Prisma Literário: Resenha: A Garota Certa - Ali Cronin

Resenha: A Garota Certa - Ali Cronin

Boa Tarde, leitoreeeees.
Estão curtindo o dia de jogo do Brasil?
Para comemorar, trouxe mais uma resenha da Promoção Uma Semana com Resenhas Todos os Dias, esta já é a quinta resenha da semana e espero que estejam gostando bastante da promoção haha, quem ainda não participa e esta interessado, é só clicar aqui.

Sinopse:
Para Ollie, sexo sempre foi sinônimo de diversão, e namorar sério era algo assustador. Durante muito tempo seu estilo de vida funcionou, mas aos poucos começou a sentir um vazio cada vez maior - e nem imaginava que a solução estava bem ao seu lado. Desde o jardim de infância, Sarah era sua melhor amiga. Depois que ela sofreu sua primeira grande decepção amorosa, eles ficaram ainda mais próximos, e a turma inteira percebia que estava rolando um clima...Só faltava admitir. Mas manter um relacionamento para valer significaria compartilhar as aflições que Ollie estava acostumado a guardar a sete chaves. Suas angústias iam desde as mudanças de humor repentinas da mãe, que passava da depressão ao êxtase num piscar de olhos, até o descaso completo do pai. Isso sem falar em um problema de saúde que ele escondia até dos melhores amigos...Ollie precisava descobrir um jeito de enfrentar essa situação sem magoar a si mesmo - e sem machucar a garota com quem mais se importava.


Este é o quinto volume da série "garota <3 garoto", onde Ollie é o protagonista e narrador. É o primeiro livro da série onde podemos um garoto do grupo é que narra seu ponto de vista. Ollie é o tipo de garoto que "fica" e tem relações sexuais com qualquer garota que vê pela frente e acha bonita. É quase uma fobia para ele a palavra "namoro".

Os primeiros capítulos do livro foca muito no assunto "sexo sem compromisso" e "sexo na adolescência", mas para quem acompanha a série, isso não é nenhuma novidade, pois todos os livros focam muito nesse assunto, o que como já disse em outras resenhas, acho bem interessante a discussão sobre esse assunto, é algo que precisa sim ser debatido.

"Eu não estava feliz, nem estava triste, nem esperançoso, nem desamparado. Estava apenas... vazio."

Ollie apesar de um garoto bem "galinha", é fiel e leal amigo com seu grupo, e também um bom filho, pois sua mãe tem alguns problemas e ele praticamente atura tudo sozinha, já que seu pai é super ocupado com o trabalho e nunca está em casa.


"Eu o amava tanto. Não existiam duas pessoas que se gostassem mais. Lembro de pensar que qualquer problema que a vida trouxesse seria superável, desde que ele estivesse ao meu lado."

Ollie mostra para gente seu cotidiano de adolescente com seus problemas e confusões, de como é ter uma mãe com problemas, onde ele tem de cuidar dela não ela dele, de como é estar no último ano do colégio e também de estar mexido com Sarah, uma de suas amigas que conhece desde sempre, a mais íntima.

A história vai desenrolando de uma forma muito legal e simples, sem grandes acontecimentos, porém, com intrigas e brigas de amigos. Mas é muito gostoso acompanhar a rotina de Ollie, achei muito legal a continuação da série do ponto de vista de um dos garotos, então, foi o livro mais diferenciado.

A diagramação está linda, como sempre, não canso de dizer que amo as capas dessa série, e essa está uma das melhores. Não me lembro de ter encontrado erros.
Não vejo a hora de lançarem o próximo livro da série e espero gostar tanto quanto esse. Leitura super recomendada. Ótima para quando queremos ler algo rápido e simples.


5 comentários:

  1. Livros com dramas adolescentes sempre são meus favoritos, não porque eu esteja nesse faixa etária, mas exatamente o contrário. Ainda não li esse, todavia, certamente ele entrará para minha lista. Obrigada pela resenha, parabéns pelo site

    ResponderExcluir
  2. Oi Catharina!

    Pelamor de Deus, eu achei que ia morrer nesse jogo. Só não foi pior que o último na hora dos pênaltis. Tava dentro de um ônibus e meu coração batia tão forte que tive a impressão que todo mundo conseguia escutar. Enfim. Já ouvi falar muito dessa série, mas fico um pouco dividida, já que ora são comentários positivos, ora negativos. Costumo gostar de livros com sexualidade na temática. É bem provável que eu leia ao menos o primeiro livro da série para tirar minhas próprias conclusões.

    Beijocas!
    http://roendolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. amei sua resenha boa comprar que pirei nela
    bezo
    http://guriabunitabykhen.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Cath
    Tudo bem?
    Essa série parece ser muito boa, nunca li nenhum mas tenho mt curiosidade, esse inclusive, a capa esta linda linda, como todos os outros né?
    A história parece bem legal mesmo e o personagem tbm kkk espero ler em breve.

    Abraaaaaços.

    ResponderExcluir
  5. Já comentei em uma resenha anterior que amo livros teens, pelo fato de trazerem os dramas vividos pela juventude, e sempre dando uma melhor saída para o problema. O jovem que tem contato com leituras assim, com certeza saberá sair da melhor maneira do labirinto que é a vida.
    Aaah! e a capa do livro é bem fofa, não conhecia essa série. Parabéns pela resenha.

    Beijos!
    Vivendo em Livros

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo