Prisma Literário

Resenha: Brigadas Fantasma - John Scalzi

Sinopse: As Brigadas Fantasmas são as Forças Especiais das Forças de Defesa Coloniais, tropas de elite criadas a partir do DNA dos mortos e transformadas em soldados perfeitos para as operações mais difíceis da CDF. Eles são jovens, são rápidos e fortes, e eles estão totalmente sem escrúpulos humanos. O universo é um lugar perigoso para a humanidade - e está prestes a se tornar muito mais perigoso. Três raças com as quais os humanos enfrentaram antes aliaram a nossa expansão para o espaço. Seu linchpin: o cientista militar Turnoard Charles Boutin, que conhece os maiores segredos militares da CDF. Para prevalecer, a CDF deve descobrir por que Boutin fez o que fez. Jared Dirac é o único humano que pode fornecer respostas - um híbrido sobrehumano, criado a partir do DNA de Boutin, o cérebro de Jared deve poder acessar as memórias eletrônicas da Boutin. Mas quando o transplante de memória parece falhar, Jared é dado às Brigadas Fantasmas. Em primeiro lugar, Jared é um soldado perfeito, mas quando as memórias de Boutin se estendem lentamente, Jared começa a intuir o motivo da traição de Boutin. Como Jared procura desesperadamente por seu "pai", ele também deve enfrentar suas próprias escolhas. O tempo está acabando: a aliança está preparando sua ofensiva, e algumas delas planejam coisas piores do que a mera derrota militar da humanidade...

*Livro cedido em parceria com a Editora Aleph para divulgação.

Brigadas Fantasma, sequência de Guerra do velho (clique aqui para ler a resenha), ultrapassa seu antecessor como sendo um dos melhores livros de guerra espacial. John Scalzi nos trás de volta a esse universo caótico e cheio de combates entre raças que lutam para uma dominância de maior território. Apesar de ter como tema principal um combate armado, o livro levanta uma importante questão que vem sido debatido desde tempos mais antigos "O que torna o ser humano, humano?"

Resenha: A Playlist de Hayden - Michelle Falkoff

Sinopse: Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava. A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.









Em A Playlist de Hayden, conhecemos os melhores amigos Sam e Hayden, ambos são os típicos deslocados da escola, sozinhos, amam vídeo games e tem apenas um ao outro. O livro nos mostra logo nas primeiras páginas que Hayden se suicidou com uma grande quantidade de remédios, tudo isso mostrado pela perspectiva de Sam, que encontra o amigo morto e a partir de então, sente-se completamente sozinho, impotente e principalmente culpado.

5 Melhores Livros de Fantasia que Eu Já Li


Fantasia, talvez o gênero mais trabalhado por escritores, roteiristas e cartonistas, uma história clássica, com uma jornada heroica e aventuras que marcam, sendo elas no espaço como em Star Wars, na antiguidade com George RR Martin, ou em um mundo alternativo como em A Hora da Aventura. A fantasia sempre esteve presente na vida de todos, mesmo que você diga que não simpatiza muito com o gênero, garanto que ele simpatiza com você. Com isso gostaria de destacar os cinco melhores livros de fantasia que eu já li nos últimos tempos.

Resenha: Isla e o Final Feliz - Stephanie Perkins

Sinopse: Tímida e romântica, Isla tem uma queda pelo introspectivo Josh desde o primeiro ano na SOAP, uma escola americana em Paris. Mas sua timidez nunca permitiu que ela trocasse mais do que uma ou duas palavras com ele, quando muito. Depois de um encontro inesperado em Nova York durante as férias envolvendo sisos retirados e uma quantidade considerável de analgésicos, os dois se aproximam, e o sonho de Isla finalmente se torna realidade. Prestes a se formarem no ensino médio, agora eles terão que enfrentar muitos desafios se quiserem continuar juntos, incluindo dramas familiares, dúvidas quanto ao futuro e a possibilidade cada vez maior de seguirem caminhos diferentes. Com participações de Anna, Étienne, Lola e Cricket, personagens mais do que queridos pelo público apresentados em livros anteriores da autora, Isla e o final feliz é uma história de amor delicada, apaixonante e sedutora, um desfecho que vai fazer os fãs de Stephanie Perkins suspirarem ainda mais.



Em Isla e o Final Feliz, conhecemos uma personagem a partir do momento em que ela está nos hospital se recuperando do siso extraído. Isla é uma garota tímida e tenta vencer essa timidez para finalmente começar a trocar palavras com Josh, o garoto por quem é apaixonada há mais de três anos. Quando Isla encontra Josh por acaso em uma cafeteria após retirar o siso, finalmente consegue inciar uma conversa de verdade com ele.

Leituras do Mês de Janeiro

Olá pessoaaas.
E já se foi o primeiro mês de 2018. Parece que foi ontem que começou, assusta o quanto passa rápido. Bom, nesse primeiro mês não consegui ser tão produtiva com as leituras quanto planejava mas consegui ler bons livros que vim compartilhar um pouco com vocês, então vamos lá:

Últimos Filmes Assistidos #47

Olá pessoas.
Como estão?
Bom, já estamos ai no segundo mês de 2018. Espero que estejam aproveitando o ano com muitas leituras e filmes, e por isso, vim trazer mais indicações de filmes para vocês. Como sempre digo, tento dar uma variada mas percebi que dessa vez, quase todos os filmes, as mulheres estão como protagonistas ou com papéis muito importantes, e gostei desse acaso. Então vamos lá:

Resenha: Corações de Alcachofra - Sita Brahmachari

Sinopse: Mira Levenson tem 12 anos e raros momentos de tédio. Mas não imaginava que seria obrigada a lidar com um sentimento totalmente novo e possivelmente o mais difícil de sua vida em meio a todo esse turbilhão: sua avó, Josie, uma excêntrica e animada pintora, está com câncer, e pretende encarar a última fase da vida como sempre encarou tudo, de cabeça erguida e com bom humor. Enquanto tenta lidar com o que está por vir (com a ajuda de seu presente de aniversário, um diário), Mira vai descobrindo que não é a única com segredos e, aos poucos, compreende que, assim como um coração de alcachofra, nosso próprio coração sempre tenta proteger a parte mais preciosa.








Em Corações de Alcachofra, conhecemos Mira, uma garota de 12 anos que leva uma vida normal. Mora junto aos seus familiares e diariamente, visita sua querida avó. O livro então nos apresenta um rotina comum, praticamente um diário que poderia ser de qualquer garotinha de 12 anos, já que a autora consegue nos trazer com uma simplicidade notável, as mudanças que Mira descobre em si mesma e o momento complicado que tem passado ao descobrir que sua avó está com câncer.
LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo