Prisma Literário: Resenha: Um Lugar no Coração - Amy Hatvany

Resenha: Um Lugar no Coração - Amy Hatvany




Sinopse:
Grace nunca quis ser mãe. Mas, quando ela conhece Victor, um homem bonito, carismático, separado e pai dos adolescentes Max e Ava, decide que pode aprender a ser uma ótima madrasta. Afinal, as crianças moram com a mãe, Kelli. Não pode ser tão difícil assim, certo? Aos treze anos, Ava é bastante madura para a idade. Desde o divórcio de seus pais, ela cuida da mãe emocionalmente instável e do irmão mais novo. E, apesar de não ter nada contra a namorada de seu pai, Ava ainda tem esperança de que os pais voltem a ficar juntos e sejam novamente uma família. Mas, poucos dias depois de Victor e Grace ficarem noivos, Kelli morre em circunstâncias misteriosas — e segredos assombrosos de sua vida são revelados.

*Livro cedido pela Editora para resenha.


Um Lugar no Coração nos apresenta a história de Grace, Victor e Kelli, três adultos que possuem a vida entrelaçadas, até porque Victor era casado com Kelli e o casal tiveram os adolescentes Ava e Max como filhos. Mas o tempo passou e Victor se divorciou de Kelli e depois de uns anos conheceu Grace, uma mulher independente e atraente, os dois logo passam a se apaixonar e ficam juntos.

Grace nunca quis ser mãe e Victor não pretende ter mais filhos e isso é o que mais os torna próximos no começo, mas logo Grace terá que conhecer os filhos de Kelli e mal sabe ela, que será como uma "mãe" para eles quando Kelli morre.
A narrativa do livro é divida entre Ava, a filha de Victor, Grace e Kelli. Ava e Grace narram como estão lidando com a situação depois da morte de Kelli em primeira pessoa. A narrativa de Kelli é em terceira pessoa, nos apresentando seu passado. Sem dúvida alguma, o que tornou o livro tão especial e tocante, foi a ideia da narrativa que a autora criou. Foi impressionante poder ver o ponto de vista de uma menina de 13 anos que acaba de perder a mãe e terá que morar com o pai e uma mulher que mal conhece.

Grace sofre muito com a morte de Kelli, se sente culpada, pois Victor havia dado a notícia do noivado dos dois a poucos dias e Kelli não reagiu bem, ficou extremamente triste e desabafava com Ava, sua filha, que tinha que agir como se fosse muita mais velha para cuidar dos sofrimentos e crises que a mãe tinha desde que o pai resolveu se divorciar.

A morte não só abala a todos, como também muda a vida de cada personagem no livro, em certos momentos, via as páginas borradas pela reação de Max, o filho mais novo que teve que perder sua mãe tão cedo e também por Ava, o momento que uma pessoa mais precisa da mãe é na adolescência e ela não podia se sentir mais sozinha, era muito próxima da mãe. Ava nos conta como sentia falta da época que os pais eram juntos, mas mesmo depois da separação, Victor não os abandonou, era presente na vida deles e Grace sempre fez de tudo para se dar bem com os filhos do namorado.

Eu não imaginava nem de longe gostar tanto do livro, e não me surpreendia assim como uma leitura a muito tempo, não consigo expressar palavras para dizer o quanto a história me tocou e quanto cada personagem me cativou, me coloquei no lugar de cada um, tentando imaginar como seria lidar com a morte numa situação dessas.

Foi uma história que me apresentou muitos valores, personagens fortes, inclusive Grace que de uma hora para outra, se tornou mãe das crianças já que Victor trabalhava o dia todo. Grace foi uma inspiração, largou até o próprio trabalho durante um tempo, para ajudar seu noivo.

Ao decorrer da história começamos a descobrir muitas coisas sobre Kelli que muda totalmente o ponto de vista que tínhamos dela, conseguimos entender o porque ela não se sente mais feliz e sim extremamente sozinha, sem contar os segredos que só revelam após sua morte, e isso causará muitas intrigas e uniões.

Livro totalmente recomendado para todos, uma leitura com narrativa leve mesmo que a bagagem seja grande e pesada, adorei.

39 comentários:

  1. Oooi Cath (pode chamar assim)

    Eu não conhecia a obra, e achei bem o enredo, o que eu mais gostei foi de ver que você se entregou para a leitura, conseguiu entrar no personagem, gosto quando isso acontece e de me sentir assim, querendo entender o que se passa *-* melhor coisa
    Otima resenha

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia a história do livro, gostei muito da sua resenha e fiquei bem curiosa pela leitura. A morte chega na vida de cada pessoa de uma forma, as vezes me acho muito fria quando o assunto é perdas, então acho que será uma boa ler o livro, saber mais como cada pessoa pode lidar com isso, sentir o que cada um sentiu, é tão bom quando nos envolvemos tanto com a história né?

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  3. Oi Catharina! O livro é bem diferente dos que eu tenho lido, e nunca tinha ouvido falar dele. Gostei da premissa, imagino quanto no livro é explicado sobre o choque pra Grace, dar uma notícia tão boa e ter em retorno um acontecimento tão ruim, quanto a morte da ex do marido, ela deve se sentir culpada e super perdida já que ganhou uma maternidade que não queria.
    Gosto de livros que contam com mais de um ponto de vista, acredito que isso explique melhor os pontos do livro.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Eu nunca tinha lido ou ouvido falar nada desse livro, mas ha um tempo atras vi o filme Lado a Lado, com a Julia Roberts que a história parece ser bem parecida com a desse livro, será que eles tem alguma relação?
    O livro parece ser muito interessante e vou procurar ele pra lê-lo.

    Beijos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  5. Eu tbm não estava dando muita coisa para esse livro mas a minha amiga Ana, que escreve no blog comigo, solicitou e enquanto lia mandava msgs no Wpp dizendo como era emocionante e que ela estava chorando (hahaha). Eu fiquei curiosa pra ler tbm, e acho que se a Editora tivesse feito um trabalho melhor na capa, ajudaria chamar mais a atenção para esse livro ;)

    xoxo
    http://www.amigadaleitora.com/

    ResponderExcluir
  6. adoro quando os personagens cativam a gente viu *-*
    tipo nunca tinha lido a sinopse do livro, mas a capa me chamou atenção na primeira vez q eu vi.
    gostei da sua resenha e pelo que li com certeza vou gostar da história.
    apesar de ser algo bem batido a mãe deles morrerem e eles terem de conviver com a madrasta e tals.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  7. Olá, não conhecia a obra, nem a escritora, apesar da capa não ser tão bonita, a premissa parece ser super interessante, mesmo que seja carrega de drama e dor. Sua resenha está ótima, gostei bastante, e com certeza leria esse livro.

    Beijos,
    http://www.marcasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?

    Gosto de livros que apresentam personagens maduros para a idade, como Ava, ao mesmo tempo que não gosto, pois penso que se é pra fazer um personagem maduro, qual o motivo de colocar a idade de uma criança e a cabeça de um quase adulto? Entende meu ponto? Deve ser muito triste perder um dos pais imagino como deve ser complicado para duas crianças perder a mãe e ver o pai com uma desconhecida. Mesmo que a narrativa seja leve para a temática, não é um livro que eu leria, não gosto muito desse tipo de tema.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pela resenha, está ótima. Meio que entendo a Ava no papel de ser uma criança muito madura pra idade dela, passo pelo mesmo problema - Claro, sem a parte da morte etc.. -, mas mesmo assim não sei se é um livro que eu leria, por ser algo tão próximo da minha realidade.

    Beijos, Ahri.
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá querida.
    Esse livro parece ser surpreendente, fiquei com pena doa filhos nessa história toda, uma por ter que ser a mãe e não a filha e o caçula por ficar tão jovem órfão, mas para a sorte deles Grace, mesmo não querendo filhos se tornou a mãe deles.
    Gostei desse apoio que ela deu ao.noivo, mas você me deixou com a pulga atrás da orelha pra saber esse segredo.
    Ótima resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oii,
    Já tinha visto esse livro por ai mas nunca me interessei. Lendo sua resenha, parece que ele é surpreendente e fiquei curiosa para saber que segredos são esse e como foi a transformação desses personagens com meus próprios olhos. Com certeza vai para minha lista!

    Beijos ;*
    Proseando com uma BibliophileFacebook

    ResponderExcluir
  12. Olá, Cath.

    Nossa, não dei nada por esse livro quando vi a capa e agora estou aqui me mordendo por dentro.
    É exatamente o tipo de história que eu gosto e que eu leio com muito prazer. Estou bem curiosa para saber como a Grace irá lidar com esse novo mundo e como será para as crianças.
    Caramba, fiquei muito, muito, muito interessada.
    Parabéns pela resenha. Conquistou uma leitora \o/]

    Beijocas,
    http://www.segredosentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Nossa.. não conhecia esse livro.. Adorei a resenha, me lembrou um filme com Julia Roberts que assisti.. é um filme antigo mas muito emocionante.
    Fiquei super curiosa para ler esse livro... Entrou na lista!!!!
    Parabéns pela resenha... Beijos

    http://clubedolivrope.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Que mistério! Briga em família são as melhores e mais cabeludas...A resenha me deixou mais curiosa, cara o que aconteceu com a mulher? Amo mistérios são sensacionais.
    Beijos

    http://proximapagina-pp.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Esses enredos que tratam sobre morte e a dor que ela causa me deixam deprimida e abalada antes mesmo de fazer a leitura.
    Mas a parte dos valores que ele traz é que me interessam, gosto desse aprendizado.
    Fiquei querendo saber como Grace conseguiu lidar com a situação e se os filhos de Victor aceitaram ela de boa.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  16. Essa capa me lembrou a chapeuzinho vermelho <3 Hahahaha
    Bem, esse livro não me interessou muito, acho que não faz muito o meu tipo, sabe? Mas sua resenha está muito boa! Acabei de conhecer seu blog, mas voltarei aqui mais vezes.
    Aproveito para convidar você para conhecer o meu: www.literasutra.com
    Um abraço,
    Monalisa

    ResponderExcluir
  17. Olha, a capa não em atraiu muito, mas sua resenha conseguir despertar meu interesse pelo livro. Acho bem dramático lidar com a morte, ainda mais de um familiar próximo. Não consigo me imaginar sem minha mãe e no papel de Ava. Deve ser extremamente complicado. Que bom que essa leitura te agradou tanto!

    Leitores Forever

    ResponderExcluir
  18. Oii! Tudo bem?
    Eu realmente nunca teria interesse nesse livro não fosse sua resenha. Gosto de livros com drama, e conflitos familiares, e esse parece ótimo! Saber como Grace e, principalmente, Ava vai lidar com a morte da mãe deve ser duro de aguentar (no sentido emocional da coisa), pois acabamos por nos sentir na pele do personagem né.
    Adorei sua resenha, me deixou curiosa pra ler o livro.
    Beijos
    www.romanceseleituras.com

    ResponderExcluir
  19. Olá =)

    Nunca olharia para esse livro, confesso. Mas depois da sua resenha estou vendo-o com outros olhos. Não sou muito fã dos dramas, mas fiquei curiosa com essa história! Perdas são bem difíceis, gostaria de ler como Ava superou a da mãe.

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Essa capa é meio ruinzinha, mas a sinopse e o livro pela sua resenha parece ser ótimo ! Adoro um pouco do drama e esse livro parece ser lotado dele!
    Gostei muito
    Beijos
    cheireiumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Não gosto muito da capa :/ mas nossa, a sinopse superou a capa em TUDO haushauhs. Muito misteriosa essa sinopse, sério, fiquei com uma pulguinha atrás da orelha kkkk.
    Sua resenha está bem escrita e suuuuper me deixou mais curioso KKKKKKKK
    Quem sabe algum dia eu não leia :P

    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Oi, Catharina!
    Pensei que fosse só um romance água com açúcar, mas descobri que esse livro tem um drama mais sério também. Gostei da sua resenha, mas não leria porque não faz o meu estilo. Mesmo assim, parabéns por ter sido tão sucinta!
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando

    ResponderExcluir
  23. esse livro tem um tema bem, interessante, confesso que não conhecia, a morte chega pra cada um de um jeito, achei que esse livro fosse mais um clichê e me surpreendi com sua resenha, amei demais,
    bjus

    ResponderExcluir
  24. Parece ser um livro tocante. Acho que já vi um filme com o mesmo enredo. A resenha ficou muito boa, mas confesso que o enredo, a história, parece ser cópia de outras que já existem por ai... :(
    http://poesianaalmaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Esse livro me interessou de verdade. Meu pai casou novamente quando eu tinha mais ou menos essa idade de Ava. Depois fui madrasta com uma enteada nessa idade. Então, sua resenha me tocou mesmo. Por fazer essa relação com minha vida.
    O livro também me lembra do filme "Lado a Lado", com Julia Roberts e Susan Sarandon, um filme tocante.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Não me lembro de ter visto esse livro na divulgação do GER, deve ter passado batido - o que é estranho, pois a capa logo me atraiu. Li a sinopse e já me interessei, mas foi lendo sua resenha que definitivamente coloquei-o na lista de desejados. Já gosto de dramas familiares normalmente, ainda mais quando envolve um relacionamento complicado e perdas. E narrativa intercalada é amor! Adoro variar o ponto de vista pra conhecer mais os personagens. Já tô querendo.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro

