é bem forte e mostra um assunto bem polêmico, debatido e atual, o que me faz só sentir vontade de ler, adorei o mistério escondido entre páginas. Leria com certeza!
    Beijos
    cheireiumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Não conhecia o livro, mas parece ser uma história tocante. Os perigos da internet são tão reais quantos os da vida real. Essa temática precisa ser debatida sempre. Os pais não podem ter a ilusão de que seus filhos estão seguros ao navegarem na internet.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. oi!

    Adorei a resenha do livro, eu não conhecia mas fiquei com o bichinho e tenho mesmo de o ir comprar...
    Adorei o tema, porque é um tema muito atual e cada vez mais perigoso.

    Parabéns,

    ResponderExcluir
  22. Achei a ideia da sinopse fantástica. Porque é a realidade ligada a ficção. Esse tipo de leitura nunca é ruim.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  23. Achei a ideia da sinopse fantástica. Porque é a realidade ligada a ficção. Esse tipo de leitura nunca é ruim.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  24. É realmente importante tratar de assuntos assim em livros, como professor concordo contigo. Tenho visto dois crescentes na atualidade, um diz respeito a virtualidade ( infelizmente) outro a procura de jovens por livros ( felizmente). Isso me lembra da futilidade de classificar livros como “modinha”, seja modinha ou não, eu fico super contente de que cada vez mais os jovens se interessem por livros.

    ResponderExcluir
  25. Oi Cath!
    Eu não conhecia o livro, mas gostei bastante da premissa dele.
    Só pelo fato de tu ter dito que ele deveria ser "obrigatório" no ensino fundamental, eu já comecei a imaginar o que de bom ele traria. No decorrer da resenha fui confirmando minhas expectativas e cheguei a conclusão de que eu também preciso lê-lo :D

    bjs

    ResponderExcluir
  26. Oi Catharina, tudo bem?
    Deveria ser um livro obrigatório para todos!
    Pois muitos adultos também não sabem usar internet corretamente ou supervisionar as crianças corretamente.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  27. Oi Catharina,
    Eu não conhecia esse livro, mas me interessei e muito pela história. Uma história bem atual e até um pouco polêmica, por que não? Tudo que envolve a internet é um tanto complicado.
    Anotei a sua dica e vou procurar mais sobre ele

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  28. Oi, tudo bem?
    Imagino o que tenha acontecido com a Leah, e concordo com você, esse tipo de livro com temas assim deviam ser obrigatórios nas escolas. A internet está fácil demais, acessível demais, e as crianças não tem mais limites, por isso estão sujeitas a muitos perigos.
    Adorei a resenha, e fiquei muito curiosa e com vontade de ler o livro
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  30. Olá, gostei muito da sua resenha e é uma obra que parece ser bem forte, e concordo que é um tema que é obrigatório para as escolas e os alunos lerem. Já assisti um filme muito forte com uma premissa bem parecida e desde então ando um pouco com receio de ler algo do tipo, mas espero ler algum dia.
    Beijos, sucesso.
    www.inspiradaporpalavras.com.br

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo