Prisma Literário

Resenha: A Garota no Trem - Paula Hawkins

Sinopse: Todas as manhãs, Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas dágua, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes a quem chama de Jess e Jason , Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess na verdade Megan está desaparecida. Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, A garota No Trem é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.

* Livro cedido em parceria com o Grupo Editorial Record para divulgação.

A Garota no Trem é narrado em primeira pessoa por Rachel e Megan. Rachel é uma mulher que atualmente se encontra perdida, só consegue se afogar na mágoa do seu passado, desempregada e completamente viciada em bebidas alcoólicas, único fator que ainda a deixa viva é o trem que frequenta em determinando horário para poder observar a vida de um casal. O casal a faz se lembrar de seu passado, se torna um refúgio de sua realidade.

Últimos Filmes Assistidos #51

Olá pessoas.
Como estão?
Hoje vim trazer mais algumas dicas bem interessante do que assistir. Minha lista de filmes está cada vez maior e não poderia deixar de compartilhar esses aqui com vocês:

Resenha: O que Aconteceu com o Adeus - Sarah Dessen

Sinopse: Desde o amargo divórcio de seus pais, McLean e seu pai, um consultor de restaurante, se mudaram para quatro cidades em dois anos. Separada de sua mãe e da nova família de sua mãe, McLean seguiu com seu pai para deixar o passado infeliz para trás. E cada novo lugar dava-lhe a chance de experimentar uma nova personalidade: de líder de torcida a diva do drama. Mas agora, pela primeira vez, McLean descobre um desejo de ficar em um lugar e apenas ser ela mesma, quem quer que ela seja. Talvez Dave, o cara da porta ao lado, possa ajudá-la a descobrir.











McLean vive junto ao seu pai, um consultor de restaurantes, ambos estão sempre se mudando de cidade por conta do empego do pai, e quando digo sempre, digo quatro cidades num período de dois anos. Sendo assim, desde o divorcio de seus pais, McLean sofreu com as consequências, já que a relação ótima que tinha com a mãe foi por água a baixo desde a traição.

Booktag NANANÃO


Olá pessoas,como estão?
Hoje vim trazer uma tag que achei super divertida assim que vi no canal Minha Vida Literária. A TAG consiste em citar diversos livros que de alguma forma te fizeram pensar "nananão". Foi algo bem extenso e difícil de responder, mas vamos lá:

Caixa de Correio #53

Olá pessoas.
Faz um tempinho que não mostro para vocês o que tem chegado para mim, pois não tem chegado muita coisa dado que muitas parcerias minhas acabaram se finalizando. Passei por alguns momentos conturbados que exigiram minha atenção e assim, sem tempo pra ao blog mas recentemente tive a necessidade de voltar para cá com mais dedicação. Então vou mostrar um pouco do que chegou nos últimos meses, sendo a maioria trocas no Skoob e compras em sebo. Vamos lá:

Resenha: Dois Garotos se Beijando - David Levithan

Sinopse: Baseado em fatos reais e em parte narrado por uma geração que morreu em decorrência da Aids, o livro segue os passos de Harry e Craig, dois jovens de 17 anos que estão prestes a participar de um desafio: 32 horas se beijando para figurar no Livro dos Recordes. Enquanto tentam cumprir sua meta — e quebrar alguns tabus —, os dois chamam a atenção de outros jovens que também precisam lidar com questões universais como amor, identidade e a sensação de pertencer.

*Livro cedido em parceria com a Editora Galera Record para divulgação.












Em Dois Garotos se Beijando, temos um tipo diferente de narrativa, já que aqui não é narrado em terceira pessoa e nem pelo protagonista, mas sim por um narrador que viveu em uma época onde a homofobia dominava. Percebemos isso desde o inicio, já que o mesmo ressalta o quão solitário era, o quanto não podia contar com a família e como era vitima de violência. Através dessa realidade chocante do narrador, conhecemos alguns personagens, que assim como ele, são gays, mas que vivem nos dias de hoje.

Pequenas Leituras que Levam a Refletir

Oláá pessoal,
como estão?
Bom, ao terminar um certo livro na semana passada, vi que tinha alguns livros que como aquele, me levaram muito a reflexão sobre mim mesma, sobre amor, família, e muitas outras coisas. Por isso, separei esses cinco livrinhos tão curtinhos mas que mesmo assim irão te marcar bastante por conter frases, poemas e textos tão profundos. Espero que gostem:

LAYOUT E PROGRAMAÇÃO POR SHAIRA FOTO E DESIGN
imagem-logo