    ResponderExcluir
  27. Oii, tudo bem?
    Vi esse livro enquanto via alguns lançamentos no skoob e não restei atenção no que se tratava.
    A história parece ser bem bonita e a Ava cativante. Fiquei curiosa com os tais segredos...
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  28. Oi, Cath!
    Poxa, eu adoro historias assim, que relatam temas atuais e os dramas de uma família, coisas que são tão comuns nos dias de hoje. Deve ter sido mesmo uma barra, pra Ava, com apenas 13 anos ver os pais separados, ver o Pai reconstruindo a vida com outra pessoa e do outro lado a mãe sofrendo, e por fim, ainda perdê-la. Realmente o fardo bem pesado pra uma menina da idade dela, que obviamente foi obrigada a amadurecer cedo demais. Gostei muito da sua resenha e da premissa da historia. Vou anotar essa dica.

    Beijinhos
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
  29. Hey, Cath.
    Entendi todos os pontos positivos que você listou e acho muito legal e interessante isso de ver as coisas e acontecimentos pela narrativa de uma menina de 13 anos que acabou de perder a mãe, mas a história em sim não me atraiu muito. Fico feliz que você gostou e se surpreendeu com a leitura.

    Beijos.
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir
  30. Uau! Esse livro parece ser ótimo!
    Eu ja tinha gostado dele só pela capa, agora então... MDs!
    Quero descobrir esses segredos! Hahaha
    Ansiosa por essa leitura! ;)

    Beijos! :*

    http://dreams-books-love.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Oi catharina, gosto de dramas familiares, meio que me transporto mais para perto dos personagens, sei lá. Eu já tinha interesse no livro, agora que o conheço um pouco melhor, sei que será uma boa opção de leitura.
    Bjs, Rose
    Fábrica dos Convites

    ResponderExcluir
  32. Oi!! Este parece ser um drama muito interessante, acho que vale a leitura!
    Ótima dica!

    Beijos,
    http://oprazerdaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Oi... nao conhecia essa historia, mas a sua resenha me chamou a atenção... parece ser um livro que faz você chorar muito né?

    Anotando a sua dica :)

    beijos
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  34. Oi Catharina, tudo bem?

    Estou doida para ler esse livro, apear da capa bem simples, a sinopse me ganhou totalmente. É uma das minhas próximas leituras! Espero gostar tanto quanto você.

    Beijos
    Livros e blablablá - http://www.livroseblablabla.com/

    ResponderExcluir
  35. hey! Adorei o fato da narração focar em todos os pontos de vista, é estranho imaginar quais são os sentimentos alheio e nesse livro veio para facilitar nosso pensamento. Tem um filme com a mesma temática, de que a mãe morre e as filhas são criadas pela nova mulher do marido. É uma história muito bonita.
    Adorei a resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
  36. Oi, tudo bem?
    Nunca tinha ouvido falar sobre esse livro, mas fiquei bem curiosa, só a capa e a sinopse me atraíram, então ao saber a forma que o livro é narrado eu fiquei mais animada ainda, porque desse jeito temos uma perspectiva maior da história, né? E acredito que acompanhar o ponto de vista da garotinha deva ser realmente muito bacana. Enfim, o livro realmente parece ser ótimo, espero ler algum dia *o*

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  37. Oiii, tudo bem?
    A resenha ficou ótima,Também não conhecia essa autora, mas não sei se leria este livro pois não faz muito meu estilo.
    Bjs!!
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. oi,tudo bem? Pela sinopse, não leria o livro, rs, mas sua resenha me deixou curiosa. Acho que deve ser uma história realmente bonita, e pareceu ser emocionante. Não consigo nem me imaginar perdendo minha mãe hoje, então imagina nessa idade, e ainda ter que morar com uma mulher que nem conhecia. Ainda bem que a Grace não parece ser o tipo madrasta má, rs
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  39. É muito bom quando o livro nos surpreende, né? Isso vive acontecendo comigo. A história parece ser bem tocante. Fiquei curiosa para ler.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo