Prisma Literário: Resenha: O Vale dos Mortos - Rodrigo de Oliveira

Resenha: O Vale dos Mortos - Rodrigo de Oliveira



Sinopse:

Num futuro próximo, uma antiga lenda Suméria torna-se realidade. Um gigantesco planeta é descoberto no nosso sistema solar e ruma em direção à Terra. Sua aproximação desencadeia um fenômeno único na história e bilhões de pessoas se transformam, de uma hora para outra, em criaturas sedentas de sangue e carne, num estado permanente e irreversível de fúria psicótica. Neste cenário caótico uma família inicia uma luta desesperada pela sobrevivência. Assim, surgirão dois líderes capazes de guiar os poucos sobreviventes de uma cidade do interior de São Paulo para enfrentar uma horda de zumbis canibais. Com passagens em Brasília, nos Estados Unidos, na China e na França “O Vale dos Mortos” é uma história de zumbis com ação frenética e muita violência, que também trata de valores como liderança, trabalho em equipe, e a força de um jovem casal capaz de tudo para proteger seus filhos e amigos. Acima de tudo, “O Vale dos Mortos” trata de uma grande história de amor capaz de sobreviver a tudo, até mesmo ao fim do mundo.
*Livro cedido pela Editora para resenha.

 O livro se passa no Brasil, em terceira pessoa, focando principalmente na família de Ivan e sua mulher, com seus filhos. É uma família muito bonita e unida, de se admirar. Eles saem da manhã no sábado, para se divertir, fazer compras e outras coisas, mas quando estão dentro do Shopping, muitas pessoas em volta deles, começam a desmaiar. O motivo aparente é o calor insuportável, pois naquele dia, fazia mais de 40 graus, mas quando as pessoas começam a acordar com os olhos brancos, eles parecem que algo de sobrenatural está acontecendo.
O livro também alterna em outras pessoas, como presidentes e outras pessoas importantes, achei isso bem legal no livro. 
"Havia diversas perguntas sem resposta ainda. Qual era exatamente a rota do planeta? Do que ele era feito? Existia alguma chance de haver vida nele? Como ele conseguira ficar tanto tempo escondido, sem que ninguém fizesse ideia de que se encontrava tão perto?"
Já tinha bastante expectativa no livro, pois depois de ler Elevador 16, já passei a adorar o autor. Mas o livro superou minhas expectativas, não sei nem por onde começar os elogios.
A diagramação do livro é perfeita, desde a capa - que sinceramente achei muito bem feita e interessante - até as páginas - as folhas são  amareladas bem de leve, e o material é incrível. Sobre os erros de ortografia, só me incomodou algumas faltas de vírgulas, umas duas ou três no máximo.


A narrativa, apesar de ser em terceira pessoa, nos faz sentir dentro dos personagens, conseguimos sentir a agonia, o desespero e o sofrimento de cada um. É uma narrativa leve e divertida, o que torna o livro bem rápido. 
Ivan e sua família são simplesmente espetaculares, me apaixonei pelo casal e seus filhos. É muito lindo o que Ivan faz por todos, ajudando até quem não merece. O casal é bem apaixonado, o que me fez suspirar, muito fofos os dois.
"- Não tenho medo de lutar contra mil feras. Tenho medo mesmo é de pensar no que vai acontecer com os que eu amo se eu não tentar. E por mim, o reinado dessas criaturas começa a desabar a partir de agora."
Outra coisa bem interessante no livro: não foi focado somente no caos dos zumbis, pois entre a pequena comunidade que Ivan conseguiu reunir em um Condomínio fechado, acontece um certo transtorno que nos deixa ainda mais aflitos e curiosos. Muito legal o autor não focar somente em um drama.
Fiquei pensando muito durante a leitura que o livro daria um ótimo filme, e até mesmo série, ficaria extremamente feliz se isso acontecesse.
O único defeito foi ter um fim, mas ainda bem que logo menos será lançado outro do autor e eu não vejo a hora de ler e apreciar. Tenho certeza que Rodrigo fará muito sucesso ainda, pois tem talento e muito.

Totalmente recomendado para quem adora uma boa história de terror e zumbis e que também curte a série The Walking Dead. Muito bom mesmo, releria mil vezes.

"Algo que simplesmente não existia até aquela tarde de sábado, um personagem saído diretamente dos confins do inferno, nascido para uma vida maldita, naquele dia que seria lembrado geração após geração. O dia em que o reinado da raça humana chegara ao fim como espécie soberana na Terra, após milênios de dominação."



8 comentários:

  1. Oi Catarina, tudo bem?

    Nossa, que capa mais sinistra huahuahua. Não curto livros de terror, então não sei se eu leria esse livro, apesar do fato dele se passar no Brasil e ter zumbis, ter me chamado a atenção. =P

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá Catharina!
    Como te disse no face, eu adorei, mas achei os personagens Ivan e Estela com personalidades forçadas demais rs.
    Enfim, eu adorei os secundários, até os filhos deles.
    Com toda certeza, Elevador 16 me ganhou, o livro acontecia coisas ruins pelo menos, neste segundo livro eu amei as partes finais, quando não se focou apenas no apocalipse zumbi, mas eram eles contra eles...
    ótima resenha flor!

    Beijos!
    De tudo um pouco da Thá

    ResponderExcluir
  3. Oi Catharina !
    Adorei a resenha , super bem escrita hahah :3 Nunca li livros de zumbis mas tenho bastante curiosidade , só assisto TWD hehe , esse livro também me despertou interesse e espero te-lo logo em mãos haha :3
    '' É uma narrativa leve e divertida, o que torna o livro bem rápido. '' Adoro esses livros assim haah :3 Vou ver se consigo ler o Elevador 16 em pdf pois parece ser bem legal e é do mesmo autor õ/
    Beeijos e Feliz Páscoa atrasado ^-^
    Um Grande Vício Literário *-*

    ResponderExcluir
  4. Oie linda, tudo bem?
    Passando para ver as novidades e agradecer pelo seu comentário da semana passada. Espero que tenha passado uma ótima pascoa com seus familiares e que tenha aproveitado bastante para comer bastante chocolate hehehehe

    Enfim...

    Olha estava lendo a resenha e achei interessante a história, mas eu não sou muito chegada nesses gêneros não. Eu sou meia medrosa hahahahaha....Mas não sei, as vezes posso acabar me surpreendendo também, porque a gente acha que é uma coisa e acaba sendo outra. Até porque eu vejo Resident Evil e não sei como tenho medo de ler alguma coisa do tipo. Mas a gente fica naquela coisa do que vai acontecer putzzz...não dá hahahaha....Mas gostei bastante de tudo que vc escreveu sobre o livro. Parabens linda. Como sempre caprichando em suas resenhas =]

    Se cuida e fica com Deus
    bjoss

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Esse livro realmente é perfeito, eu ganhei ele da editora e ja acabei, e realmente não tem muito do que reclamar. Espero que saia a continuação logo pois desde quando terminei que espero pelo próximo livro
    http://ler-e-ser-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi! Eu achei essa capa assustadora, mas fiquei com muita vontade de ler esse livro. Parabéns ao autor, por ter escrito uma obra que está rendendo muitos elogios.
    Beijos,

    Letícia
    http://www.odomdaescrita.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adoro histórias de terror, fiquei bastante curiosa depois de ler a sua resenha!
    Beijos!

    http://musicaaolongeliteratura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. adoro sempre quiz ler esse livro, me interessei mais lendo sua resenha! beijos !

    ResponderExcluir

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo