Prisma Literário: Resenha: Antes que Eu Vá - Lauren Oliver

Resenha: Antes que Eu Vá - Lauren Oliver

Este post faz parte da Promoção Um Mês com Posts Todos os Dias, quem quiser participar ainda dá tempo, concorra a quatro livros bem legais. Clique aqui para participar e saber mais.


Sinopse:
Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta — da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento. Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha desvenda o mistério que envolve sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.






Samantha é uma garota com a vida consideravelmente boa, já que tem praticamente tudo que quer e é uma daqueles mais "populares" da escola junto com suas três melhores amigas. Sam namora um garoto da escola que é o mais cobiçado por todas, sempre foi apaixonada por ele e hoje se vê feliz junto ao seu lado.
Tudo parece ótimo, é o Dia do Cupido no colégio e Sam não vê a hora de receber suas rosas - quantas rosas recebe, mostra o quanto você é adorado no colégio - ela e as amigas não costumam ganhar poucas.
Mas mal sabe Sam que esse dia "normal" será seu último e terá que revivê-lo mais sete e assim, aprender o verdadeiro valor de certas coisas e certas pessoas.

Antes que eu Vá era um daqueles livros que sempre tive na minha lista de desejados, e quando o comprei, não via a hora de ler, mas ficava adiando e adiando, até que resolvi finalmente lê-lo nessa última semana e como me arrependo por não o ter pego antes.
Samantha no começo do livro, é simplesmente uma pessoa quase desprezível, só suas amigas conseguem ser mais fúteis do que ela e isso me irritou muito, mesmo que estivesse adorando a narrativa, me irritava com o modo que ela e suas amigas tratavam as pessoas.

O legal do livro é que a cada capítulo, a personalidade mimada e chata de Sam muda totalmente, ela aprende a ser uma pessoa melhor, aprende que existe coisas mais importante que roupas e sapatos e principalmente que sua melhor amiga Lindsay, não é tão glamourosa e maravilhosa quanto parece e por último, que seu namorado não passa de um idiota.

Os personagens me cativaram muito, exceto as amigas de Sam. Mas a própria Sam, como já disse, mudou totalmente e a adorei depois dos primeiros capítulos. A irmãzinha dela é simplesmente uma fofa, foi a minha personagem favorita no livro, infelizmente ela não aparecia tanto, mas o pouco que apareceu me conquistou. E o segundo personagem mais lindo do livro, é Kent, o primeiro menino que Sam beijou na infância e que hoje, o despreza totalmente apesar dele gostar muito dela.

Ficava com muita dó de Kent no começo, mas ás vezes torcia para ele ser menos bobo com ela e foi isso que eles fez durante algumas cenas que fez Sam sentir na pele como era ser tratada de tal jeito. Kent é um garoto muito fofo e inteligente, fiquei muito feliz quando a autora passou a destaca-lo mais ao decorrer da história.

Bom, é um livro que tem muito o que ensinar e Sam se torna uma aprendiz da vida em seu último dia. Amei a narrativa em primeira pessoa, adorei o enredo e de como tudo corre, achei que ficaria repetitivo por se tratar de mostrar o mesmo dia várias vezes, mas não ficou, pelo contrário, melhorou a história.
Recomendadíssimo.

21 comentários:

  1. Esse parece ser aquele tipo de livro clichê, mas perfeito do mesmo jeito. Parece ser bom.
    Beijos
    Dani Villela

    ResponderExcluir
  2. Pelo visto esta história segue aquela máxima dos filmes adolescentes dos anos 90, onde cada pessoa tem seu 'grupo' muito bem definido (populares, nerds, jogadores, etc) e a mocinha, ou é a pobre coitada que o rapaz popular finalmente nota, ou o extremo oposto como a popular que percebe que o status não importa tanto assim. Confesso que apesar de tentada, estas obras sempre me deixam com o pé atrás porque tendem a ser repetitivas e não trazem uma perspectiva diferente. :/

    ResponderExcluir
  3. O enredo parece exageradamente clichê, acho que não conseguiria ler, porém, assim que for à livraria novamente, vou dar uma foleada, posso estar enganada e adorar o livro, né?
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oii!
    Ele tá na minha lista de desejados também rs
    Adorei a resenha e espero ler o mais rápido possível.
    "Amigas fúteis" vai ser um problema pra mim :/
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. É um livro bem para jovens, meninas. Não que eu não leia livros assim, mas é que às vezes parece muitos com outras coisas que já vimos ou que lermos por aí.
    Quando você falou em sapatos e roupas, lembrei logo do filme As Patricinhas de Beverly Hills.
    Mas deixo bem claro que, não é porque não me chamou a atenção que não vá agradar outros leitores.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi Catharina.
    Adorei sua resenha.
    Sempre quis ler esse livro, mas nunca tive a oportunidade. Mas hoje em dia perdi o encanto com ele, não sei, acho que meus gostos mudaram. ^^

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adoro histórias assim! rsrsr E sua resenha acabou de me conquistar. Essa mudança na personagem me faz ficar com aquela pulga atrás da orelha... Louquinha para ler! srsr.

    Também tenho aqui na minha estante alguns livros que sou louca pra ler e só vou adiando... =( Acho que vou me arrepender. srsr

    Beijinhos!!!
    http://www.pensamentosvalemouro.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu reviro o catalogo da Intrínseca todo mês, procurando um livro novo pra ler, mas esse tinha me passado despercebido.
    Achei tem um quê de Antes que Termine o Dia, e por isso quero muito ler. Gosto muito, muito mesmo quando o personagem evolui como pessoa, então quero conhecer a Sam logo.

    ResponderExcluir
  9. Oi Cath, tudo bem? Acho bem interessante essa ideia de viver um mesmo dia várias vezes, mas não gostaria de passar por isso. Acho que no início eu também iria ficar com muita raiva da Sam e seu jeito fútil, sério, detesto personagens assim... mas que bom que ao longo do tempo ela vai mudando e se desenvolvendo, apesar de achar que 7 dias é difícil para uma pessoa mudar tanto. O Kent parece ser fofo, mas meio bobo por correr tanto atrás da Sam e achei interessante que em alguns momentos a atitude dele vai mudar e a Sam vai sentir na pela o jeito como ela o trata.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  10. Muito interessante a resenha .
    Eu Acho que também vou adora a irmã dela e o do Kent, adoro historia do primeiro amor <3
    bjjss

    ResponderExcluir
  11. Tenho muita vontade de ler! Acho essa capa linda, mesmo não gostando de capas com rostos, essa é uma das exceções. Não consigo ler no kobo, preciso comprar.
    sos
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  12. Tenho muita vontade de ler! Acho essa capa linda, mesmo não gostando de capas com rostos, essa é uma das exceções. Não consigo ler no kobo, preciso comprar.
    sos
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Catharina, tudo bem?
    Amei a premissa do livro, com a questão dela reviver o dia por várias vezes e essa mudança que ocorre com ela. Quero ler.
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Hmmm... Não sei, muito clichê hihihi
    Não leria, fujo de livros repetitivos.
    Mas tenho certeza que agrada muita gente.
    Parabéns pelo blog.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  15. Não sei se leria esse livro ... Mas posso pensar em uma ou duas pessoas que precisariam ler e talvez eu até presenteie elas com isso kkkk
    Não gosto de gente metida. Fujo desses livros porque me irrita. Mesmo sabendo que a personagem muda conforme a leitura segue, até chegar nas mudanças, eu estaria descabelada rsrs

    ResponderExcluir
  16. Hey, tudo bem?

    Eu tenho minhas reservas em relação a esse livro, apesar de nem saber muito o porquê, mas achei muito interessante o fato da personagem crescer tanto ao passar dos capítulos, então fiquei um pouco curiosa com a leitura. Quem sabe no futuro, né.

    Beijos,
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir
  17. Oie, tudo bom?
    Eu sempre tive vontade de ler esse livro porque a sinopse é realmente instigante. Sua resenha só confirmou minhas expectativas. Achei interessante a lição que a protagonista toma porque ela parecia uma pessoa bem mesquinha. Um livro que espero ler um dia.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Catharina,
    Esse é um livro que eu sempre tive a vontade de ler, mas nunca tive a oportunidade... Não tinha lido também nenhuma resenha e adorei a historia.
    Ele está na minha lista ainda e ansioso para passar na frente haha

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  19. Eu gosto de livros Clichês, me julguem, kkkk
    E julgo livros pela capa e a desse livro é linda!
    Eu leria sim, sem dúvidas.
    Amei a tua resenha, muito doce, assim como o livro parece ser.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Não faz muito o meu tipo e infelizmente não consegui me interessar :(
    A resenha ficou otima e a capa tambem é bonita.

    ResponderExcluir
  21. Não conhecia o livro, mas amei a resenha.
    Adoro livros que me fazem parar para pensar. As vezes fico a semana toda pensando sobre algum assunto abordado em livros.

    Acho que vai ser assim com este livro, apesar de até então eu não ter ouvido falar mt sobre ele.

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo