Resenha: Água Para Elefantes - Sara Gruen

16:23

"A vida é o maior espetáculo da terra"

Sinopse:
Desde que perdeu sua esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas, enfermeiras solícitas e fantasmas do passado. Por 70 anos Jacob guardou um segredo. Ele nunca falou a ninguém sobre os anos de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora.
Aos 23 anos, Jacob era um estudante de veterinária. Mas sua sorte muda quando seus pais morrem num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter para onde ir, ele deixa a faculdade antes de prestar os exames finais e acaba pulando em um trem em movimento - o Esquadrão Voador do circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra.
Admitido para cuidar dos animais, Jacob sofrerá nas mãos do Tio Al, o empresário tirano do circo, e de August, o ora encantador, ora intratável chefe do setor dos animais.
É também sob as lonas dos Irmãos Benzini que Jacob vai se apaixonar duas vezes: primeiro por Marlena, a bela estrela do número dos cavalos e esposa de August, e depois por Rosie, a elefanta aparentemente estúpida que deveria ser a salvação do circo.


Jacob, um senhor de 93 anos, vive em um asilo. Ele nos conta sobre sua vida, seus filhos, e de como perdeu o pai em um acidente e perdeu todos os seus bens. Deprimido, acaba abandonando a faculdade durante o seu teste final e 
andando sem rumo, se depara com um trem em movimento, por instinto, sem saber o que fazer pula nele, mal sabe ele que aquilo irá mudar o resto da sua vida, pois descobre que o trem é o Esquadrão Voador do Circo Irmãos Benzini.


“Mesmo quando olho no espelho, não me encontro mais. Quando deixei de ser eu?”

Durante um tempo trabalhando no circo como veterinário dos animais, Jacob acaba se apaixonando por Marlena, a estrela do maravilhoso circo, e também passa a ter um enorme afeto pela elefante, Rosie. Se torna um grande amigo para o dono do Circo que é também marido de Marlena, Tio Al tem um gênio forte e não é sempre um homem honesto, o que muitas vezes causará intrigas entre os dois.

A história vai se alternando entre o momento de agora, onde Jacob narra a monotonia na casa de repouso, as comidas, os pacientes e os dormitórios e os flashbacks da sua vida no circo, onde foi sua verdadeira casa, apesar de tudo que passou lá dentro. Jacob nos narrá como sente falta daquilo e como certos fatos mudaram sua vida e a ele mesmo.


"Quando se começa a entender melhor a vida, a idade nocauteia suas pernas e arqueia suas costas."

A história narrada por Jacob é envolvente e gostosa de acompanhar. Nos fazendo virar as páginas sempre com uma expectativa legal do livro. Eu realmente não esperava gostar tanto, resolvi ler mais por curiosidade do que por qualquer outra coisa e não me decepcionei. Havia ouvido falar pouco sobre a história, e quando me deparei com um exemplar na biblioteca, resolvi dar uma chance mesmo sem saber direito do que se trata.


 Nunca assisti ao filme, mas pretendo em breve. Adorei a estória e os personagens, todos eles, cada um me conquistou de um jeito diferente. Mas, o protagonista é o melhor, o adorei e adorei conhecer sua maravilhosa história no Circo, sua paixão por Marlena, seu sofrimento pela perda dos pais e sua nova vida por conta disso. Recomendo, não é uma leitura demorada. Nos faz refletir sobre bastante coisa e pedir mais.


"Perdê-la foi como ter sido partido ao meio. Naquele momento tudo acabou para mim, e eu não gostaria que ela passasse por isso. Ser sobrevivente é uma droga."

Poderá gostar também de

11 comentários

  1. Foi um dos primeiros livros que eu li <33 Me marcou bastante.

    http://www.garotoinwonderland.com/

    ResponderExcluir
  2. Me instigou a ler :3 nunca tinha parado pra prestar atenção nesse livro, tenho tantos outros pela frente hsauauashahsa
    muito boa a resenha o/

    http://pergaminholiterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha, se puder leia ele, é ótimo.
      Beijos

      Excluir
  3. Minha mãe ganhou esse livro, eu já comecei a ler algumas páginas, porém me interti lendo Nárnia e acabei esquecendo do livro, então minha mãe emprestou ele e não voltou até hoje :/ Só tem críticas positivas sobre o livro, quero muito ler!

    cantinholiteral.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca li Nárnia, é um livro que tenho vontade de ler kkkk
      Volte a ler Aguá para elefantes, tenho certeza que você vai gostar ;)
      Beijos.

      Excluir
  4. Olá Catharina, muito bom o blog.
    Eu tenho um sério problema que depois que assisto ao filme não consigo ler o livro, será q vale a pena?
    Estou seguindo seu blog para acompanhar as atualizações e sempre que puder fazer uma visita.
    Abraços

    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre que assisto ai filme, quero conhecer o livro kkkk Vale a pena sim, com certeza kkkk
      Abraços, vou conhecer o seu também.

      Excluir
  5. Oi, flor!
    Acredita que abandonei o livro? Não consegui me prender à história. :/ Talvez eu não estivesse em um bom momento para o tipo de leitura... não sei. Quem sabe eu tento retomar a leitura depois. :)

    Beijos
    http://sonhos-em-paginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que penaaa, tente novamente, no começo é meio puxado mesmo, mas logo fica mais interessante ;)
      Beijos.

      Excluir
  6. Comecei este livro um pouco com o pé atrás, só o estava lendo para poder compará-lo com o filme e ver o que foi deixado de fora, afinal de contas, antes disso nunca havia ouvido falar sobre ele. A capa original também não me fez cair de amores, me deixou ainda mais travada quanto a seu enredo. Enfim, achei que por ser uma história que não se passa na atualidade seria extremamente chato, este meu trauma se deve ao Morro dos Ventos Uivantes, ao qual tentei ler depois que Bella o citou algumas vezes na Sagra Crepúsculo. Porém Água para elefantes realmente surpreendeu, não era nada do que eu esperava, fiquei extremamente vidrada no livro, não havia nada de morgado ali como no livro das irmãs B, eu simplesmente não conseguia parar de ler um segundo. Ele me vez voltar a minha infância em que ia para qualquer circo que aparecesse a minha cidade, me fez me perguntar o porquê de eu ter me afastado disto e por fim voltei a me apaixonar por circo. Desde que o finalizei me vi extremamente empolgada para assistir algum espetáculo, além de que os elefantes agora me fascinam mais do que nunca.

    Blog: http://worldbehindmywall.fanzoom.net/
    Twitter: https://twitter.com/Blog_WBMW

    ResponderExcluir

Seguidores no G+

FANPAGE

Veja também